Com número crescente, Pronto-Socorro já têm lotação máxima em UTIs para Covid-19

Em meio à escalada de número de casos de Covid-19 em todo o Acre, os hospitais de referência ao tratamento a doença em Rio Branco registravam ocupação de quase 100% de suas UTIs, de acordo com dados do boletim da Secretaria de Saúde do Acre, nesta segunda-feira, 8.

O Pronto-Socorro de Rio Branco nenhum leito de tratamento intensivo e também clínico para a doença estavam disponíveis no fim da tarde de segunda. No Into Acre a situação é parecida e alarmante. Das 50 UTIs, apenas uma estava disponível.

Entre os leitos de enfermaria, em Rio Branco, de acordo com o boletim, dos 170 leitos clínicos, 147 estão ocupados. Já os obstétricos tem sua ocupação de 150%.

No Hospital de Campanha do Juruá a ocupação dos leitos de UTIs está em 88,5%, ou seja, dos 26 unidades disponíveis, apenas três está vaga. Os leitos clínicos está menos sobrecarregados com 63,5% de ocupação.

Banheiro desaba e deixa mãe e filho feridos em Cruzeiro do Sul

Mais um acidente envolvendo obras residenciais foi registrado em Cruzeiro do Sul, e, novamente, mais um banheiro desaba, desta vez, ferindo mãe e filho que tomavam banho na hora do incidente. Janaína Ribeiro da Silva, 36 anos, e seu filho Nicolas Davi Ribeiro Nascimento, de apenas dois anos, sofreram ferimentos leves e não correm risco de morte.

O caso aconteceu na manhã de domingo, 17, no bairro AABB, um dos maiores daquela cidade.

Em virtude do relevo característico de Cruzeiro do Sul, o banheiro foi construído em alvenaria, mas bem distante do solo, já que se trata de um terreno com forte desnível. Janaína e o filho despencaram junto com a o banheiro de uma altura superior a dois metros. Ela colocou o corpo para proteger o filho do tijolos, telhas e vigas de madeira. Sua atitude pode ter sido fundamental para salvar o pequeno Nicolas.

Mãe e filha foram socorridas pelo paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para o hospital regional do Juruá, onde receberam o atendimento médico devido. Janaína teve um corte na cabeça e Nicolas escoriações nos braços. De acordo com servidores do local, o estado dos dois é estável e está descartado o risco de morte.

Segundo caso este ano

No final de janeiro, um caso semelhante deixou a estudante Ana Graziele da Silva, de 17 anos gravemente ferida. Uma parede do banheiro de sua casa desabou sobre ela. A jovem foi socorrida e levada para o hospital do Juruá, onde foi constatada a necessidade de cirurgia de emergência em virtude da gravidade dos ferimentos, entre eles, uma forte pancada na cabeça.

Apesar dos esforços médicos, Ana Graziele acabou falecendo no último dia 7, depois de passar vários dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Com informações do Juruá em Tempo

Trio é preso acusado de tráfico de drogas em Cruzeiro do Sul

Durante abordagem realizada no final da tarde dessa quinta-feira, 14, policiais militares do 6º Batalhão do município de Cruzeiro do Sul conseguiram detectar em um carro, (modelo Siena) três homens suspeitos de praticar tráfico de entorpecentes na cidade.

De acordo com a guarnição policial, a prisão aconteceu no momento em que avistaram os suspeitos em atitude suspeita ao notarem a presença da polícia. Os policias informaram que eles tentaram fugir da PM.

No entanto, a equipe policial conseguiu interceptar os acusados. Durante vistoria no veículo, a guarnição ainda encontrou droga e mais R$1.090,00 reais.

Após a ordem de prisão, ocorrida em flagrante, os três acusados foram encaminhados para delegacia geral de Cruzeiro do Sul.

Em Cruzeiro do Sul, quase 3 mil famílias já estão desalojadas com a cheia do Rio Juruá

Com a cota de 13,83m, o Rio Juruá atingiu neste sábado (9) sua terceira maior marca e já afeta diretamente mais de 8 mil famílias. De acordo com a Defesa Civil Municipal, em oito bairros de Cruzeiro do Sul quase todas as comunidades ribeirinhas já foram atingidas e mais de 2,7 mil famílias estão desalojadas por conta da enchente.

O volume de águas do Rio Juruá ainda se elevou, mas, em um ritmo mais lento do que nos dias anteriores. Na manhã desta sexta-feira (8), a marca era de 13,80m e neste sábado a cota chegou a 13,83m. Mesmo assim, algumas famílias ainda foram removidas das regiões ribeirinhas neste sábado aumentando o número de desabrigados para mais 500 pessoas.

Até o momento, 102 famílias foram retiradas de suas casas e a maioria foi levada para dois abrigos montados pela prefeitura. Alguns dos desalojados foram por conta própria para a casas de familiares, outras tiveram que improvisar abrigos em suas propriedades, com medo de assaltos, onde aguardam a vazante do rio.

De além dos desalojados, mais de cinco mil famílias já estão afetadas pela cheia, com seus quintais alagados, sem o fornecimento de energia elétrica e só podem sair de casa por meio de pequenas embarcações.

Para solicitar ajuda humanitária do governo federal, o prefeito em exercício, Zequinha Lima, decretou estado de emergência na quinta (7). O município aguarda agora o reconhecimento da situação para receber recursos e manter a assistência aos moradores afetados pela enchente.

Aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul irão a leilão, segundo ministério

Antes dos cem dias de governo, o ministério da Infraestrutura promete realizar 23 leilões, incluindo 12 aeroportos, a Ferrovia Norte-Sul e dez terminais portuários. Segundo o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, após o leilão da 5ª rodada de concessão de aeroportos será anunciada a 6ª rodada, que terá um bloco com aeroportos da região norte: Manaus, Porto Velho, Boa Vista, Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Tabatinga. A proposta é realizar a licitação em 2020.

Além disso, Freitas disse que os estudos da BR-364, entre Mato Grosso e Rondônia, está no BNDES para estruturação da concessão. “Vamos passar para a iniciativa privada o trecho e disponibilizar para o usuário o que ele precisa”, disse.

