Mais de 5,2 mil candidatos devem fazer as entrevistas do concurso da Emurb

A Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb) convoca todos os candidatos inscritos no processo seletivo simplificado, que visa selecionar profissionais para diversos cargos dentro da estrutura do órgão, para a etapa de entrevistas do certame que inicia nesta terça-feira, 19. Com isso, um total de 5.249 devem comparecer a sede da instituição para a segunda fase.

Segundo o edital, os concorrentes devem comparecer à Unidade Produtiva da Emurb, localizada à Rua Major Gesner, Nº 349, Distrito Industrial, Zona A, Setor 10, acompanhando dos seguintes documentos: carteira de trabalho e RG. A pessoa que não comparecer ao local da entrevista na data e horário estabelecidos será considerada desistente e consequentemente será desclassificada.

A lista de convocação pode ser conferida por meio do endereço eletrônico www.riobranco.ac.gov.br. A Emurb informa que os portões serão abertos às 7h e fechados às 12h no período da manhã e às 14h (abertura) e 17h (fechamento) a tarde. O órgão alerta que não haverá prorrogação nos horários de fechamento. O concurso abriu inscrições no dia 1º deste mês e elas foram encerradas dia 5.

O certame dispõe de 176 vagas para a contratação temporária e outras 926 para cadastro de reserva. Durante os quatro dias de inscrições, o processo teve um total de 5.249 pessoas inscritas. As entrevistas com os candidatos compõem a segunda etapa do processo seletivo simplificado. Após a realização das entrevistas, a prova prática constituirá na terceira fase do certame. Porém, a data de realização da prova escrita ainda não foi divulgada pela Prefeitura Municipal de Rio Branco.

De acordo com o edital da empresa municipal de Rio Branco, o concurso tem validade de um ano. Os graus de escolaridade exigidos são de ensino fundamental incompleto e ensino médio. Os salários variam de R$ 1,1 mil a R$ 2,6 mil. Entre os cargos disponibilizados pelo certame estão o de apontador, auxiliar de mecânico, auxiliar de topografia, carpinteiro, frentista, mecânico de máquinas pesadas, eletricista de autos e ferreiro armador. O concurso tem validade de um ano.

Inscrições para o processo seletivo da Emurb seguem até terça-feira, 5

As inscrições para concorrer a uma das 176 vagas oferecidas no processo seletivo simplificado da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (EMURB) seguem nesta segunda-feira, 4 e se encerram na terça-feira, 5.

As vagas são para a contratação de vários profissionais como apontador, auxiliar de mecânico, auxiliar de topografia, carpinteiro, frentista, mecânico de máquinas pesadas, eletricista de autos, ferreiro armador, dentre outros, mais 926 vagas para formação de cadastro reserva.

O concurso tem prazo de duração de um ano e os graus de escolaridade exigidos, dependendo de cada cargo pretendido, são de Ensino Fundamental incompleto e Ensino Médio. Os salários variam de R$ 1.100,52 a 2.667,82. Os candidatos passarão por entrevista feita pela comissão organizadora do certame.

 As inscrições devem ser feitas nos horários das 07h às 12h e das 14h às 17h, na Unidade Produtiva da Emurb, situada à Rua Major Genor, 349 – Distrito Industrial.

Emurb abre processo seletivo simplificado com 176 vagas, incrições começam hoje

A Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (EMURB) publicou nesta quinta-feira (31) o Edital para Processo Seletivo simplificado Nº 001/2019, destinado ao provimento de vagas temporárias e formação de cadastro reserva.

São 176 vagas para a contratação de vários profissionais como apontador, auxiliar de mecânico, auxiliar de topografia, carpinteiro, frentista, mecânico de máquinas pesadas, eletricista de autos, ferreiro armador, dentre outros, mais 926 vagas para formação de cadastro reserva.

O concurso tem prazo de duração de um (01) ano e os graus de escolaridade exigidos, dependendo de cada cargo pretendido, são de Ensino Fundamental incompleto e Ensino Médio. Os salários variam de R$ 1.100,52 a 2.667,82. Os candidatos passarão por entrevista feita pela comissão organizadora do certame.

