Emerson Jarude passa a compor pleno da OAB/AC

O mais jovem vereador de Rio Branco, Emerson Jarude, que lidera o grupo Geração Atitude e tem grande visibilidade de suas ações nas redes sociais, também é advogado e passou a compor o Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Acre.

“Muito feliz e honrado em poder contribuir efetivamente com o fortalecimento da advocacia acreana, na condição de Conselheiro Estadual. Agradeço ao nosso Presidente Erick Venâncio pela oportunidade de fazer parte do Conselho Pleno para o próximo triênio”, destacou Jarude.

Emerson é um dos entusiastas em reduções de gastos na Casa do Povo com adequações tecnológicas para facilitar o contato entre população e parlamento.

Jarude quer repassar verbas para políticas públicas

O Vereador Emerson Jarude (sem partido) apresentou na sessão desta quinta-feira, 13, um Projeto de Resolução que Autoriza a Câmara Municipal de Rio Branco a firmar convênios com Instituições Públicas e Privadas. Na prática, a iniciativa visa redirecionar as economias de gabinete feitas pelos vereadores para áreas como saúde, educação, segurança, e infraestrutura.

Em tribuna, Jarude defendeu que a participação no convênio seria voluntária, sendo uma alternativa para as economias feitas pelos vereadores que atualmente dispõe de dois carros, combustível, verba para material gráfico e outros benefícios para realizar o trabalho Legislativo.

O vereador conta que mesmo percorrendo os mais de 200 Bairros de Rio Branco totalizando mais de 6 mil indicações de melhorias de infraestrutura, economizou mais de R$ 60 mil reais em requisições de combustível nos dois anos de mandato.

“Ao mesmo tempo em que tenho a consciência de que estou fazendo a minha parte, é lamentável ver que as economias não estão sendo utilizadas de modo correto. Esse dinheiro deveria ser utilizado em políticas públicas, ou, até mesmo, para a melhoria da própria Câmara, que gasta com aluguel mais de R$ 4 milhões de reais em uma Legislatura”, defende.

Se aprovado o projeto, a Mesa Diretora da Câmara poderá firmar os convênios. Além disso, o vereador poderá escolher para onde direcionar suas economias. Apesar de considerar a iniciativa ousada, Jarude acredita que há chances de ser aprovada pelos demais vereadores.

“O projeto permite que o redirecionamento seja opcional e aí vai da consciência de cada um. Nossa assessoria jurídica fez um estudo prévio, analisou e não encontrou nenhuma possibilidade de inconstitucionalidade. Mas, determinados pareceres da CCJ são políticos, e não técnicos! Espero que não no caso do presente projeto.”, concluiu.

Vereador Emerson Jarude inicia entrega de brinquedos nas escolas e creches municipais

Em seu primeiro ano de mandato, o vereador Emerson Jarude (sem partido) direcionou toda emenda parlamentar, cerca de R$ 55 mil reais, para a educação. Com o valor, foram adquiridos brinquedos didáticos para as crianças de 18 creches e escolas municipais. A entrega iniciou-se nesta terça-feira, 04, em três locais.

Bonecos, carrinhos, barracas, ábacos, blocos de montar cidades e palavras, fizeram a alegria das crianças e funcionárias da creche Sagrado Coração de Maria, na área Central da capital, e nas escolas Menino Jesus e Djanira Bezerra, no Centro e na Praia do Amapá.

Para a diretora da tradicional Escola Menino Jesus, Adalvani Pinheiro de Carvalho, não só a doação dos materiais, mas o envolvimento da comunidade é fundamental para criar um ambiente propício para o amplo desenvolvimento das crianças.

“Toda parceria é sempre bem-vinda. As escolas públicas recebem recursos, mas são recursos limitados. Uma parceria como essa é sempre boa para uma escola.”, defende a diretora.

O vereador defende que a parte mais importante em destinar a emenda é acompanhá-la retornando à população, e por isso faz questão de acompanhar todas as entregas.

“Encaro como uma missão não só destinar a emenda, mas acompanhá-la chegando até a população. Observar a alegria das crianças ao receber os brinquedos tem sido motivador e inspirador! Elas merecem os melhores esforços por parte do poder público!”, afirma.

Emerson Jarude registra Boletim de Ocorrência relatando ameaças

O Vereador de Rio Branco, Emerson Jarude (sem partido) esteve no Departamento de Inteligência da Polícia Civil registrando Boletim de Ocorrência relatando ameaças contra ele e sua família. Através de um perfil anônimo em uma rede social, o autor das mensagens afirmou estar seguindo o vereador, manifestou a vontade de agredi-lo, e ameaçou de morte Jarude e membros da sua família.

Nas mensagens enviadas na noite de segunda-feira, 26, o perfil anônimo iniciou a conversa injuriando o vereador, utilizando termos como “vereadorzinho covarde”, “otário”, “bichona” e vários outros, e posteriormente ameaçou contra a vida de Jarude, seu irmão e pai.

O caso está sendo investigado pela Delegacia da 5ª Regional, que irá apurar os fatos e rastrear de onde parte as mensagens anônimas. O vereador afirma que recebe falas anônimas de injúria frequentemente desde o início do mandato em 2017, mas espera que no caso das ameaças, o responsável seja punido.