Outra questão é a obra da ponte sobre o Rio do Abunã. De acordo com o ministro, a obra será concluída até o fim do ano. A respeito dos aeroportos regionais, os estudos estão sendo feitos pela Comara (Comissão de Aeroportos da Região Amazônica), que vai verificar como viabilizar as obras junto com o ministério. Por fim, foi garantido que há recursos para as IP4 (Instalações Portuárias Públicas de Pequeno Porte) e também será feita a delegação do Porto de Manaus para o governo do estado.

Rio continua subindo e prefeitura constrói segundo abrigo em Cruzeiro do Sul

Em 24 horas, o rio Juruá subiu mais 4 centímetros e chegou aos 13,80 metros nesta sexta-feira (8), aumentando o número de famílias que tiveram que deixar suas casas nas áreas alagadas de Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do Acre.

Com 80 centímetros acima da cota de emergência, que é de 13 metros, a cheia já inundou oito bairros e afeta diretamente 7 mil famílias.

rio jurua iv web

Até a tarde desta quinta-feira (7), eram 30 famílias desabrigadas pela enchente. Com mais 11 que deixaram suas casas nesta sexta pela manhã, subiu para 41 o número de famílias que foram removidas, somando 239 pessoas que estão por conta da Defesa Civil.

A prefeitura montou mais um abrigo coletivo em uma associação de moradores para onde já foram encaminhadas oito famílias. Mais 25 estão em outro abrigo em um ginásio esportivo e o restante preferiu ir para casa de familiares ou está por conta de aluguel social.

De acordo com o chefe da Coordenação de Desastres da Defesa Civil, Manoel Melo, a previsão é que o nível do manancial continue subindo nos próximos dias e outras famílias devem ser removidas ainda nesta sexta.

Nas oito comunidades alagadas, a água já se aproxima do assoalho da maioria das casas e os moradores só podem sair por meio de pequenas embarcações. Muitos resistem em deixar suas moradias abandonadas com medo de saqueamentos e preferem encontrar uma forma de deixar os móveis e aparelhos domésticos suspensos, mas permanecem convivendo com a água dentro de casa.

Por conta da cheia, o fornecimento de energia elétrica foi suspenso para todos os bairros inundados. De acordo com a Defesa Civil, já são mais de 7 mil famílias afetadas que totalizam uma média de 28 mil pessoas.

Para dar assistência aos moradores, o município conta com apoio do Exército e do Corpo de Bombeiros e envolve todas as secretarias municipais. Diariamente, mais de 100 pessoas são envolvidas nos serviços de manutenção dos abrigos e nas operações de remoção das famílias.

Nesta quinta-feira, o prefeito em exercício, Zequinha Lima, decretou situação de emergência com a finalidade de mobilizar o governo federal para enviar recursos a assistência aos desabrigados.

rio jurua web

Cruzeiro do Sul e Capital em alerta por conta do transbordamento de rios

O inverno amazônico já traz consequências para quem vive no Acre. Prova disso é que as duas maiores cidades estão em estado de alerta por conta no nível dos rios. Na Capital o Rio Acre já está acima da cota de transbordamento. Na última medição realizada nesta quinta-feira, 7, o manancial marcou 14,50 metros. Pelo menos três bairros já foram atingidos pela cheia, são eles: Habitasa, Santa Terezinha e Airton Sena.

Essa é a segunda vez que o rio fica acima da cota de transbordo esse ano em Rio Branco. No último dia 20 de janeiro, o Rio Acre estava com 14,18 metros e cinco famílias atingidas pelas águas do Rio Acre chegaram a ser levadas para casas de parentes.

A prefeitura de Rio Branco iniciou a construção de 100 abrigos no Parque de Exposições Wildy Viana, no último dia 15 de janeiro. No mesmo dia, a prefeita Socorro Neri lançou o plano de contingência para enchentes.

Vale lembrar que no mês passado o rio Acre já havia ultrapassa a cota de transbordamento chegando a 14,43 m. Naquela ocasião poucas famílias haviam saído de suas casas, nenhuma foi levada ao abrigo público, que continua montado no Parque de Exposições.

O coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, coronel George Santos, informou que recebeu dois chamados de famílias que estão atingidas pelas águas nesta quinta. Segundo ele, a equipe vai no local para verificar a situação e fazer a retirada das famílias, caso seja necessário.

alagacao001

Balseiros

Quem passou pelas pontes que ligam o primeiro ao Segundo Distrito de Rio Branco se surpreendeu ao perceber o acúmulo de galhos e troncos de árvores, bem como outros entulhos, popularmente chamados de balseiros, nas pilastras das duas principais pontes, Wanderley Dantas e Juscelino Kubitschek.

O acúmulo de balseiros, aliado a forte correnteza do rio, pode causar danos aos pilares estruturais das pontes, principalmente na ponte Metálica (Juscelino Kubitschek) que é a mais baixa. Diante das circunstâncias, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi destacada para avaliar as estratégias de ação para a retirada dos entulhos que se acumulam nas pontes.

PEDRO DEVANI 1

Em Cruzeiro do Sul

A cheia do rio Juruá em Cruzeiro do Sul, já atinge mais de 20 mil famílias moradores. O manancial está acima dos 13,74 metros. Ao menos oitos bairros foram afetados e três comunidades ribeirinhas já estão alagadas. Por conta disso, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul decretou Situação de Emergência nesta quinta-feira, 7.

Desses locais, 24 famílias já foram obrigadas a sair de casa. Dessas, dez foram encaminhadas para um abrigo coletivo montado pela prefeitura em um ginásio de esportes, mas sete famílias preferiram ir para casas de familiares e outras sete foram encaminhadas para Aluguel Social.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, José Lima, devido ao volume de chuvas na região, a previsão é que o manancial continue elevando o seu nível e outras famílias já estão solicitando apoio para sair de casa.