As inscrições devem ser feitas nos dias 01, 04 e 05 de fevereiro de 2019, nos horários das 07h às 12h e das 14h às 17h, na Unidade Produtiva da Emurb, situada à Rua Major Genor, 349 – Distrito Industrial.

Parceria garante alfabetização para servidores da Emurb

Uma parceria firmada entre a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) e o Espaço Pedagógico Aprender vai garantir a alfabetização de servidores da empresa.

Pela parceria, a Emurb fornecerá todo o material didático e escolar, enquanto o Espaço Pedagógico Aprender oferecerá, a custo zero para a municipalidade, suas salas de aulas onde os novos estudantes receberão conhecimentos.

Na terça-feira (29), 18 trabalhadores da empresa municipal retornaram à sala de aula para realizar o sonho de aprender a ler e escrever. O curso oferecido aos trabalhadores terá a duração de três meses, podendo ser ofertado a novas turmas de servidores da Emurb.

O presidente em exercício da Emurb, Gabriel de Souza Almeida, ressalta a importância do projeto. “Educação é sempre importante. Então, nós procuramos identificar as pessoas que trabalham na nossa empresa, e que apresentavam alguma deficiência com relação ao ensino para participar do projeto, idealizado pelo presidente Marco Antônio, capitaneado pela doutora Fernanda e pelos parceiros”, explica.

“Hoje nós estamos concretizando a nossa proposta de alfabetizar os nossos servidores por entendermos que conhecimento é um passo para o futuro. A administração tem muito a ganhar com a capacitação desses trabalhadores”, enfatizou Almeida.

Segundo ele, de imediato, cerca de 30 servidores, sendo 18 analfabetos e o restante (12) de semianalfabetos, participam do projeto.

projeto aprender 002

Emoção

A professora Ivanice Guimarães, responsável pela alfabetização dos trabalhadores, se emociona quando fala dos novos alunos. “Sempre tive vontade de participar de um projeto como esse. A Fernanda me procurou com a ideia de fazermos essa parceria, e eu aceitei de primeira. São pessoas que têm interesse em aprender, que não faltam às aulas. Quando eles soletram uma palavra e veem que conseguiram, seus olhos brilham. Não há nada que pague isso”.

A psicóloga faz questão de enfatizar a parceria firmada com o Espaço Pedagógico Aprender, que abraçou a proposta de oferecer aos trabalhadores a busca por conhecimento. “O aprendizado dessas pessoas significa muito para a Prefeitura e, em particular, para a nossa empresa”, salienta Fernanda.

projeto aprender 003

Grande oportunidade

Damião Germano da Silva, 46 anos, não esconde a felicidade de poder estar na sala de aulas. “Essa é uma grande oportunidade que a Emurb me dá, de aprender ler e escrever, para poder crescer como profissional”.

Ele conta a dificuldade que sempre teve por não saber ler e escrever. “Toda vez que eu ia atrás de um emprego, a primeira coisa que queriam saber era qual o meu grau de instrução. Quando era mais novo nunca tive oportunidade de estudar, pois precisava trabalhar para sobreviver. Agora, estou feliz com essa oportunidade que a prefeita e a Emurb estão me dando”, conclui Germano.

Prefeita Socorro Neri participa de confraternização dos trabalhadores da EMURB e sorteia prêmios

A prefeita Socorro Neri participou neste sábado, 22, do evento de confraternização dos trabalhadores da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (EMURB). Ela aproveitou para agradecer as equipes pelo bom trabalho desenvolvido ao longo do ano de 2018.

O evento, organizado internamente   com recursos dos servidores administrativos, foi marcado pelo sorteio de brindes e um café da manhã. “Se hoje a gente chega a uma condição melhor perante a sociedade é, em parte, por conta de vocês”, disse Socorro Neri ao agradecer à diretoria e todos os trabalhadores da EMURB.

O presidente da empresa, Marco Antônio Rodrigues, retribuiu os agradecimentos lembrando que a gestão da prefeita Socorro Neri tem ajudado muito a EMURB. “Tivemos um bom ano, de muito trabalho e resultados importantes”, avaliou Marco Antônio.

