Coronel Ulysses se compromete em cortar mordomias

Na reta final, o candidato a governador pelo PSL, Coronel Ulysses Araújo, alertou a população que a crise vivida pelo atual governo do Estado se deve a manutenção de privilégios. Para o representante de Bolsonaro no Acre, os políticos atuais esbanjam o dinheiro do povo com viagens, diárias e coquetéis que causam ainda mais o empobrecimento da população.

Coronel Ulysses afirmou que esses desperdícios representam cortes de recursos que deveriam ser destinados para a compra de remédios. As críticas foram realizadas durante a carreata realizada em Acrelândia, na quinta-feira, 06.

“Os atuais governantes não se preocupam com o povo, por isso esbanjam o dinheiro público. Em meu governo, todo o recurso público será destinado para os serviços prestados à população”, respondeu,

O candidato de Bolsonaro debateu com eleitores sobre a falta de controle dos gastos públicos e a necessidade de cortar os salários dos próprios políticos.

“Não é justo o governador e os secretários terem salários milionários, enquanto grande parte da população continua desempregada”, criticou.

Coronel Ulysses lembrou que o problema econômico vivido, hoje, pela população é culpa dos mais de 20 anos de governo do PT.

Em Feijó e Tarauacá, Gladson Cameli fala em novo tempo

Na reta final do primeiro turno da campanha, o candidato ao governo do Acre, Gladson Cameli, visitou nesta quarta-feira (03), os municípios de Feijó e Tarauacá. Em ambos os municípios, ele e os candidatos a senadores da República, Márcio Bittar (MDB) e Sérgio Petecão (PSD) foram recebidos com entusiasmos e inúmeros pedidos para selfies.

Nas duas cidades, os candidatos majoritários da coligação Mudança e Competência dialogaram diretamente com os moradores e receberam mensagens de apoio e confiança.

Ao longo da campanha eleitoral, Gladson afirmou que irá trabalhar junto com o seu vice-governador, Major Rocha, para construírem um novo Acre, com mais saúde, segurança, educação, infraestrutura, além de emprego e renda, principalmente, para as pessoas que moram no interior do estado.

“O Acre precisa sair do atraso e nós nunca estivemos tão perto de virar essa página da história”, disse o candidato ao governo do estado muito emocionado pelo momento que está vivenciando durante o último comício deste pleito.

Na ocasião, Gladson aproveitou para agradecer a participação de todos na campanha, que desde já ele considera vitoriosa, principalmente pelo fato de ter um contato mais próximo e intenso com o povo.

“Foi um grande prazer e uma imensa satisfação percorrer todo Acre, nos reunirmos com diversas entidades representativas de classe e visitar inúmeras comunidades na capital e no interior. Ao longo dessa jornada, fomos construindo e elencando as ações prioritárias do nosso governo para os próximos quatro anos”, explicou Gladson.

O candidato a governador aproveitou para convocar o eleitorado para comparecer às urnas. “Esperamos que o eleitor faça valer o seu direito de cidadão e compareça às urnas neste domingo para escolher o melhor para o estado. Abster-se do processo eleitoral é entregar o estado ao Deus dará. O Acre precisa mudar e não tem mais tempo a perder. Neste domingo, vamos pela mudança votando no 11 de Gladson e Major Rocha”, finalizou.

Agente penitenciário candidato é alvo de ameaças

O candidato a deputado estadual, Janes Peteca (PDT), registrou boletim de ocorrência nesta quarta-feira, 3, na Polícia Civil e na Polícia Federal, sobre ameaças, coações e tentativa de homicídio que vem recebendo desde que iniciou sua campanha em setembro passado.

De acordo com ele, que é agente penitenciário e ex-presidente da associação da categoria, na última sexta-feira, uma mulher que estava dirigindo um carro preto, idêntico ao que ele usa na campanha, por pouca não foi metralhada com 20 tiros por um homem que estava na garupa de uma motocicleta em um semáforo do Calafate. Janes estava num veículo logo atrás da mulher, que não foi atingida.

Janes conta que os bandidos também estão obrigando os simpatizantes de sua candidatura a retirarem os adesivos perfurados de seus carros, acontecimentos registrados na avenida Amadeo Barbosa, no Taquari e no Calafate.

Além disso tudo, agentes plantonistas do Complexo Penitenciário souberam por informantes que uma facção planeja plantar drogas em seu carro de campanha como forma de tirá-lo da disputa. “Enquanto a ameaça for dar tiro em mim eu tenho como me defender, mas contra drogas plantadas eu não tenho como, por isso tive que arranjar outro carro emprestado e todo dia estou procurando um carro diferente de algum amigo”, conta ele, que andava com escolta, pois é ameaçado de morte, mas que precisou abrir mão do serviço por conta de sua candidatura.

Marcus Alexandre, Jorge Viana e Ney Amorim levam multidão às ruas no Juruá

A três dias das eleições, a Frente Popular mostrou sua força e levou uma multidão às ruas de Cruzeiro do Sul. Juntos com a militância, Marcus Alexandre, Jorge Viana e Ney Amorim caminharam pelas ladeiras da cidade e selaram seu compromisso de trabalho com o Acre.