“Não é a primeira vez que sou alvo de ataques de perfis anônimos, e tenho consciência que enquanto realizamos um trabalho responsável, ético e transparente, incomodamos muita gente. No entanto, as mensagens ultrapassaram o limite do senso comum, e espero que o ou os responsáveis sejam identificados”.

Emerson Jarude convida vereadoras para compor chapa rumo à presidência

Depois de anunciar candidatura à presidência da Câmara Municipal de Rio Branco, o vereador Emerson Jarude (sem partido) convidou na sessão desta quarta-feira, 24, as vereadoras Lene Petecão (PSD) e Elzinha Mendonça (PDT) a compor chapa para concorrer à Mesa Diretora da Câmara para o biênio 2019-2020, como vice-presidente e primeira secretária, respectivamente.

Em plenária Jarude afirmou que se sentiria honrado em compor uma chapa com as únicas duas mulheres da Casa, e relembrou que na cerimônia de posse dos vereadores em janeiro 2017, foi o único vereador que votou em ambas para compor a Mesa Diretora da Casa Legislativa.

“Apresentei junto com a Lene uma alteração para um Projeto de Lei de autoria dela, e com a Elzinha sempre tive uma boa relação. A minha postura é de contribuir efetivamente para que as mulheres assumam os de poder, isso não é somente um discurso, mas algo que pratico desde que assumi a vereança”, diz o vereador.

Além de apresentar sete propostas que incluem licitar e iniciar as obras da sede da Câmara e a atualização do inventário de bens patrimoniais, Jarude sugeriu que fosse promovido um debate entre os candidatos à presidência. A eleição ocorre entre os próprios vereadores no dia 9 de novembro.

Jarude lança candidatura à presidência da Câmara Municipal

Com o final do segundo ano de mandato da Legislatura, os vereadores de Rio Branco iniciam as discussões para a eleição da próxima Mesa Diretora da Câmara. Pensando nisso, em tribuna na manhã desta terça-feira, 16, o vereador Emerson Jarude (sem partido) lançou a sua candidatura à presidência da Casa e propôs um debate entre os candidatos ao cargo.

Além da presidência, os vereadores da capital também irão escolher a vice-presidência, primeiro e segundo secretário, e suplente. A eleição ainda não foi marcada, mas ocorrerá antes do recesso parlamentar do final de ano.

As propostas de Jarude incluem licitar e iniciar as obras da sede da Câmara, diminuir os gastos de gabinete, modernização e reestruturação administrativa, atualização do inventário de bens patrimoniais, instituir programa de valorização dos servidores, implantar ouvidoria e convocar concursados.

“Coloco o meu nome à disposição para presidir os trabalhos legislativos pelos próximos dois anos para que possamos juntos fazer transformações de pequeno, médio e longo prazo. Se eleito for, vamos atuar com transparência e eficiência na gestão da Câmara, para devolver ao cidadão um serviço público de qualidade”, afirma o vereador.

Jarude lamenta a falta de jovens eleitos para Assembleia do Acre

O vereador Emerson Jarude (sem partido) subiu à tribuna na manhã desta quarta-feira, 10, para comentar o resultado das eleições gerais ocorridas no último domingo, 8. O vereador lamentou o distanciamento dos jovens no processo político e a falta deles na próxima legislatura na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

Jarude defendeu que para os jovens participarem ativamente como candidatos, possuem a dificuldade de conciliar a carreira profissional e os estudos, e que são necessárias políticas públicas de incentivo a participação da juventude.

Nas eleições municipais de 2016, onde os eleitores escolheram prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para legislatura 2017-2020, dos 302 candidatos a vereador entre 18 e 29 anos, apenas 15 foram eleitos, representando 6,5% do total de representantes eleitos.

Para Jarude, a participação da juventude fortalece a democracia, representando a renovação de ideias, projetos, criatividade e inovação. Ao concluir a fala, ele reafirmou o compromisso de seu mandato com a renovação política.

“A renovação política é uma bandeira do nosso mandato. Como agentes políticos, precisamos incentivar a participação dos jovens na política para que possamos renovar não somente os nomes, mas também as ideias”, concluiu.

Jarude propõe audiência para Câmara prestar contas ao povo

O vereador Emerson Jarude (sem partido) apresentou na manhã desta terça-feira, 28, Projeto de Resolução para a realização anual de Audiência Pública para prestação de contas da Câmara Municipal de Rio Branco. Atualmente não é feita a apresentação dos gastos legislativos, que em 2018 estão orçados em R$ 26 milhões de reais.

A proposta do vereador é que anualmente seja apresentado à população e órgãos fiscalizadores através de audiência pública, o balanço financeiro da Câmara, detalhando como está sendo investido o orçamento.

Jarude defendeu que não caberá a Audiência Pública julgar a prestação de contas, sendo essa uma função do Tribunal de Contas Estadual (TCE), mas é uma iniciativa que visa contribuir com a transparência da Administração Pública.