{gallery}fotos/2018/12-dezembro/23122018/galeria_emurb:::0:0{/gallery}

Socorro Neri empossa novo Diretor Administrativo e Financeiro da EMURB

A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, deu posse nesta quarta-feira, 5, na Sala de Reuniões da Prefeitura, ao novo diretor administrativo e financeiro da Empresa Municipal de Urbanismo (EMURB), Gabriel de Almeida Gomes. Advogado, Gabriel já atuava há três anos na Empresa como procurador jurídico.

O presidente da EMURB, Marco Antônio Rodrigues, o ex-presidente Edson Rigaud e diretoria da EMURB estiveram no ato de posse. Marco Antônio, que indicou Gabriel para o novo cargo, citou que “ele já é um grande parceiro nas decisões jurídicas, orçamentárias, administrativas e de relações humanas e certamente exercerá bem a nova função”.

O novo diretor agradeceu pela indicação de seu nome e se comprometeu “em agir com a ética, dedicação, responsabilidade e dinamismo que vejo em todos os servidores, dos mais antigos aos mais atuais. Quando comecei na EMURB era véspera de um ponto facultativo, mas o então presidente Edson Riad me disse aqui na EMURB não tem ponto facultativo não. Fui trabalhar no dia e entendi que a missão é prestar o melhor serviço à população, seja dia normal de expediente ou não”, relatou o diretor.

Afirmando ter total convicção de que a EMURB seguirá no processo de fortalecimento de sua estrutura administrativa e operacional, prestando o melhor serviço para Rio Branco, a prefeita Socorro Neri disse ter ficado feliz com a indicação do novo diretor ser alguém que já faz parte dos quadros da EMURB. “Temos adotado medidas para que em 2019, mesmo com orçamento deficitário, possamos fazer o melhor trabalho possível em Rio Branco. E contar com pessoas que encaram o trabalho com seriedade e missão de vida, conferindo credibilidade à EMURB nos deixa tranquila”, destacou a prefeita lembrando que o ex-diretor Carlos Alberto Nunes Callado, pediu exoneração para cuidar de um problema de saúde “mas conta com minha total confiança e deverá voltar para uma nova função na Empresa. Isso já está alinhado entre nós”, ressaltou Socorro Neri.

Emurb nos bairros: força máxima para a chegada do inverno

O trabalho da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb) tem sido intenso nas vias estruturantes e corredores de ônibus da capital. Nesta quarta-feira, 10, as equipes deram seguimento à operação de manutenção viária nos grandes corredores que ligam a Estrada da Penal, Conjunto Universitário à Estrada do Calafate, além de várias outras vias secundárias em diferentes bairros de todas as regionais de Rio Branco.

A Emurb aproveita cada minuto de sol deste fim de verão amazônico e já planeja o trabalho para a estação chuvosa: “Nossas estratégias para o começo do inverno é trabalhar com força máxima e fazer avaliação da logísticas e demais condições para o período chuvoso”, disse o presidente da Emurb, Marco Antônio Rodrigues.

São várias equipes atuando nas frentes de serviço durante o dia, e em alguns caso, também à noite e aos sábados, sempre tendo em foco a manutenção dos corredores de ônibus e as vias estruturantes.

Além dos grandes corredores equipes de operação tapa-buracos estão atuando nas ruas Ajuricaba, no bairro Boa União; Joaquim Macedo, no São Francisco; Hugo Carneiro, no Bosque José P. de Sousa; Loteamentos Jorge Kalume e Andirá, Conjunto Xavier Maia e outros. Na zona rural a presença da Emurb é intensa ao longo da semana. Nesta quarta-feira, os trabalhos se desenvolveram no Ramal Castanheira, na Vila Acre.

manutencao2

Trabalho da Emurb garante manutenção e prevenção

As ações da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb) vão além da manutenção viária de corredores de ônibus e vias estruturantes. Com o objetivo de garantir a boa condição da vias da cidade, a prevenção também é prioridade.