Desde o período de pré-campanha, Marcus contou com o carinho e acolhida dos cruzeirenses. O candidato fez diversas caminhadas a pé nos bairros, onde conversava com a população para conhecer as necessidades dos moradores. Também realizou agendas na área rural e comunidades ribeirinhas.

Eleito por dois mandatos como prefeito de Rio Branco, o candidato pleiteia o cargo para governador com a experiência de quem trabalhou sério e tem disposição e propostas concretas para continuar impulsionando o crescimento do Acre e consolidando a boa mudança, tão deseja pela população.

“Sempre que venho a Cruzeiro do Sul, meu coração se enche de alegria. Muito obrigado por essa festa linda e pelo apoio. A nossa fé constrói a nossa vitória. Vamos juntos até domingo”, salientou Marcus, em meio aos aplausos dos moradores.

A festa ficou por conta da militância, que trilhou com alegria quilômetros de subidas e descidas ao lado daquelas que representam o futuro e o desenvolvimento para o Estado.

A agenda no Vale do Juruá se encerrou com um comício em Mâncio Lima, onde os majoritários da Frente Popular foram recebidos com carinho pela população que fez questão de declarar apoio aos candidatos.

Bandeiraço mostra força da candidatura de José Adriano

Centenas de apoiadores da candidatura de José Adriano a deputado federal estiveram reunidos, no fim da tarde desta quinta-feira, 4, para participarem de um grande bandeiraço que marcou o encerramento da campanha de rua do empresário que disputa vaga para representar o Acre no Congresso Nacional. O ato, marcado por muita animação e otimismo, foi realizado no Parque da Maternidade, em Rio Branco.

Durante o bandeiraço, José Adriano fez questão de externar sua gratidão a todos que acreditam no projeto que visa tornar o Acre um Estado mais produtivo. “Chego nesta reta final de campanha muito feliz e esperançoso, sobretudo pelas boas conversas que pude ter com nossos empreendedores, com os trabalhadores dos mais diversos segmentos e com toda a sociedade, que me receberam com um grande respeito e atenção”, frisou.

O empresário afirmou ainda que, embora não tenha tido à sua disposição uma estrutura de campanha grandiosa – a exemplo da grande maioria dos parlamentares com mandato e outros nomes conhecidos da política acreana – está otimista de que obterá êxito nas urnas neste domingo, 7 de outubro.

“Acredito na vitória por não se tratar de um projeto pessoal ou uma pretensão particular. Estamos levantando as bandeiras de todo o setor produtivo acreano. Nossas propostas irão resultar em mais oportunidades de negócios e captação de investimentos, geração de 20 mil novos postos de trabalho, capacitação de 100 mil pessoas, além do incentivo ao empreendedorismo. Todos que sonham com um Estado mais produtivo, precisam votar 1234 nas eleições deste domingo. Conto com o apoio de todos”, salientou o candidato.

Candidato de Bolsonaro lidera carreata em Plácido de Castro

O candidato a governador pelo PSL, Coronel Ulysses Araújo, liderou uma carreata Pró-Bolsonaro na quarta-feira, 03, em Plácido de Castro reunindo milhares de seguidores em um ato em defesa da mudança no Estado. Ele aproveitou para reafirmar que todos os municípios do interior terão escolas militares em tempo integral, valorizando a ordem, a disciplina e afastando os jovens da influência do crime organizado.

Para o candidato de Bolsonaro no Acre, a instituição dos colégios virá com a valorização e o respeito aos professores, além de buscar a melhoria do ensino.

“A educação é a chave para o futuro de nosso país, por isso precisamos investir pesado no ensino, oferecendo melhores oportunidades para toda a juventude, acabando de vez com a criminalidade, porque a educação oferece melhores oportunidades de emprego e renda”, afirmou.

Enquanto Coronel Ulysses visitava os municípios do interior, levando propostas, a esposa, Dayannna Menezes, visitou alguns bairros de Rio Branco e liderou um panfletaço, pedindo votos no terminal urbano e calçadão, no centro da cidade.

“Todos estamos unidos em busca da verdadeira renovação, não essa mentira divulgada pelos outros candidatos”, finalizou Coronel Ulysses.

Jorge Viana faz caminhada em Feijó e Tarauacá com lideranças

O senador Jorge Viana participou nesta terça-feira, 02, de duas agendas de campanha da Frente Popular: uma em Feijó e outra em Tarauacá. Nas ruas, Jorge Viana foi recebido pela população dos municípios e andou ao lado de lideranças da região, como o ex-prefeito Rodrigo Damasceno, que ajudou a coordenar a caminhada em Tarauacá.

“Foi uma linda caminhada em Tarauacá. Lá estivemos com o Rodrigo Damasceno, o Batista, vereadores, lideranças e candidatos da Frente Popular. Em Feijó fizemos um comício, junto com o Francimar, vereadores e lideranças da cidade. O nome do Marcus Alexandre está sendo bem recebido por todos e eu fiquei bastante confiante de que vamos ter uma grande votação nesses dois municípios, junto com o Ney Amorim e todos da Frente Popular”, declarou Viana.

Tarauacá e Feijó são o quarto e quinto maiores colégios eleitorais do Acre, respectivamente. Jorge Viana, que sempre teve expressivas votações nessas duas cidades acreanas, diz que a acredita na vitória da sua campanha para reeleição e que na região do Tarauacá-Envira a Frente Popular está unida. Recentemente, chegou a circular a notícia de que o ex-prefeito Rodrigo Damasceno estaria fora da campanha, mas nesta terça-feira ele esteve à frente na caminhada ao lado de Jorge Viana e outros candidatos.