“A subida do nível do rio afeta muitos cruzeirenses e, por isso, decretamos a Situação de Emergência. O Governo do Estado tem nos dado apoio, mas, nesse momento é necessário também o apoio do governo federal. Já estamos nosso articulando com os deputados federais acreanos para agilizar o repasse de recurso que vai minimizar os danos sofridos pela nossa população”, salientou o prefeito em exercício, Zequinha Lima.

“A situação está bem complicada, por isso, temos nos mantido em alerta, realizando a remoção das famílias para casa de parentes, amigos e abrigos públicos”, explicou o coordenador de Defesa Civil Municipal.

A Prefeitura tem dado todo o auxílio às vítimas, com atendimentos sociais e de saúde. Algumas famílias estão sendo contempladas com o benefício do aluguel social.

PEDRO DEVANI 2

Previsão de chuva para os próximos dias

A elevada umidade do ar – que vem do oceano Atlântico – e o calor típico do verão continuarão a provocar chuvas intensas e diárias, pelo menos até a próxima quarta-feira, 13, no Acre, aponta o pesquisador meteorológico, Davi Friale.

Na próxima quarta-feira, chegará ao Acre a terceira frente fria do ano – um pouco mais forte do que a do último sábado – que provocará chuvas torrenciais, com possibilidade de temporais, no estado e proximidades.

“Portanto, nos dias 12 e 13 próximos (terça-feira e quarta-feira), ocorrerão chuvas torrenciais no Acre”, avisou Friale

Assim, até a próxima quarta-feira, 13, de um modo geral, as chuvas não darão trégua na região, podendo, em alguns pontos, provocar sérios transtornos à população, como rápida inundação de ruas, transbordamentos de córregos e igarapés, queda de galhos e árvores e deslizamentos de terra.

alagacao003

Socorro Neri determina Força Tarefa na execução do Plano

A prefeita Socorro Neri reuniu a equipe de gestão da Prefeitura de Rio Branco e determinou uma Força Tarefa na execução do Plano de Contingência 2019. “Temos que ter espirito de equipe e estar atentos para minimizar a situação neste momento de crise”, ressaltou a prefeita. O encontro foi realizado na sala de reuniões da sede da Prefeitura.

Na manhã desta quarta, 7, o Rio Acre ultrapassou a cota de transbordamento, que é de 14 metros. Na capital, alcançou 14,30 metros. Por enquanto os bairros atingidos são a baixada da Habitasa e o Airton Sena. O Taquari, poderá ser o próximo. Até o momento, duas famílias foram retiradas de suas residências, ambas contaram com apoio da Defesa Civil Municipal.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, Cel. George Santos, para os próximos dias não há previsão de grandes precipitações pluviométricas – chuvas, o que pode indicar que o Rio Acre poderá voltar à sua calha nos próximos dias. “Mas são previsões, precisamos estar atentos”, ponderou.

George Santos lembrou que em 2015, ao atingir o mesmo nível de 14,3 metros, o manancial desabrigou 60 famílias. Situação que já não se repete graças a investimentos na área social. Mais de 3 mil famílias que antes sofriam com cheia do Rio Acre, hoje são abrigadas no Conjunto Habitacional Cidade do Povo.

Monitoramento

Com informações da Agência Nacional de Águas (ANA), a COMDEC segue monitorando o nível do Rio Acre e principais afluentes. A população pode ter acesso às informações em tempo real pelo aplicativo “Alerta Rio Branco”. A ferramenta está disponível para sistema Android.

Comerciantes oferecem descontos de até 70% para estimular vendas em Cruzeiro do Sul, no AC

Depois das festas de final de ano, os clientes ficaram escassos na maioria das lojas de Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Os comerciantes, então, resolveram fazer promoções para aumentar as vendas. Em algumas lojas, os descontos chegam a 70%, o que chama a atenção dos clientes que vão à procura de produtos por preços mais acessíveis.

Os comerciantes da segunda maior cidade do Acre afirmam que tiveram bons resultados nas vendas durante o Natal e a virada do ano. O início de janeiro também foi produtivo. No entanto, nas três últimas semanas, houve uma queda no volume de negócios e a alternativa para não deixar de vender os produtos que estão no estoque são as ofertas.

Em uma das lojas de confecções da cidade, a proprietária decidiu colocar todas as peças das prateleiras em promoção. Com descontos que variam de 50 a 70%, a loja ficou lotada na manhã deste sábado (2), o primeiro dia da promoção que vai durar uma semana.

“Nosso objetivo é atrair os clientes que já temos e fazer com que as pessoas que não conhecem a loja passem conhecer e se tornem clientes. Além disso, estamos fazendo a liquidação do que ficou depois das festas para colocarmos a veda as novas coleções”, afirmou a gerente da loja, Maria Jocineide Pedroza.

Em um supermercado da cidade o proprietário decidiu sortear o valor dos descontos para os clientes. Para saber qual o valor da oferta, o cliente tinha que estourar um balão que continha o percentual de desconto. Alguns consumidores chegaram a ganhar a feira totalmente gratuita depois de acertar o balão com o bilhete premiado.

Para os clientes, as promoções servem para comprar o produto que tanto desejam, mas que as condições financeiras não permitiam. O funcionário público Renísio Costa, aproveitou as promoções deste final de semana para renovar as peças do guarda-roupas.

“É muito bom aproveitar um desconto de 70% porque, além de comprar mais, a gente tem a possibilidade de escolher as roupas melhores por um preço mais acessível”, disse Costa.

Rio Juruá começa baixar em Cruzeiro do Sul

O rio Juruá em Cruzeiro do Sul baixou o nível das suas águas. Nesta quinta-feira, 31, o manancial estava com 12,64 metros. Apesar da baixa, o trabalho da Defesa Civil não para, pelo contrário, continua intenso, as vistorias nas casas que são atingidas pela cheia do rio acontecem diariamente.

De acordo com o chefe da Defesa Civil, José Lima, as vistorias estão acontecendo tanto nas casas, às margens do rio, para ver se não está acontecendo desmoronamento de terra. “As vistorias continuam periodicamente tendo em vista que embora o rio tenha baixado um pouquinho, a previsão é que ele pode voltar a encher porque temos um acumulado de 150 ml chuva até o dia 4, isso é bem significativo.”