O principal objetivo do trabalho preventivo é evitar o surgimento de buracos ou ´borrachudos´ no pavimento. Borrachudos são imperfeições causadas pelo tráfego constante e pesado no pavimento das ruas da capital –problemas que só vão aumentando até se transformar em buraco, causando sérios transtornos à mobilidade social.

Nesse contexto, de acordo com a Diretoria Operacional da Emurb, as frentes de serviço tem realizado um trabalho profundo, que começa com a remoção do trecho a ser recapeado. Em seguida, a piçarra bruta é aplicada e aguarda secagem por quatro dias ou mais, a depender do caso. Só depois desse processo é aplicado o asfalto. “Com isso, estamos fazendo também a prevenção para evitar o surgimento de novos problemas no pavimento”, disso diretor Operacional da Emurb, Humberto Hadad.

Com essas ações, a Prefeitura avança no trabalho de manutenção viária nas vias estruturantes e corredores de ônibus como também nas ruas menores ou secundárias, como a Rua Raimundo de Farias, no bairro Montanhês, que faz ligação com a Avenida Flaviano Melo, o grande corredor de ônibus daquela região –ou como a Rua Isaura Parente, que promove o acesso à Avenida Ceará, por exemplo.

{gallery}fotos/2018/08-agosto/11082018/galeria_emurb:::0:0{/gallery}

Prefeita Socorro Neri visita usina de asfalto da Emurb

A prefeita Socorro Neri visitou nesta quarta-feira (25) a Unidade Produtiva da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb) no Distrito Industrial. Recebida pelo presidente e diretor Operacional da empresa, respectivamente Marco Antônio Rodrigues e Humberto Hadad, a prefeita conheceu detalhadamente como funciona a usina de asfalto da Emurb, reativada no último dia 11 de junho.

A usina possui capacidade para produzir entre 60 e 100 toneladas de massa por hora e de 1º até 25 de julho produziu 2,8 mil toneladas de asfalto. A determinação para reativação da usina, que havia tempos estava inoperante, veio da prefeita Socorro Neri tendo em vista o grande esforço para atender a demanda de manutenção viária nos bairros de Rio Branco.

A característica básica da usina é dosar o cimento asfáltico de petróleo (CAP), aquecer, secar e misturar os demais insumos granulares (brita, pó de brita e areia) tornando-os homogêneos, eliminando a umidade e suas impurezas, filtrando os gases provenientes desse processo de secagem para transportar a mistura ao armazenamento em silo. Ao final, abastece as caçambas que levarão a massa produzida para frentes de serviço de pavimentação e manutenção viária de Rio Branco. A prefeita também conheceu detalhes da produção de manilhas, tampas, bueiros e blocos para meio-fio de concreto. A prefeita agradeceu o trabalho da Emurb, destacando sua satisfação com os resultados até agora obtidos.

usina

usina1

Prefeita destaca avanço da manutenção viária com reativação da usina da Emurb

A prefeita Socorro Neri abriu nesta sexta-feira, 20, a reunião de avaliação técnica dos primeiros 30 dias de reativação da usina de asfalto da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb). O presidente da empresa, Marco Antônio Rodrigues, deu as boas-vindas à prefeita e aos presentes, lembrando que o encontro debate avanços e desafios do trabalho de usinagem de asfalto. “Alguns pontos precisam ser corrigidos”, alertou Marco Antônio.

Em geral, no entanto, a reativação da usina da Emurb potencializou a capacidade produtiva com otimização de processos desde o preparo dos insumos até a aplicação da massa asfáltica, o concreto betuminoso usina a quente (CBUQ), nas ruas de Rio Branco.

Do dia 14 de junho até esta sexta, 20 de julho, a usina produziu 4,1 mil toneladas de asfalto. “Nós precisamos sempre buscar aprimorar o que estamos fazendo”, disse Socorro Neri, agradecendo o esforço e compromisso de cada trabalhador, engenheiro ou encarregado da Emurb. “Independentemente da avaliação de vocês, digo de antemão que estou muito grata com o trabalho que estão realizando”, completou a prefeita, destacando que o serviço da Emurb tem se mostrado de boa qualidade com ganhos na produtividade e com redução de custos.