“Fomos recebido com muito carinho pela população. Nessa reta final de campanha, é muito bom ser recebido com esse carinho nas ruas. O momento é de união e muito trabalho”, afirmou o senador.

Gladson e Rocha propõem combate ao desemprego fortalecendo a economia

“É preciso criarmos novas alternativas para combatermos o desemprego. Com planejamento e políticas públicas podemos avançar atraindo e criando novas indústrias para o Acre e, assim, geramos novos empregos”.

Essa é uma das propostas do candidato ao governo do estado, Gladson Cameli, para fomentar a criação de novos postos de trabalho em todo estado e ajudar milhares de pais de famílias no sustento do lar.

Para Gladson, o crescimento econômico do Acre passa pelo fortalecimento da agricultura e a criação de uma infraestrutura que permita ao produtor rural viver da atividade do setor primário.

“Eu e Rocha recebemos uma demanda em comum de vários acreanos que é a recuperação dos ramais dos municípios para que o produtor consiga escoar sua produção. Isso é importante para a economia local. Por isso precisamos apoiar o homem do campo, melhorando a infraestrutura e garantindo a compra dos produtos por um preço justo”, avaliou o candidato a governador.

Major Rocha destacou ainda a importância da obra da ponte sobre o Rio Madeira para a retomada do desenvolvimento do estado, cujo esforço para liberação de recursos para sua execução teve o senador Gladson Cameli como protagonista. Segundo ele, o transporte está entre os principais fatores que encarecem o valor dos produtos consumidos no estado.

“O custo desses produtos cairia consideravelmente a partir de uma alternativa terrestre que facilite a interligação do estado com outras regiões do país”, disse o candidato a vice-governador.

Gladson lembrou que, no próximo ano, com a entrega da obra, todos os produtos chegarão mais baratos à casa dos acreanos porque a logística ficará mais fácil.

“Além disso, atividades econômicas serão mais viáveis para o produtor. Isso quer dizer que com a construção da ponte haverá mais emprego e renda para o moradores de várias regiões do Acre”, reforçou o candidato da coligação Mudança e Competência.

Minoru Kinpara cumpre agenda nos bairros de Rio Branco

O candidato ao Senado (Rede), Minoru Kinpara, intensifica suas atividades nos bairros de Rio Branco. Na manhã de ontem, Kinpara visitou o bairro 6 de Agosto e conversou com moradores, vendedores e comerciantes. Hoje pela manhã, 2, o candidato ao Senado cumpre agenda no bairro Vitória.

A menos de uma semana das eleições, Minoru Kinpara busca reafirmar as propostas para a população, como a construção do Hospital Universitário, a implantação do Parque Tecnológico, o fortalecimento do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) e também os projetos para saúde, educação e segurança.

Na segurança, por exemplo, Kinpara quer garantir a capacitação continuada e a valorização dos profissionais da área, apoiar as ações de fortalecimento na fronteira; lutar para reduzir o déficit de pessoal e atuar para reestruturar e modernizar o sistema prisional brasileiro.

Minoru Kinpara ressalta que sua campanha é “franciscana”, “pé no chão” e ancorada nos três “S”: “saliva, suor e sapato”. “Tenho andado em todos os bairros de Rio Branco, nos ramais e no interior. Percebo que a população quer mudança. Eu acredito que posso ser a mudança de verdade. Por isso, com fé e com o apoio da população, no domingo alcançaremos a vitória”, destaca Minoru Kinpara.

Vanda Milani reafirma seu compromisso de trabalho

“A renovação política é a aposta segura num Acre melhor”. Com estas palavras, a candidata a deputada federal pelo Solidariedade, Vanda Milani, reafirmou seu compromisso de, na Câmara Federal, ser o instrumento de mudança que a população espera. ”Nossa luta será pelo desenvolvimento econômico com progresso social para o Acre”. Dra.Vanda disse que deseja, no Congresso Nacional, fazer sempre uma política de resultados, “defendendo os acreanos em suas reivindicações e anseios mais legítimos”.

A candidata enfatizou que, numa democracia, o voto é a arma do cidadão que acredita no novo, na alternância de seus representantes. “O povo quer mudar. E exige um Estado capaz de estimular o emprego/renda e pronto para garantir saúde, educação e segurança dignas”. Para Dra. Vanda, é preciso retomar a esperança, resgatar a fé na política e, sobretudo, fazer a escolha certa. “Por isto coloquei meu nome à disposição. A fim de dar continuidade, em Brasília, a mais de 40 anos de trabalho no Acre. No Congresso Nacional, quero dar vez e voz a todos os acreanos, sem distinção”.

Agradecimento

Dra. Vanda lembrou que em suas viagens pelo Estado, sentiu de perto as dificuldades que passa grande parte da população acreana. “Tudo isto só fez aumentar minha disposição de trabalhar pelo nosso Estado”. Vanda Milani agradeceu ainda a todos que receberam com confiança e carinho sua mensagem nesta campanha. “Acredito na capacidade de escolha de nossa gente. É tempo de voltar a sonhar com um Acre melhor para todas as nossas famílias. E as urnas são a chave desta transformação. É hora de mudança com segurança. Quero trabalhar para que o Acre volta a orgulhar os acreanos”, finalizou.

