Justiça estende prazo para inscrição no Casamento Coletivo em Rio Branco

O prazo para inscrições no Casamento Coletivo foi prorrogado. Neste ano foram disponibilizadas 2 mil vagas, porém até o último dia 5 de junho ainda restavam 400 vagas. Os interessados podem procurar unidade do Projeto Cidadão, localizada ao lado do Fórum Barão do Rio Branco, no centro da Cidade, das 8h às 12h.

De acordo com a supervisora do projeto, Lenice Lima, as inscrições poderão ser feitas até o preenchimento das vagas, ou até a data limite para o envio dos casais para o cartório, dia 15 de agosto.

“A gente vai encaminhas os casais para o cartório até dia 15 de agosto. Então temos até essa data. Enquanto os casais interessados estiverem vindo aqui a gente vai atender”, disse.

Ainda de acordo com Lenice, a queda na procura, este ano, pode ser por causa da documentação. Os cartórios estão pedindo certidões atualizadas. “Certidões atualizadas de 2017 para cá, os cartórios estão aceitando, mas temos muitos casos de pessoas que têm a certidão desde quando nasceram, e, às vezes, é de outro estado e até ela conseguir essa certidão atualizada não dá tempo”, explica.

O Projeto Cidadão é um trabalho social criado há 22 anos pelo TJ, com o objetivo de assegurar à população mais necessitada o direito à documentação básica, como também o acesso rápido e gratuito aos serviços públicos fundamentais, a exemplo de saúde, trabalho e educação, além da área jurídica. Só casamentos já foram realizados mais de 37 mil neste período.

A cerimônia nupcial será realizada no dia 14 de setembro, no estádio Arena da Floresta.

Confira a documentação necessária para o casamento

Noivos Solteiros: Certidão de Nascimento original (legível e sem rasura), comprovante de endereço, RG e CPF (original e cópia).

Noivos Divorciados: Certidão de Casamento original com Averbação do Divórcio (legível sem rasura), cópia do processo ou sentença do divórcio (parte referente à partilha de bens), comprovante de endereço, RG e CPF (original e cópia)

Noivos menores de idade (entre 16 a 18 anos incompletos): Certidão de Nascimento original (legível e sem rasura), comprovante de endereço, presença dos pais portando RG e CPF (original e cópia). Em caso de responsáveis falecidos, apresentar Certidão de Óbito. Em caso de pais ausentes, apresentar consentimento por escrito do responsável.