Emurb e Semsur intensificam serviços de manutenção viária e limpeza nas regionais

“Estamos aproveitando bem o verão que se inicia”. A declaração é do presidente da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb), Marco Antonio Rodrigues, ao comentar o substancial avanço no serviço de manutenção viária que acontece em todas as regionais da capital.

Apesar do dia atípico por conta do jogo da Seleção Brasileira, a Emurb mantém frentes de serviço nos bairros Nova Estação, Loteamento Guanabara, Jardim América, Vila Acre, Bom Jesus, Jardim Tropical, Jardim Europa, Jardim de Alah, Estrada do São Francisco, Centro e nas ruas do Divisor, Edmundo Pinto, Valdomiro Lopes, entre outras.

Na Estrada da Floresta e na Avenida Amadeo Barbosa o trabalho de alta qualidade chama a atenção dos usuários dessas vias, consideradas corredores estruturantes porque ligam dezenas de bairros ao 2º distrito e centro da cidade. As equipes da Avenida Amadeo Barbosa, lembrou Marco Antonio, estão há mais de 60 dias naquela região.

Toda a massa asfáltica usada pela Emurb em suas frentes de serviço é produzida na usina da empresa. “A massa está chegando mais cedo às frentes”, observou o presidente da Emurb. A usina foi reativada há cerca de duas semanas e, segundo Marco Antonio, cumpre rigorosamente a expectativa da presidência e da prefeita Socorro Neri, que atuou fortemente para a reativação do equipamento.

Mas não é só a Emurb que cumpre com responsabilidade e presença marcante o compromisso com a questão urbana: homens e máquinas da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Rio Branco (Semsur) realizam um grande mutirão de capina, limpeza geral e remoção de entulhos no bairro da Conquista. Na manhã desta quarta-feira, 27, por exemplo, uma grande frente de serviços atuou fortemente na Rua Corumbá, uma via de concentração de residências e empresas. “O trabalho é intenso nesses mutirões”, disse Wille Viana, diretor de Limpeza Pública da Semsur, que também mantinha frentes de limpeza de canais e praças nos bairros Mocinha Magalhães e Jequitibá.

semsur

{gallery}fotos/2018/06-junho/28062018/galeria_limpeza:::0:0{/gallery}

Prefeitura reativa usina de asfalto da Emurb e intensifica manutenção viária

A Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb) retomou nesta quarta-feira, 13, a produção de asfalto em sua usina no Distrito Industrial. O equipamento, adquirido há cerca de vinte anos, foi reparado e opera desde segunda-feira passada, 11 de junho, em caráter experimental com a expectativa de produzir entre 60 e 100 toneladas de asfalto por hora. A usina foi reativada no lastro do processo de saneamento econômico-financeiro e administrativo da Emurb.

Os primeiros testes foram animadores e o resultado da produção abasteceu frentes de manutenção viária na Estrada da Floresta e na implantação do acesso entre as travessas Riachuelo e Ponta Porã, no bairro José Augusto, à Via Parque, no Parque da Maternidade.

Os técnicos tem a usina de asfalto como o ´coração´ das obras de pavimentação -uma interessante unidade de fabricação onde as características são dosar os materiais de cimento asfáltico, secar e aquecer os agregados, filtrar os gases provenientes do sistema de secagem, misturar os materiais e transportá-los os mesmos para uma unidade de armazenamento ou diretamente a um caminhão que as leva às frentes de pavimentação e manutenção viária em todas as regionais de Rio Branco.

Para o presidente da EMURB, Marco Antônio Rodrigues, a reinauguração da usina derruba sobremaneira os custos improdutivos do processo de pavimentação e manutenção viária: “produzimos asfalto com o traço que a gente quer, na quantidade que queremos e na hora em que a gente quiser”, disse Marco Antônio.