Gladson Cameli destaca importância de investimentos para mudanças positivas

“Investir em Educação faz toda a diferença”. A afirmação é do candidato ao governo do Acre pela coligação Mudança e Competência, Gladson Cameli, ao falar sobre a importância de se investir na área e os benefícios dessa ação para a sociedade.

Implantar quatro colégios militares no interior, dez escolas de tempo integral, modernizar a infraestrutura das escolas, fazer concurso público para efetivar professores, diminuir o abandono escolar, implantar o ensino médio profissionalizante em tempo integral, entre outras são propostas que constam no Plano de Governo do candidato, que prevê executá-las dentro do período de quatro anos.

Investimentos na educação também serão estratégicos para combater a criminalidade no estado, aponta o candidato a governador pela coligação Mudança e Competência. “As dificuldades de se manter os jovens longe da criminalidade quando não se têm políticas públicas efetivas são enormes. Mas, é possível dizer não à violência, é possível dizer não às drogas. É preciso dar apoio e motivação para os nossos jovens, incentivar a prática esportiva, o desenvolvimento cultural e, principalmente, investir na educação”, afirmou Gladson.

Assistência social, infraestrutura, inclusão social, bem como geração de emprego e renda também foram assuntos abordados na reunião. De acordo com o candidato a governador, a educação será novamente prioridade dentro da política de governo por ser a base de tudo.

“Precisamos garantir a alunos, professores e servidores um futuro certo e seguro. E a educação é a garantia de um futuro de progresso e peça importante no nosso projeto de retomada do desenvolvimento do nosso estado”, comentou Gladson.

O candidato a governador lembrou que, como parlamentar, sempre olhou com especial atenção para as demandas da área de Educação. Exemplo disso foi a emenda destinada para construção de uma unidade de ensino na zona rural do município de Brasileia.

“É preciso abrir uma janela de esperança e de oportunidades para o jovem. Isso é acreditar no futuro. Isso é lutar pelo Acre e trabalhar pelo melhor do nosso povo”, concluiu Gladson.

Marcus Alexandre, Jorge Viana e Ney levam multidão às ruas

A seis dias das eleições, Marcus Alexandre e seu vice Emylson Farias, Jorge Viana e Ney Amorim levaram milhares de pessoas às ruas de Brasileia, na noite desta segunda-feira, 1, numa festiva caminhada da Frente Popular do Acre (FPA).

Acompanhados da prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, da vice-governadora Nazareth Araújo, dos candidatos Leila Galvão, Daniel Zen, Rafael Almeida e Leo de Brito, os majoritários da chapa União e Inovação foram recebidos com carinho pela população do Alto Acre.

A caminhada selou o compromisso dos candidatos com o desenvolvimento do Acre. Brasileia que sofreu com o desgaste de uma gestão da oposição, reconhece a importância de eleger políticos compromissados com o povo.

A prefeita Fernanda Hassem fez questão salientar a relevância de um governo parceiro. “Quando nós assumimos a prefeitura, Brasileia estava destruída. Com trabalho duro temos conseguido melhorar a vida dos nossos moradores. E para continuar trabalhando pela nossa cidade eu quero contar com o Marcus Alexandre no governo do Acre, homem trabalhador que fez muito por Rio Branco e fará ainda mais pelo estado”, frisou.

Com vasta experiência na gestão pública, Marcus Alexandre se destaca na corrida eleitoral. Reeleito prefeito de Rio Branco, com votação expressiva no primeiro turno, o candidato assumiu compromisso de trabalhar por todo o estado.

“Nossa campanha segue numa crescente por todo Acre, com muita humildade, respeito e pé no chão. Os abraços das pessoas nas ruas são o reflexo de uma disputa vitoriosa. Vamos seguir levando a verdade para a população, defendendo sempre as nossas conquistas”, ressaltou Marcus, em meio aos gritos calorosos da multidão.

Neste ano, os eleitores vão ter a chance de dar dois votos ao Senado. Com uma chapa preparada, a Frente Popular defende o nome de Jorge Viana e Ney Amorim.

Eleito como o deputado estadual mais bem votado do Acre, no último pleito, Ney Amorim agradeceu o carinho da militância. “Eu sabia que o Marcus não estaria sozinho nesse desafio de ser governador, sabia que teria o povo ao lado dele. Quero ser senador para ajudá-lo a trabalhar pelo Acre”, destacou.

Reconhecido como um dos melhores parlamentares do Brasil, Jorge Viana, que agrega a experiência de prefeito, governador, concorre a reeleição para o Senado. “É uma alegria para mim estar nessa terra e saber que podemos contar com apoio das pessoas para eleger o Marcus governador, eu e o Ney para o Senado para juntos trabalhamos ainda mais pelo nosso amado Acre”.

A agenda no Alto Acre encerrou em Epitaciolândia com todos os candidatos da Frente Popular.

Coronel Ulysses critica a esquerda que ataca Bolsonaro

O candidato a governador pelo PSL, Coronel Ulysses Araújo, liderou diversas carreatas Pró-Bolsonaro pelo Estado, no final de semana, levando milhares de seguidores para as ruas, afirmando: “Ele Sim”. O objetivo foi unir os acreanos em torno da mudança esperada para o Brasil, além de rebater as acusações feitas pelos partidos de esquerda.