Ele disse ainda que também há risco de repiquete, quando rio baixa e logo em seguida volta a subir. “E também temos informações de ontem que o rio ValParaíso, Paraná dos Mouras e Juruá Mirim estão com uma enchente bastante grande e isso com certeza vai afetar o Juruá, sem contar a chuva que está prevista para cair que pode fazer com que o rio transborde”, afirma.

Seis famílias estão em abrigo social e irão permanecer lá até o mês de março se o rio não voltar a encher. O abrigo, caso alguma família fique desabrigada, já está pronto.

Terceiro colégio militar do Acre vai funcionar em Cruzeiro do Sul e atender quase 600 alunos

Anúncio foi feito pelo governador Gladson Cameli na sexta-feira (25). Colégio começa a funcionar em março, segundo governo

O governo do Acre anunciou, nesta sexta-feira (25), a criação da terceira escolar militar no estado que vai funcionar em Cruzeiro do Sul. A unidade de ensino vai funcionar na sede da escola Anselmo Maia e vai atender 580 alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental.

O anúncio foi feito, em ato oficial do governo, no prédio onde vai funcionar a escola militar que terá o nome de Tiradentes, o mesmo da primeira unidade instalada em Rio Branco. Segundo o secretário de Educação do Acre, Mauro Sérgio Cruz, a escola militar de Cruzeiro do Sul será gerenciada por meio de uma parceria entre o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar.

“Uma equipe que já foi constituída por policiais militares e bombeiros, com o núcleo de educação de Cruzeiro do Sul, já está organizando essa parte de matrículas dos novos alunos para que no dia 11 de março esse colégio militar esteja inciando os seus trabalhos”, informou Cruz.

Ainda de acordo com a secretaria, a unidade de ensino vai acolher os alunos que já estavam matriculados na Escola Anselmo Maia, que será transferida para outro prédio.

“Os demais alunos serão matriculados a partir de um sorteio, conforme o decreto de implantação de colégios militares no estado”, esclareceu o secretário.

Segundo o governo, no primeiro ano de funcionamento, a escola militar vai atender apenas os alunos do ensino fundamental, mas, a partir do próximo ano, deve ter ensino médio. O governador Gladson Cameli disse que o objetivo é implantar novos colégios militares em outros municípios do Acre.

“Essa é uma das nossas promessas de campanha que estamos cumprindo. Já vamos construir no Segundo Distrito de Rio Branco também outra escola militar e vamos dar sequência nos demais municípios do interior. A nossa ideia é fortalecer nossa educação, porque com uma boa educação você melhora os outros setores”, disse Cameli.

escola militar web

Rio Juruá transborda e já atinge seis bairros em Cruzeiro do Sul, no interior do AC

Defesa Civil faz monitoramento de áreas alagadas e nenhuma família precisou sair de casa até este sábado (26)

Com mais de três semanas de enchente, o rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, superou sua cota de alerta, de 13 metros, neste sábado (26), chegando aos 13,16 metros no incio da manhã. Por conta da cheia, mais de 150 moradores tiveram o fornecimento de energia elétrica suspenso e a Defesa Civil Municipal faz monitoramento diário para prestar assistência às famílias dos bairros atingidos pela água.

Pelos menos seis bairros já foram inundados e os moradores estão convivendo com a água invadindo os seus quintais. Em alguns bairros, as moradias construídas de madeira com o assoalho de 3 m de altura já estão quase tomadas pela cheia, como é o caso da Lagoa e da Boca do Moa e parte do Miritizal, onde a energia elétrica foi suspensa para evitar riscos de acidentes.

Mesmo assim, os representantes da Defesa Civil afirmam que só deverão ser removidas famílias de casa a partir do momento que o manancial alcançar a cota de 13,30 metros.

“Por enquanto, as famílias que moram nas áreas mais baixas continuam em Aluguel Social, por isso, não precisamos retirar ninguém nesse momento. Mas, se continuar assim, breve teremos que socorrer aquelas que já estão com as casas com o assoalho quase coberto”, disse Lima.

Em 24 horas, o nível do Juruá subiu 43 cm e, se continuar aumentando no mesmo ritmo, deve alcançar essa marca ainda neste sábado, caso não apresente vazante. Com isso, a Defesa Civil já está preparada para montar um ponto de atendimento emergencial no porto da cidade a partir deste domingo (27).

Desde novembro de 2017, seis famílias continuam fora de casa de regiões que foram inundadas com a cheia do Juruá que, na época, chegou aos 13,37 metros, sendo a quarta maior enchente do manancial, que naquele momento desabrigou 19 famílias.

De acordo com a Defesa Civil, a prefeitura está providenciando um terreno e deve construir casas populares para esses moradores que ainda não tiveram como voltar para os locais onde moravam, devido aos riscos de desbarrancamento.

O município também já se prepara para acomodar os moradores que precisarem sair de suas casas com a nova cheia, caso o rio continue elevando seu nível. Segundo Lima, em caso de necessidade, será utilizado o mesmo ginásio de esportes que foi ocupado em novembro, como abrigo coletivo.

fotos rio ismael web

Cheia do Juruá afeta seis bairros e mais de 150 famílias estão sem energia em Cruzeiro do Sul

Três bairros são os mais afetados, segundo o Corpo de Bombeiros. Na manhã desta sexta (25), rio atingiu 12,87 metros

A poucos centímetros para transbordar, o rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, já invade seis bairros na segunda maior cidade do Acre e a Defesa Civil traça estratégias emergenciais para prestar apoio às famílias que moram em áreas alagadas.

Por conta da cheia, o sistema de fornecimento de energia foi desligado para os bairros Lagoa, Boca do Moa e parte do Miritizal.