O painel de controle da usina é operado por um funcionário experiente, Flávio Luiz, cujo trabalho iniciou 48 horas antes do teste principal com a definição dos percentuais de insumos: 5% concreto asfáltico de petróleo (CAP); 14,25% de brita número 1; 37,5% de brita zero; 36,10% e 7,6% de areia. A mistura é feita por etapas e obedecer às normas técnicas para que se alcance o padrão exigido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

O diretor Técnico da Emurb, Humberto Hadad, acompanhou o trabalho para assegurar a melhor produção. “Os chamados ´traços´, que são os percentuais de insumo para usinagem do asfalto, são definidos através de ensaios da Fundação de Tecnologia do Estado do Acre. Para os trabalhos que executamos, a Funtac criou três traços”, informou Hadad. O CAP começou a ser derretido dois antes dos testes desta quarta-feira.

Com auxílio de esteiras os materiais agregados são encaminhados para um tambor de secagem, que funciona como um forno. Nessa parte do processo são misturados os agregados e é retirada toda umidade através do aquecimento a 180 graus centígrados. O fato de não se ter umidade nos agregados garante uma boa qualidade no produto final do processo. A fumaça mais alva que sai da chaminé da usina indica que o asfalto não tem impurezas. “Toda impureza passa por uma cortina de água e vai para uma piscina de decantação. Os resíduos são depois levados para o aterro sanitário”, explicou Marco Antônio, presidente da Emurb. Esses agregados são misturados com o CAP e o produto final, o asfalto, abastece as caçambas. “Estamos todos satisfeitos com a retomada da produção de asfalto na própria Emurb. Isso traz ganhos importantes para o serviço de manutenção viária da cidade, uma demanda das comunidades”, disse a prefeita Socorro Neri.

Com fornecimento de asfalto, EMURB intensifica ações na Capital

A greve dos caminhoneiros havia prejudicado temporariamente os serviços de manutenção viária na capital do Acre, mas a Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (EMURB) restabeleceu nesta segunda-feira, 4, as operações tapa-buracos nas vias estruturantes e corredores de ônibus nos bairros. O trabalho ficou comprometido também por causa das chuvas que caíram sobre a cidade nos últimos dias.

Normalizado o estoque de matéria-prima, o esforço diário volta a mobilizar diversas equipes para pavimentação asfáltica, drenagem, terraplenagem, construção de meio-fio e sarjeta. Esse esforço só é possível graças à austeridade econômico-financeira imposta à gestão como um todo e isso tem sido pessoalmente levado ao público pela própria prefeita Socorro Neri.

“O orçamento municipal é muito restrito. A programação que está sendo executada contempla as vias estruturantes, os corredores de ônibus e as vias de acesso”, explicou a prefeita ao responder a internautas nas redes sociais. “A realidade hoje de praticamente todos os entes públicos, infelizmente, é de grande restrição fiscal. O orçamento que temos é muito aquém das demandas por serviços municipais”, completou Socorro Neri.

Apesar do quadro de crise econômica e intempéries, como a greve dos caminhoneiros, a EMURB segue sua rotina. “Estamos trabalhando e muito. Há acessos de ônibus, como o da Rodoviária Internacional de Rio Branco, que já começamos a recuperar depois que o abastecimento de massa asfáltica normalizou”, relatou o presidente da EMURB, Marco Antônio Rodrigues.

rodoviaria 5

Ação de Saúde envolve trabalhadores da EMURB

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Empresa Municipal de Urbanização (EMURB) e secretaria municipal de Saúde (SEMSA) em parceria com o Serviço Social do Comércio (SESI) realizou nesta sexta-feira, 11, Ação de Saúde para os servidores da EMURB. Realizada desde 2017, a Ação objetiva melhorar o ambiente e qualidade de vida dos trabalhadores. O evento contou com a participação da prefeita Socorro Neri e do Chefe da Casa Civil Márcio Oliveira.

As atividades iniciaram às 7h da manhã com a ginástica laboral. A programação continuou com a realização de consulta médica, testes rápidos, vacinação, aferição da pressão arterial e sorteio de brindes.

Servidor da EMURB há quase 30 anos, seu Dário Marques participou da ginástica e aproveitou para tomar a vacina contra gripe. “Normalmente não faço atividade física mas quando tem aqui eu participo e gosto muito. Com a ginástica, a disposição fica melhor”, declarou o trabalhador que atua em obras de drenagem.