Para Coronel Ulysses, os “esquerdopatas” usam mentiras para atacar o candidato a presidência da República, Jair Bolsonaro.

“Os petralhas usam a mentira para colocar medo na população, mas eles são os únicos que possuem políticos investigados por corrupção, tendo até um ex-presidente preso em Curitiba”, afirmou.

Bolsonaro defende a castração química de estupradores, é contra homens que batem em mulher e nunca atacou os homossexuais, segundo Coronel Ulysses.

“Ele defende a vida, é contra o aborto, mas acredita que estuprador, agressores e bandidos devem ficar presos. Esses esquerdopatas querem apenas atacar a direita porque não possuem propostas, porque os seus candidatos ao governo e a presidência são incompetentes”, detalhou.

O candidato de Bolsonaro no Acre disse acreditar que o político que acata o “Mito” tem medo de ficar desempregado e não ter competência para trabalhar na iniciativa privada.

“Essas pessoas utilizam a covardia, atacando uma pessoa que estava internada, uma pessoa que sofreu um atentado. Eles atacam porque Bolsonaro acabará com as mordomias do poder”, finalizou.

Nas ruas, Jorge Viana pede mais trabalho e diálogo para tirar o Brasil da crise

A menos de uma semana da eleição, o senador Jorge Viana manteve sua campanha na rua, “olho no olho”, como ele gosta de dizer. Na manhã desta segunda-feira, 01, ele esteve em frente ao Terminal Urbano de Rio Branco conversando com pedestres e motoristas sobre sua trajetória política, sobre o atual momento político do país e defendendo mais trabalho e diálogo para vencer a crise que o país atravessa.

“Minha campanha foi na rua o tempo todo. É uma tradição que tenho mantido. Sigo na rua, conversando com as pessoas, falando da gravidade do momento e da dificuldade que o Brasil vive. Esse confronto que estamos vivendo, nesse ambiente de ódio e intolerância, não vai ajudar, pelo contrário: só vai agravar as coisas”, disse Viana, candidato à reeleição.

Eleito por oito anos consecutivos um dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), o senador Jorge Viana foi classificado pelo estudo como um parlamentar articulador. O Diap considera articulador o parlamentar “com excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso”.

Para Jorge Viana, é esse espírito de diálogo e de consenso que o país precisa para se reencontrar com a democracia. “Com minha experiência quero ajudar o Acre e o Brasil. O momento é muito grave. O brasileiro é alegre, generoso, acolhedor, mas estamos perdendo isso. Nas ruas, conversando com as pessoas, falamos sobre isso e fiz questão de fazer um alerta: a situação que já está difícil, pode se agravar se fizermos as escolhas erradas”.

Na apresentação de sua carta como candidato à reeleição, Jorge Viana faz questão de resgatar um pouco da sua trajetória política como prefeito de Rio Branco e governador do Acre por dois mandatos. Um trabalho que mudou a realidade do Acre.

“Não estou preocupado com quem vai ser eleito. Nesse ambiente de ódio, quem vai sofrer é o eleitor. É essa minha história de trabalho que ofereço aos eleitores. Estou na campanha porque quero ajudar o Acre e o Brasil”, declarou.

Em caminhada no São Francisco, Ney Amorim é recebido com festa

Uma lição de compromisso com o Acre. Assim, os moradores classificaram a caminhada para a vitória, neste domingo à tarde, organizada pelo Pastor Manuel Marcos, candidato a deputado federal, e pela deputada Doutora Juliana, candidata à reeleição para a Aleac, na Regional São Francisco, em Rio Branco.

Marcus Alexandre, candidato ao governo do estado pela Frente Popular, e o deputado Ney Amorim, candidato ao Senado da República, foram convidados a participar da grande festa.

Ao chegar, Ney Amorim e Marcus Alexandre foram recebidos com carinho, pela população, e pelos candidatos anfitriões. Ney agradeceu a atenção de todos e seguiu junto com Juliana, Manuel Marcos, Alexandre e as pessoas, pelas ruas da região.

Na segunda regional mais populosa de Rio Branco — a primeira é a Baixada —, os moradores seguem na preferência por Ney Amorim, segundo as últimas sondagens de campanha. Por isso, a reflexão que se faz é a de que, se na Baixada da Sobral, Ney Amorim deverá ser o campeão de votos, o mesmo deve acontecer no São Francisco, um dos maiores redutos eleitorais do candidato.

Para José Carlos da Silva, presidente da Associação de Moradores do Bairro Eldorado, o apoio da sua comunidade a Ney Amorim tem um significado especial.

“Ele nos representa, porque nasceu nos movimentos comunitários, aprendeu com o pai, o seu Josué, que a comunidade é importante e que precisa ser valorizada. E que agora deverá ter voz no Congresso Nacional”, pontuou.

Pensamento semelhante é compartilhado pela presidente da Associação dos Moradores do Oscar Passos, Adalnira Nogueira. “É nos bairros mais distantes que residem as pessoas que mais precisam do Poder Público. E o que o Ney já fez pelas famílias que precisam ser incluídas socialmente, o aprova a darmos um voto de confiança nele, para ir à Brasília e realmente nos representar”, afirmou Nogueira.