Em 24 horas, o nível do manancial, que banha cinco municípios do Acre e outros do Amazonas, se elevou mais de 20 cm e atingiu os 12,87 m na manhã desta sexta-feira (25). A Defesa Civil municipal anunciou que, se alcançar aos 13 metros, que é a cota de transbordo, um ponto de atendimento aos ribeirinhos será montado no porto da cidade para receber os moradores que precisarem de ajuda.

“Ultrapassando a cota de transbordamento, já estamos com tudo pronto para montar o nosso ponto de apoio na beira do rio e receber todas as demandas”, informou o coordenador da Defesa Civil, José Lima.

A partir desta quinta-feira (24), os representantes da Defesa Civil passaram a fazer vistoria pela manhã e à tarde nas regiões afetadas pela água. Além disso, a prefeitura já preparou um abrigo em um ginásio esportivo da cidade para onde serão levadas as famílias que precisarem deixar suas casas, como ocorreu em novembro do ano passado.

“Muitas famílias que foram removidas na cheia do final do ano ainda não retornaram para suas residências, por esse motivo ainda não foi preciso retirar nenhuma, mas acreditamos que vamos ultrapassar a cota de transbordo e o município está preparado para isso”, garante Lima.

O comandante do Corpo de Bombeiros, capitão Rômulo Barros, disse que o monitoramento nos bairros deve permanecer nos próximos dias, mas já há sinais de vazante em outros municípios, o que pode levar o nível do manancial a começar a baixar nas próximas 48 horas.

“A notícia boa é que já inciou um processo de vazante em Marechal Thaumaturgo e em Porto Walter, onde já baixou 13cm nas últimas 24 horas. Acreditamos que em pouco tempo o rio possa dar um sinal de estabilidade também aqui em Cruzeiro do Sul”, informou Barros.

cheia jurua web

Cruzeiro do Sul vai investir R$ 120 mil em projetos culturais de iniciativa popular

Edital de apoio foi divulgado quinta-feira (24) com apresentações de artistas no Teatro do Náuas, em Cruzeiro do Sul. Mais de 30 projetos devem ser contemplados

Em Cruzeiro do Sul, uma lei municipal de apoio à cultura vai financiar mais de 30 projetos de iniciativa popular em 2019. O edital com as regras para quem pretende participar foi anunciado nesta quinta-feira (24) durante um evento que contou com a apresentação de artistas e produtores culturais da cidade.

A Lei Municipal de Incetivo à Cultura de Cruzeiro do Sul foi criada em 2015, com a finalidade de garantir apoio financeiro a pequenos projetos de todos os setores da cultura local. Em 2018, o município aplicou R$ 100 em mais de 20 projetos e, para este ano, o valor foi ampliado para R$ 120 mil.

De acordo com o secretário municipal de cultura, Aldemir Maciel, com esse valor é possível financiar mais 30 projetos.

“Esses recursos serão investidos em 10 segmentos culturais, como dança, teatro, música, cultura popular e indígena, literatura, enfim, praticamente todos os segmentos culturais. E é bom esclarecer que qualquer pessoa da sociedade: artista, fazedores culturais, igreja, escola, entidades podem ter acesso”, explica Maciel.

No ato de lançamento do edital, a prefeitura promoveu um evento cultural com a participação de artistas da cidade e grupos que já receberam apoio da lei de incentivo. Entre eles, o ator e cantor Anailton Salgado, que recitou uma poesia e foi seguido pela banda Swing da Mata que tocou a música Canoeiro. A apresentação emocionou o público que prestigiou o evento.

“Assim os artistas começam a ter voz e vez. Por meio desses projetos, são revelados os artistas que às vezes não são conhecidos em todos os segmentos e também valoriza aquele que já tem seu trabalho conhecido pela sociedade”, avalia Salgado.

O prefeito Ilderlei Cordeiro e o vice-prefeito Zequinha Lima prestigiaram o lançamento do edital que contou ainda com apresentações do grupo de dança Triplo X, do Coral do Conservatório de Música de Cruzeiro do Sul e de outros artistas.

As inscrições de projetos começam na segunda-feira (28) e seguem até 22 fevereiro na Secretaria Municipal de Cultura. O município também vai oferecer capacitação para quem necessita de apoio para elaborar as propostas de projetos culturais. Os projetos aprovados terão que ser executados durante o ano de 2019.

lei de incentivo a cultura i web

Em Cruzeiro do Sul nível do Rio Juruá preocupa autoridades e ribeirinhos

Preocupada com o transbordamento do Rio Juruá, a Defesa Civil de Cruzeiro do Sul montou um plano emergencial para dar apoio às famílias atingidas. Antes mesmo de chegar a cota de transbordo que é 13 metros, a água já atinge vários bairros do segundo maior município do Acre.

Até o fechamento desta edição, nesta quinta-feira, 24, o nível do manancial estava em 12.48 metros. De acordo com a Defesa Civil, se chegar aos 13 metros, dezenas de moradores dos bairros Cruzeirinho, Várzea, Lagoa, Miritizal e Boca do Moa serão obrigados sair de casa como ocorreu em novembro do ano passado.

O coordenador da Defesa Civil de Cruzeiro do Sul, José Lima, observa que “as famílias afetas pela enchente do fim do ano passado ainda não retornaram para suas residências, mantendo-se em segurança. Tudo indica que a cota de transbordamento será ultrapassada e por orientação do prefeito, já estamos prontos para agir a qualquer momento”.

O monitoramento do Rio Juruá e seus afluentes é realizado de hora em hora pelos órgãos de defesa, que apontam provável transbordamento do manancial. No Alto Juruá – Marechal Thaumaturgo e Porto Walter – os níveis dos afluentes se encontram elevados.

Para evitar acidentes com moradores, a energia elétrica já foi suspensa para os bairros Lagoa e Boca do Moa. Se o manancial continuar enchendo, outros bairros também terão o fornecimento suspenso.

O nível do Rio Juruá atingiu sua quarta maior marca em novembro de 2018, chegando a 13,57m. Por conta da cheia, 19 famílias tiveram que deixar suas casas e ficaram quase um mês em casas de familiares ou por conta de aluguel social concedido pela Defesa Civil.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, capitão Rômulo Barros, a previsão é que o nível do rio continue subindo nas próximas horas e a Defesa Civil de Cruzeiro do Sul já mantém atenção especial nas áreas que estão afetas pela cheia.