“O orçamento anual da Câmara tem chegado a R$ 26 milhões, muito mais do que é direcionado a Secretarias como Esporte e Lazer, Meio Ambiente e Assistência Social. A ampla divulgação desses números é uma prestação de serviço à população”, diz.

A proposta passará pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que analisará a constitucionalidade do projeto. Se aprovada na Comissão, o projeto entrará em votação e dependerá da maioria relativa dos vereadores para entrar em vigor.

Audiência Pública

As audiências públicas são espaços de debate entre a população ou o governo, com o objetivo de incentivar a busca de soluções de problemas públicos, servindo como forma de coleta de informações, provas e fatos, elaboração de projetos de lei e realização de empreendimentos que gerem impactos na sociedade.

Jarude propõe audiência para Câmara prestar contas ao povo

O vereador Emerson Jarude (sem partido) apresentou na manhã desta terça-feira, 28, Projeto de Resolução para a realização anual de Audiência Pública para prestação de contas da Câmara Municipal de Rio Branco. Atualmente não é feita a apresentação dos gastos legislativos, que em 2018 estão orçados em R$ 26 milhões de reais.

A proposta do vereador é que anualmente seja apresentado à população e órgãos fiscalizadores através de audiência pública, o balanço financeiro da Câmara, detalhando como está sendo investido o orçamento.

Jarude defendeu que não caberá a Audiência Pública julgar a prestação de contas, sendo essa uma função do Tribunal de Contas Estadual (TCE), mas é uma iniciativa que visa contribuir com a transparência da Administração Pública.

“O orçamento anual da Câmara tem chegado a R$ 26 milhões, muito mais do que é direcionado a Secretarias como Esporte e Lazer, Meio Ambiente e Assistência Social. A ampla divulgação desses números é uma prestação de serviço à população”, diz.

A proposta passará pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que analisará a constitucionalidade do projeto. Se aprovada na Comissão, o projeto entrará em votação e dependerá da maioria relativa dos vereadores para entrar em vigor.

Audiência Pública

As audiências públicas são espaços de debate entre a população ou o governo, com o objetivo de incentivar a busca de soluções de problemas públicos, servindo como forma de coleta de informações, provas e fatos, elaboração de projetos de lei e realização de empreendimentos que gerem impactos na sociedade.

Jarude inicia 2ª fase de projeto com inspeção em escolas

A Caravana da Fiscalização, projeto idealizado e executado pela equipe de gabinete do vereador Emerson Jarude rodou em 2017 os mais de 200 bairros de Rio Branco fazendo mais de 3.500 indicações de melhorias de infraestrutura. A segunda fase da Caravana agora avalia a área da educação, onde serão analisados aspectos administrativos e estruturais das creches e escolas da capital.

A primeira visita aconteceu na creche Ana Turan N. Falcão, do bairro Cidade Nova na segunda-feira, 21. O local recebe cerca de 240 alunos em seis salas, e foram feitos pela diretora, Antonia Roseli, solicitações para a construção de novos espaços e instalação de ares condicionados.

Em 2017, a Caravana da Fiscalização rodou os mais de 200 bairros de Rio Branco fazendo indicações de melhorias de infraestrutura. O trabalho resultou em mais de 3.500 indicações de asfaltamento, esgoto, calçamento, iluminação e outras questões estruturais.

De acordo com Jarude, a Caravana continuará fazendo indicações de melhorias de estrutura da cidade, mas agora se dividirá entre os problemas estruturais dos bairros e a educação municipal, que segundo o vereador, é prioridade do seu mandato.

“Grandes empreendimentos são concluídos em várias gerações. O perigo do mundo atual está na crise da educação. Pais, professores, e poder público, todos precisamos nos unir para tornar a educação acessível a todas as crianças”, defende o Legislador.

Emerson Jarude assume a Comissão de Ética da Câmara

Foto/Assessoria

No segundo dia de sessão na Câmara Municipal de Rio Branco, realizada na quinta-feira, 2, os vereadores se reuniram para votar as comissões permanentes da casa. O vereador Emerson Jarude, que atualmente sofre ameaça de cassação do seu partido (PSL) por apoiar a abertura da Comissão Especial de Inquérito (CEI) do transporte público, integrará cinco comissões, entre elas, assumirá como presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar.

A escolha de Jarude para a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar foi unânime. O vereador afirma que vê a função como oportunidade de atuar em uma das áreas que mais defende desde o início de sua campanha: o combate a corrupção.

“No momento em que o Brasil se encontra, onde o combate a corrupção mantém-se como uma ação permanente do Estado, é uma honra e grande responsabilidade poder contribuir na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar”, afirma.

Além da presidência da Comissão de Ética, Jarude integra como membro titular da Comissão de Orçamento, finanças e tributação, e da Comissão de Urbanismo, Infra-estrutura, Trânsito, e Transporte Municipal.

Como suplente o vereador fará parte da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania, Criança, Adolescente e Juventude e da Comissão Especial de Defesa dos Direitos da Mulher.

Os vereadores eleitos para as comissões permanentes da Câmara atuarão durante dois anos procedendo estudos e realizando investigações. As comissões devem realizar audiências públicas e receber reclamações e petições da população contra atos ou omissões das autoridades públicas.