Perto das pessoas, Angelim aposta no diálogo com o eleitor

Andando de casa em casa, nas cidades, nos ramais, olhando nos olhos das pessoas, sempre com um abraço fraterno, por meio da conversa sincera e da escuta paciente. Esse tem sido o formato da campanha do deputado federal Raimundo Angelim (PT), candidato à reeleição.

“Na verdade, a minha rotina como deputado federal, tem sido assim desde o começo do mandato, em fevereiro de 2015. Estar perto das pessoas, escutá-las, e dessa escuta tirar diretrizes para o meu trabalho, aliás, sempre foi uma prática da minha vida pública, desde quando prefeito, através do PGP [Programa de Gestão Participativa]. A diferença é que agora intensifiquei minha agenda de visitas e de reuniões com as pessoas. Este é o tipo de campanha em que acredito.”, disse.

A campanha de Angelim tem se pautado na apresentação de propostas, respeito aos adversários e, principalmente, na conquista voto a voto através do diálogo, do contato direto.

Nesta reta final, por onde tem andado, Angelim conclama ao voto consciente. “Todos somos livres para expressarmos nossas preferências, especialmente nas urnas. É oportunidade ímpar para exercermos a cidadania e precisamos fazer isso de consciência tranquila e com as mãos limpas, respeitando a legislação.”, ressaltou.

Para Angelim o momento é de superar velhas práticas políticas que não fazem mais sentido em uma sociedade com o nível de informação da nossa. Uma destas práticas é o chamado “toma lá dá cá”, o uso do poder, seja ele econômico ou político, para constranger o eleitor na hora de escolher em quem votar. “Ninguém precisa sucumbir a chantagens ou pressões quaisquer, uma vez que sendo secreto, o voto é livre. É instrumento individual de livre expressão. Silenciosa e verdadeira, mas de um poder que transforma.”, destacou.

Por fim, ele reafirma seu compromisso com o Acre, com um mandato a serviço da ética, da democracia, justiça social e avalia como positiva a campanha, se mostrando otimista com o resultado das urnas no próximo domingo, dia 07. “Sou muito grato a cada pessoa pela acolhida. Crianças, jovens, senhores, senhoras. Recebi muito apoio e solidariedade por onde passei. Foi uma caminhada difícil. Mas estou confiante, porque não caminhei sozinho. Faltam poucos dias e sempre é bom renovar nossas forças e nossa fé de que haveremos de vencer os imensos desafios encontrados”, concluiu.

Caminhada no Esperança leva militância às ruas de Rio Branco em apoio a Marcus

Como de costume, Marcus Alexandre iniciou sua agenda de trabalho eleitoral cedo nesta sexta-feira, 29. Nas primeiras horas da manhã tomou café no Mercado da Estação, onde recebeu o carinho dos feirantes e comerciantes. Em seguida o candidato ao governo do Estado caminhou junto a uma animada militância pelas ruas do Esperança, em Rio Branco.

A alegria da comitiva tomou as ruas do bairro. Reconhecido pelo seu trabalho à frente da Prefeitura de Rio Branco, Marcus, ao lado de Jorge Viana, Raimundo Angelim e Leo de Brito, foi recebido por moradores e comerciantes locais que fizeram questão de manifestar seu apoio às candidaturas.

Em sua gestão, muito se investiu em infraestrutura no bairro, que teve todas as ruas pavimentadas por meio do Programa Ruas do Povo, foram construídas uma praça comunitária e uma quadra de esportes na Associação de Pais e Amigos dos Especiais (Apae), entre outros investimentos.

“Eu apoio Marcus Alexandre porque foi o prefeito que mais trabalhou pela nossa comunidade e que sempre recebeu as lideranças no seu gabinete, coisa que nenhum prefeito neste estado ou município havia feito. É um homem que acorda cedo e dorme tarde, trabalhador! E vai trabalhar por todo o Acre com certeza”, afirmou o presidente da Associação de Moradores do Esperança II, Arivaldo Mendes.

Há nove dias da consulta popular eleitoral, Marcus Alexandre, Jorge Viana, Ney Amorim e os demais candidatos da Frente Popular do Acre seguem promovendo uma campanha pautada no respeito, amor e compromisso com as pessoas.

“Agradeço a todos os amigos do Esperança que sempre estiveram junto conosco, dialogando e nos ajudando na gestão municipal. E foi por saber que podíamos contar com o apoio todos que encaramos o desafio de trabalhar pelo Acre. Falta apenas uma semana para a nossa vitória”, agradeceu Marcus.

Na noite desta sexta-feira, 29, Marcus Alexandre participa do segundo debate desta eleição, desta vez a sabatina será na TV Gazeta. Com proposta de gestão registradas em seu Plano de Governo União e Inovação, o candidato agrega em seu currículo a experiência dos seis anos à frente da Prefeitura de Rio Branco e o êxito das obras importantes que coordenou no estado, como a construção da BR-364.

Autofinanciamento garante a campanha de Ulysses

Faltando apenas nove dias para as eleições, o candidato a governador, Coronel Ulysses Araújo (PSL), vem participando várias carreatas Pró-Bolsonaro por todo o Estado com o objetivo de unir a população. O candidato continua fazendo visitas em comércios e se reunindo com lideranças comunitárias, participando de caminhadas e adesivaços.