“Passamos a verificar a medição três vezes por dia e já estamos com a voadeira na água. Já monitoramos as áreas afetadas e estamos vendo a questão de abrigos para sabermos, em caso de necessidade, qual será usado primeiro”, informou Barros.

Segundo o Corpo de Bombeiros, mesmo com os quintais das casas desses bairros já inundados, ainda não há a necessidade da remoção de famílias das áreas alagadas.

Em Rio Branco

Na Capital, o Rio Acre marcou 11,82 metros, já abaixo das cotas de alerta e transbordamento, que são de 13,50 metros e 14 metros, respectivamente. Em Rio Branco, 100 abrigos foram preparados para receber possíveis famílias atingidas pelo transbordo do manancial. (Com informações G1/AC)

Polícia prende dupla com droga, duas armas de fogo e uma granada em Cruzeiro do Sul

Suspeitos devem ser interrogados ainda nesta quarta-feira (23) em Cruzeiro do Sul. Os dois homens seriam responsáveis pelo tráfico na região do bairro do Remanso, segundo a polícia

Dois homens foram presos, no bairro do Remanso, em Cruzeiro do Sul, na manhã desta quarta-feira (23), suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas na segunda maior cidade do Acre. Na casa onde ocorreu a prisão, a polícia apreendeu quase dois quilos de droga, um revólver, uma pistola com munição e uma granada.

A polícia foi ao local na tentativa de apreender uma moto com placa adulterada que era usada por um dos suspeitos. Ao chegar na casa, os policiais do Comando de Operações Especiais (COE) conseguiram encontrar os dois homens com as armas e a droga.

Segundo o comando da PM, não houve reação dos suspeitos no momento que os policiais chegaram na residência. Eles foram conduzidos para a delegacia de polícia e serão interrogados ainda nesta quarta-feira.

Os dois homens seriam responsáveis pelo tráfico na região do bairro do Remanso. No entorpecente apreendido tinha maconha e cocaína que seriam embaladas para distribuição nos pontos de venda. Com eles, a polícia também apreendeu dinheiro que a polícia suspeita que teria sido arrecadado com a comercialização da droga.

Os suspeitos serão encaminhados ao presídio depois que forem ouvidos pelo delegado. Eles serão indiciados por porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

dupla presa com granada web

Bandidos invadem casa, levam caminhonete e cerca de R$ 5 mil em dinheiro no interior do AC

Moradores foram obrigados a entregar dinheiro. Equipes da PM fizeram diligências para prender os suspeitos, mas não conseguiram localizá-los

Três homens invadiram uma casa na Vila Assis Brasil, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, durante a madrugada desta sexta-feira (28) e, depois de render um casal usando um revólver, obrigou os moradores a entregar dinheiro, bolsas, os celulares e todos os cartões bancários.

Antes de deixar o local, os assaltantes ainda pegaram um televisor e fugiram usando a caminhonete da família.

O caso ocorreu por volta de 1h, quando o casal estava se preparando para dormir e foi surpreendido pelos bandidos arrombando a porta da casa, depois a do quarto. Segundo as vítimas, dois homens usando capuz entraram na casa apontando a arma enquanto um terceiro aguardava do lado de fora.

Com o revólver apontado para a cabeça do marido, os assaltantes exigiram que a mulher procurasse os objetos de valores e entregasse. Além de cartões, bolsas com documentos e os aparelhos de celular da família, os bandidos levaram um aparelho de televisão e obrigaram a dona da casa a entregar a chave do carro.

As vítimas informaram aos policiais que perceberam a movimentação de um suspeito que teria passado o dia rondando a residência, mas não desconfiaram que estariam sendo monitorados pelo grupo.

Depois do assalto, os bandidos deixaram o local na caminhonete da família afirmando que seguiriam com destino a Rio Branco. Equipes da PM fizeram diligências para prender os suspeitos, mas não conseguiram localizá-los.

O carro foi encontrado poucas horas depois, abandonado em uma estrada distante do local do crime. O delegado Lindomar Ventura disse que a polícia já tem informações de alguns suspeitos, mas, por enquanto, as investigações serão mantidas em sigilo.

“Esse caso vai exigir uma investigação aprofundada para se chegar aos autores. Nós temos alguns suspeitos, mas vamos manter em sigilo para não prejudicar as investigações”, informou o delegado.

Em noite de artilheiro, Weverton marca três gols em jogo beneficente no interior do Acre

Arqueiro do Palmeiras, que iniciou carreira no futebol como atacante em Rio Branco, capital do Acre, relembra tempos de infância em evento que arrecadou quase duas toneladas de alimentos

Em visita ao interior do Acre, o goleiro Weverton, campeão brasileiro pelo Palmeiras, foi o principal destaque de um jogo de confraternização entre amigos do arqueiro e uma equipe de jornalistas da cidade de Cruzeiro do Sul, a 648 km de Rio Branco, capital acreana. A partida foi realizada no estádio Cruzeirão, na noite desta quinta-feira (27), e o goleiro palmeirense, que jogou de atacante, marcou três vezes para confirmar a goleada de 7 a 1 sobre o time da casa.

O evento marcou a visita de Weverton à segunda maior cidade do Acre e reuniu mais de dois mil torcedores. Cada torcedor doou um quilo de alimento para prestigiar a apresentação do acreano, que se tornou ídolo do Verdão e tem no currículo também a conquista do ouro olímpico com a Seleção Brasileira em 2016, e um título da Série B nacional pela Portuguesa.

No primeiro tempo, a equipe de amigos do goleiro marcou quatro vezes. O terceiro gol foi marcado pelo camisa 21 do Alviverde, que bateu cruzado de fora da área e acertou o ângulo direito do goleiro Evenilson Souza, narrador esportivo que defendia o time da imprensa. Ele teve como um dos companheiros de ataque Doka Madureira, jogador do Rio Branco-AC.