“O Bem estar dos trabalhadores é algo que valorizamos. Desde a gestão do prefeito Marcus Alexandre, aqui na EMURB os trabalhadores vem recebendo assistência no campo da saúde com várias ações porque entendemos que os servidores precisam se sentir bem, cuidar da saúde para que possam produzir em prol do desenvolvimento de Rio Branco”, observou a prefeita ao parabenizar a equipe pela iniciativa e incentivar a participação de todos.

A primeira edição da Ação de Saúde da EMURB foi realizada em 2017. Coordenada pela Divisão de Segurança e Saúde da empresa, a ação sensibiliza os trabalhadores a participar e amplia a atuação da Divisão de Segurança e Saúde que atualmente conta com equipe de enfermagem, médico e psicóloga. “Embora tendo iniciado recentemente é um trabalho que já em dando bons resultados percebemos isso pela redução no número de afastamento por problema de saúde e pelo comportamento dos trabalhadores que se mostram mais motivados”, informou a psicóloga da EMURB, Fernanda Lage.

“Na forma como acontece hoje, a Ação de Saúde é uma novidade. Alguns ainda resistem, mas a ideia é ampliar e envolver todos. Sempre com o objetivo de melhorar as condições de trabalho e promover a qualidade de vida do servidor”, destacou o diretor-presidente da EMURB, Marco Antônio Rodrigues.

{gallery}fotos/2018/05-maio/12052018/emurb_galeria:::0:0{/gallery}

Emurb executa serviços de recuperação viária em vários pontos de Rio Branco

Frentes de trabalho executam serviços simultaneamente em diversos pontos da capital – Foto: Assessoria PMRB

A gestão do prefeito Marcus Alexandre inovou na maneira de atuar em períodos chuvosos. Mesmo no rigoroso inverno amazônico, o trabalho de recuperação da malha viária é realizado diariamente pela Empresa Municipal de Urbanização – EMURB em diferentes pontos da cidade. Para esse serviço a empresa utiliza cerca de duas mil e duzentas toneladas de asfalto mensalmente e todo o trabalho é realizado com recursos próprios da Prefeitura. “Nosso maior desafio é a manutenção da cidade. A brita e o asfalto são caros, mas, apesar das chuvas e do alto custo do serviço, não podemos parar um dia sequer. Por isso aproveitamos até os sábados e feriados para trabalhar”, explica o prefeito.

A determinação de Marcus Alexandre é para que a EMURB priorize os acessos aos bairros, os corredores de ônibus e as vias estruturantes. Nesta sexta-feira, 3, não foi diferente: as frentes de serviços atuaram na recuperação da camada asfáltica em três pontos de Rio Branco – na Universidade Federal do Acre, a UFAC, na Rua Iaco, que dá acesso ao Residencial Jequitibá, e na Avenida Amadeo Barbosa.

O encarregado da EMURB, Antônio Carlos França, diz que o trabalho de tapa-buracos será realizado ao longo de todos os 7 km da Amadeo Barbosa e que o trabalho será estendido ao bairro Canaã.

Atendendo as comunidades

Uma das formas da população ter acesso aos serviços da EMURB é por meio das Associações de Moradores. Uma das novidades da EMURB, na gestão de Marcus Alexandre, foi exatamente a criação do setor de articulação comunitária, que atende moradores e lideranças de bairros por meio das Associações de Moradores.

Os moradores ou os presidentes das associações acionam o setor e, então, técnicos da EMURB se dirigem aos bairros para verificar cada situação, fazem relatório com fotografias e o encaminham para a diretoria técnica, que providencia o serviço necessário. O setor funciona como uma ponte entre os bairros e os serviços da EMURB. Outro setor movimentado da Empresa é o de ramais, que em 2016 abriu e melhorou cerca de mais de 300 quilômetros de ramais, somente da região da Estrada Transacreana.

A Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco – EMURB tem novo endereço: na Rua Rio de Janeiro, 1.292, Abrão Alab, altos do Banco do Brasil, onde já funcionou o DEPASA.