“É dessa maneira que seguiremos até o final. Com uma campanha limpa, com humildade, com honestidade e amor no coração. Assim, Deus nos abençoará e nos colocará no 2° turno destas eleições”, afirmou o candidato, que vem sendo acompanhado pelo candidato a vice-governador, Réssini Jarude, o candidato ao Senado, Paulo Pedrazza, e os candidatos deputado (federal e estadual).

Para se manter na disputa ao governo, o candidato de Bolsonaro no Acre recorreu ao autofinanciamento, recebendo também doações de amigos e candidatos da própria coligação.

“Estamos buscando um exemplo de gestão dentro da própria campanha, realizando muito com pouco recurso, trabalhando apenas com pessoas que buscam a mudança, empenhadas em realizar a nova revolução acreana, uma campanha feita pelas pessoas que amam o Acre e querem que o Estado seja próspero”, afirmou Coronel Ulysses.

O candidato do “Mito” afirmou ser contra a utilização da verba pública disponibilizada para os partidos realizarem campanha, porque o dinheiro deveria ser utilizado como investimento em saúde, educação e segurança pública.

“Os outros partidos utilizam a verba pública para a campanha, para garantir uma campanha de gente rica, enquanto a população sofre com a falta dos serviços públicos. Isso não é justo com a população, por isso continuamos trabalhando com doações de voluntários para fazer o bem pelo nosso Estado”, finalizou.

Gladson destaca importância da igreja no processo de mudança por um Acre melhor

O candidato ao governo do Acre, Gladson Cameli, foi o convidado do Simpósio Fé e Política promovido pela Faculdade Diocesana São José (FADISI), nesta quarta-feira (26), com o intuito de contribuir para um maior conhecimento das propostas contidas no Plano de Governo da coligação Mudança e Competência.

Durante cerca de trinta minutos, Gladson explanou sobre gestão, infraestrutura, agronegócio, segurança, saúde e educação para, posteriormente, ser sabatinado com perguntas elaboradas pela coordenação do evento e de pessoas da plateia.

Questionado por um dos presentes sobre como será a relação entre igreja e estado, caso seja eleito, o candidato a governador respondeu que pretende trabalhar em parceria, por conta dos programas sociais exitosos já desenvolvidos pela instituição religiosa.

“Nossa relação será de total respeito com as igrejas. Destacamos aqui o papel fundamental exercido ao longo de muitos anos pelas instituições religiosas. Vamos trabalhar para reforçar e ampliar os programas executados pelas igrejas, principalmente, os que possam resgatar os nossos jovens das drogas. Para isso, vamos firmar convênios para atender o maior número de pessoas”, disse Gladson ao explicar uma de suas ações na área de assistência social.

Após o debate, o mediador do evento padre Jairo Coelho entregou uma carta de intenções para que Gladson assumisse compromissos como manter um diálogo permanente com as instituições da sociedade civil, facilitar a implementação conjunta de políticas públicas para a consolidação da democracia com justiça, fortalecer as parcerias com a iniciativa privada que complementem os serviços oferecidos pelo sistema único de saúde, participação popular no governo, entre outros.

“A política está a serviço da pessoa e deve respeitar as exigências morais favorecendo a dignidade. Aqui, temos a oportunidade de externarmos o que queremos para o Acre do amanhã”, disse padre Jair Coelho.

Marcus Alexandre recebe apoio e reconhecimento da população

Reconhecido por seu trabalho à frente da Prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre tem recebido o carinho e apoio dos acreanos por onde passa. Em suas caminhadas de campanha, o candidato tem conversado com as pessoas que saem às ruas para abraçá-lo em um gesto de confiança. Há poucos dias da eleição, a campanha da Frente Popular do Acre (FPA) segue numa crescente em todo o estado.

“É gratificante sair às ruas e receber o respeito e abraço das pessoas. Nossa campanha segue com muita humildade, força, pé no chão e respeito. As pessoas conhecem o nosso trabalho e sabem que disposição para fazer a boa política não nos falta”, destacou Marcus.

Com propostas consolidadas para governar o Acre, Marcus Alexandre tem participado de todas a entrevistas e debates políticos, pois compreende a importância de esclarecer dúvidas e assumir os compromissos com a sociedade. O candidato fez questão de registrar pessoalmente o seu Plano de Governo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), demonstrando respeito e seriedade com a gestão.

No documento, Marcus destaca as políticas públicas que pretende implementar nos eixos de desenvolvimento econômico e meio ambiente, segurança pública, governança e gestão, desenvolvimento social, direitos humanos e políticas afirmativas. Na área de produção, o candidato pretende reestruturar os órgãos de apoio ao setor rural por meio da unificação das secretarias da área na Secretaria de Estado de Produção e Abastecimento, entre outras iniciativas.

Já o eixo de desenvolvimento econômico define a execução de investimentos públicos e privados a partir da atualização do Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE), com foco no desenvolvimento local e regional, consolidação da região de intensa produção agropecuária e conservação das áreas protegidas.