– Antes de começar no gol eu era atacante e gostava muito de fazer esse tipo de gol, acho que dá para matar a saudade dos velhos tempos, mas o mais importante hoje é está aqui e receber esse carinho da torcida. Só quero agradecer a galera de Cruzeiro do Sul e torcida do Palmeiras, pois aqui o que mais ouvi foi ‘independente de ser palmeirense ou não, mas eu torço por você que tem representado bem o nosso estado’ – destacou Weverton.

weverton web

No segundo tempo os amigos de Weverton ampliaram o placar, que fechou em 7 a 1. O goleiro marcou mais dois gols e foi o artilheiro do jogo. Após o apito final, Weverton foi cercado por uma multidão de torcedores que aproveitaram para registrar o momento ao lado do campeão.

No jogo foram arrecadados quase duas toneladas de alimentos que serão doados para instituições de caridade de Cruzeiro do Sul.

– Venho aqui para fazer o meu papel como cidadão levando uma mensagem de apoio e incentivo aos mais jovens. Sonhem, não custa nada. Independente da posição social e em que canto do Brasil estamos, a oportunidade vem para todos. Temos que saber aproveitar e valorizar – ressaltou o goleiro.

Mais de 150 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool em Cruzeiro do Sul, no Acre

Abordagens foram feitas durante todo o ano de 2018, segundo dados do Pelotão de Trânsito

Durante o ano de 2018, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, a Polícia Militar f quase 40 operações para tentar barrar os motoristas que insistem em dirigir sob efeito de bebida alcoólica. De acordo com o Pelotão de Trânsito, foram mais de 2 mil abordagens resultaram na notificação de 165 pessoas que estavam ao volante sob influência de álcool.

As operações foram realizadas tanto nas estradas em torno da cidade, quanto na zona urbana e ocorreram, principalmente, em finais de semana. De acordo com o comandante do Pelotão de Trânsito, tenente Silva Lima, além do trabalho repressivo, a PM promoveu também ações educativas para evitar as punições de motoristas que bebem antes de dirigir.

“Tivemos tanto operações para barrar o veículo e multar aqueles que não estivessem observando o que Código de Trânsito determina, mas também fizemos operações nos bares onde levamos ao possível condutor do veículo que está sentado lá na cadeira com os amigos ingerindo bebida. Explicamos que caso ele fosse dirigir naquele estado qual seria a pena”, acrescentou Lima.

A maioria das pessoas notificadas não precisaram ser conduzidas para a delegacia. Foram 27 motoristas que pagaram somente a multa, 24 tiveram que ser encaminhados à delegacia e pagaram multa e fiança, e o restante recebeu apenas a notificação e teve que entregar o veículo para outro condutor, pois o teor alcoólico estava dentro dos padrões permitidos por lei.

O comandante do Pelotão de Trânsito avaliou que os números são considerados positivos, já que durante as operações foi observado que o condutor de Cruzeiro do Sul está mais atento às regras e muitos já evitam dirigir no dia em que está consumindo bebida alcoólica.

“As vezes fazemos blitz de Álcool Zero e de 80 pessoas abordadas e conseguimos flagrar uma ou duas. Mas, tem muita gente que quando vai beber já tem o amigo da hora. Em muitos casos, constatamos que o homem vai beber e dá a direção para a esposa, que não bebeu para voltar para casa. Isso tem sido muito positivo”, afirmou o comandante.

PM prende três suspeitos de assalto em loja no Centro de Cruzeiro do Sul, no Acre

Um quatro envolvido conseguiu escapar e está sendo procurado pela polícia

Policiais militares prederam três homens que estariam envolvidos no assalto ocorrido em uma loja de confecções, no final da manhã do último sábado (22), no Centro de Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Os suspeitos foram presos menos de duas horas após invadirem a loja amardos e levarem objetos pessoais de clientes e funcionários, além de peças de roupa e dinheiro do caixa do estabelecimento.

Assim que o assalto ocorreu, uma equipe da PM foi ao local e verificou as características dos bandidos nas imagens das câmeras de monitoramento da loja que foi invadida por dois homens. A dupla usava bone para dificultar a identificação e entrou na loja como se fosse cliente.

Depois de provar algumas camisetas, um deles rendeu uma funcionária e exigiu que todos que estavam na loja entregassem os celulares, bolsas, cordões, pulseiras, brincos e foram ao caixa de onde levaram todo o dinheiro que tinha. A ação durou mais de 10 minutos e depois que embalaram todos os produtos roubados em sacolas, os assaltantes fugiriam em um carro que aguardava em frente da loja ao lado.

Nas imagens do circuito de segurança, os policiais assistiram todos os passos dos bandidos e saíram em busca dos suspeitos. Em menos de meia hora, o carro usado palos assaltantes, que teve a placa anotada por uma das vítimas, foi localizado nas imediações do bairro Igarapé Preto e o motorista foi preso.

O condutor do veículo confessou que deu fuga para os homens que invadiram a loja e informou o endereço dos outros outros criminosos.

“O motorista alegava não ter participado, mas afirmou que conduziu três indivíduos para fazer o roubo. Ele também sabia o endereço e continuamos no flagrante e conseguimos prender mais dois, o tal de Lobão e um tal de Xodó”, disse o aspirante, Robson Belo.

Na casa deles ainda tinham roupas com etiquetas da loja e materiais como brincos, pulseiras e anéis que foram roubadas. Os suspeitos confessaram envolvimento no assalto e informaram que um quarto homem estaria envolvido e deram o nome de Fernando que estaria com o restante dos produtos levados dos clientes e funcionários do comércio.

Os policiais foram à casa do quarto envolvido, mas não conseguiram prendê-lo. Segundo a PM, o suspeito teria sido avisado por vizinhos que a polícia estava à sua procura e ele conseguiu fugir antes da chegada dos policiais. Na casa de Fernando, também foram encontradas peças de roupa com etiquetas da loja.

Os três suspeitos foram levados para a delegacia e devem ser encaminhados ao presídio nesta segunda-feira (24). A Polícia Civil está investigando para tentar localizar o quatro envolvido no assalto.

No AC, bandidos entram armados em loja e levam dinheiro, jóias e celulares de funcionários e clientes

Assalto ocorreu em uma loja de confecções no Centro de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, neste sábado (22)

Dois homens entraram armados em uma loja de confecções no Centro de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, neste sábado (22), e obrigaram os funcionários e clientes a entregar celulares, dinheiro, cordões e outros objetos.

Para não serem facilmente identificados, os homens entraram na loja usando bonés e começaram a escolher roupas como se fossem clientes. Um deles ainda entrou várias vezes no provador para experimentar camisetas.

No momento em que levava mais roupas para que o suposto cliente provasse, uma das funcionárias teve um revólver apontado para a cabeça. Foi o momento em que os bandidos anunciaram o assalto e exigiram a todos que estavam na loja que não reagissem e entregassem os objetos pessoais.

A loja estava cheia na hora do assalto. Segundo os funcionários que têm medo de serem identificados, a dupla teria ficado mais de 10 minutos recolhendo os pertences das vítimas e ainda teve tempo de escolher as peças de roupas que queria levar.

Depois de embalar todos os produtos roubados em sacolas, um dos bandidos foi ao caixa e pegou o dinheiro, em seguida os suspeitos saíram e entraram em um carro que estava estacionado em frente da loja onde um motorista aguardava para ajudar na fuga. A gerência do comércio não soube informar o valor do prejuízo e nem quantos clientes estavam no local.

Uma das vítimas conseguiu ver a placa do veículo e passou o número para uma equipe da Polícia Militar que circulava nas proximidades.

Com as informações, e depois de ver as características dos bandidos nas imagens das câmeras de monitoramento, os policiais saíram em busca dos criminosos e conseguiram localizar o carro e o motorista.

Os outros integrantes do grupo já tinham sido deixados em um bairro distante do Centro e continuam sendo procurados por viaturas da PM.

Bandidos invadem escola e roubam celulares e objetos

Os servidores da Escola de Ensino Fundamental Hugo Carneiro, em Cruzeiro do Sul, foram surpreendidos após serem assaltados dentro da unidade de ensino. Dois homens chegaram em uma motocicleta, um deles com uma arma, obrigaram os funcionários a entregar os celulares e objetos pessoais. O assalto ocorreu logo após o encerramento das aulas do turno da manhã desta quinta-feira (20).

Os bandidos chegaram em frente a unidade e aguardaram todos os alunos saírem para atacar os servidores. Um deles ficou na motocicleta do lado de fora e o outro entrou na escola e, ao encontrar o diretor, apontou a arma e exigiu que ele entregasse o celular.

Sob a mira da arma, o diretor foi obrigado a acompanhar o bandido que foi a outras salas com o objetivo de procurar outros produtos para roubar. Ao se deparar com os professores e servidores de apoio que ainda estavam no local, o assaltante exigiu que todos também entregassem os celulares e seus pertences.

Enquanto o assaltante estava recolhendo os pertences das vítimas, uma professora que saiu antes da entrada do bandido e percebeu que os colegas estavam sendo roubados decidiu encarar o bandido que aguardava em frente à escola. Com socos, empurrões e usando sua bolsa, a professora tentou derrubar o bandido da moto, mas ele chamou o comparsa que estava armado para se defender da educadora que entrou no carro e deixou o local.

Depois que pegaram os objetos os assaltantes fugiram. A ação dos criminosos deixou os servidores em pânico. Procurada, a direção da unidade preferiu não falar sobre o caso.

Depois que a dupla fugiu, a polícia foi acionada e verificou as imagens das câmeras de monitoramento da unidade que registraram todos os detalhes do assalto. Os policiais fizeram rondas pela cidade, mas não conseguiram prender os autores do assalto.

Feira natalina deve atrair mais de 10 mil pessoas diariamente ao Centro de Cruzeiro Sul, no Acre

Além da população local, visitantes de outros municípios da região são esperados para a Feira de Natal organizada pelo Sebrae e pela prefeitura

Durante o período de festas natalinas em Cruzeiro do Sul, a praça central será o local mais vistado da segunda maior cidade do Acre. Além da população local, visitantes de outros municípios da região são esperados para a Feira de Natal organizada pelo Sebrae e pela prefeitura que deve atrair um público diário de mais de dez mil pessoas.

A feira ocorre até a terça-feira (25), dia de Natal. De acordo com o Sebrae, 40 empreendedores de diversos setores da economia participam do evento.

No local, além de lojistas e vários tipos de artesanatos, foi montada uma praça de alimentação com oito restaurantes, lanchonetes e três parques de diversão para as crianças. A Secretaria de Cultura também preparou uma programação com artistas do município para todos os dias da feira.

“Todas as noites teremos shows de violão e voz no palco alternativo com cantores da região. Serão três artistas em média por dia. E lá no coreto também teremos atividades. No dia 22 vamos ter um espetáculo do Shalom e no dia 25 vamos ter um Alto de Natal”, anunciou o secretário de Cultura, Aldemir Maciel.

A feira vai funcionar a partir das 18h com venda de produtos comerciais e comidas típicas. Os stands devem ficar abertos até às 23h. Os artistas vão se apresentar a partir das 20h. Para os comerciantes que vão participar da programação, a expectativa é de bons negócios.

“É uma grande oportunidade para os micro e pequenos empresários de apresentar nossos produtos e melhorar as vendas no final do ano. Este já é o quatro ano que participamos e todos os anos trazemos bastante novidades, por isso sempre temos boas vendas”, destaca a comerciante Alciene Fonseca, sócia de uma floricultura.

Além da feira, outra atração especial no Centro de Cruzeiro do Sul é a decoração de Natal que foi inaugurada no último sábado (15), e transformou o local em um cartão-postal da cidade. As luzes foram acesas com a apresentação do coral do Conservatório de Música, entidade criada pelo Ministério Público Estadual.