Estimular o setor privado está entre as propostas do candidato, que almeja estabelecer, com protagonismo empresarial, a nova Política de Incentivo à Indústria, Comércio e Serviços, por meio da revisão e atualização da legislação (Copiai), transferência de domínio das áreas concedidas, consolidação das plantas e dos distritos industriais existentes, incentivo à formação de condomínios industriais e fortalecimento das cadeias produtivas prioritárias.

Na área da segurança pública, o Plano de Governo da FPA prevê a implantação do Comando Estadual de Operações de Fronteira, reforço do policiamento comunitário, cerco eletrônico e operacional em áreas comerciais e acessos em todas as cidades, entre outras iniciativas.

Disponível no site do TRE, o Plano de Governo União e Inovação agrega inúmeras outras propostas de governo nos ramos de educação, habitação, saúde, cultura, esporte, meio ambiente, infraestrutura e demais áreas estratégicas de gestão.

Engenheiro de formação, Marcus Alexandre já foi gestor de políticas públicas, coordenou o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (Deracre), período em que liderou as obras da BR-364, e foi prefeito de Rio Branco por seis anos. Qualificado e experiente, o candidato ao governo pela Frente Popular é o mais preparado para governar o Acre a partir de 2019.

Gladson, Rocha, Marcio e Petecão reforçam unidade na reta final das eleições no Acre

A coligação Mudança e Competência está unida e consolidada em torno dos nomes de Gladson Cameli, Major Rocha, Márcio Bittar e Sérgio Petecão, todos candidatos aos cargos majoritários nas eleições desse ano e anunciadores das mudanças que o estado precisa para oferecer desenvolvimento com geração de emprego e renda para as famílias acreanas.

Para celebrar mais uma vez essa união todos os candidatos proporcionais da coligação se reuniram para a Caminhada da Mudança, que aconteceu ontem (26) em Rio Branco, na Rua Cunha Matos, a partir da esquina da ponte Juscelino Kubitschek (Rua 1º de Maio) até a rotatória da Gameleira.

A caminhada percorreu as ruas Cunha Matos, Rua 1º de Maio, Rua 06 de Agosto, Marechal Deodoro, Avenida Brasil, Avenida Getúlio Vargas, finalizando na Rua Arlindo Porto Leal, em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Acre, onde aconteceu um ato público.

De acordo com o candidato ao governo, Gladson Cameli, o entendimento em torno da unidade dos candidatos majoritários é de que unindo as forças aumentam as condições de liderar a construção de um programa de restauração da democracia e da economia acreana.

“Nossas propostas têm sido bem recebidas em todos os lugares pelos quais temos passado, seja no interior ou em Rio Branco. Acreditamos que, se for a vontade de Deus e do povo, teremos a oportunidade de governar o estado e trazê-lo de volta ao rumo do desenvolvimento e do crescimento. Além de podermos contar com o suporte de Márcio Bittar e Sérgio Petecão em Brasília”, explicou Gladson Cameli.

De acordo com o candidato a vice-governador, Major Rocha, com a união das forças é possível vencer em qualquer cenário atualmente. Ele também destacou o empenho para que as candidaturas majoritárias possam obter êxito. “Gladson e eu temos chance de ganhar a eleição e estamos trabalhando para isso, assim como para o Senado. São duas vagas e vamos eleger nossos dois nomes: Márcio Bittar e Sérgio Petecão”, afirmou Major Rocha.

Em Rio Branco, Major Rocha recebe apoio dos moradores do bairro Tancredo Neves

Em continuidade a série de visitas pelos bairros de Rio Branco, o candidato a vice-governador do estado, Major Rocha, esteve caminhando pelas ruas de Alto Alegre e Jorge Lavocat, ambos na regional Tancredo Neves, nesta terça-feira (25). Ele se colocou à disposição dos moradores para, caso eleito junto com Gladson Cameli, ajudarem na realização de obras de infraestrutura urbana que incluem pavimentação de ruas e melhoria do sistema de abastecimento de água.

Major Rocha revelou aos populares que terminando a eleição, Gladson e ele darão continuidade aos últimos meses como parlamentares em Brasília.

“Terminando a eleição, a grande maioria dos políticos vai descansar. Gladson e eu, vamos trabalhar para preparar o orçamento do ano que vem com a destinação de recursos oriundos de emendas. Assim, vamos conseguir colocar recursos para obras de infraestrutura urbana e saneamento, por exemplo, e isso vai para melhorar a vida do povo”, destacou o candidato a vice-governador do Acre pela coligação Mudança e Competência.

Ao longo do percurso, Major Rocha também falou com os eleitores sobre geração de emprego e renda e das oportunidades econômicas que podem fazer do município um polo de serviços no estado.

“No nosso Plano de Governo constam ações que vão possibilitar a geração de emprego e renda, recuperação econômica, atração de empresas, bem como a instalação de agroindústrias e confiabilidade no fornecimento do serviço para a população local”, disse Major Rocha.

Conforme o candidato a vice-governador, o projeto de governo abrange todo o Acre com propostas rápidas e objetivas. Para o candidato a governador, é preciso dar condições a quem quer trabalhar. Segundo ele, o momento de apontar soluções e dar respostas aos anseios dos acreanos é agora.

“Melhorar a saúde pública e a educação no Acre, com mais escolas de tempo integral, e combater o crime organizado, devolvendo ao cidadão de bem, principalmente do interior, o direito de viver com tranquilidade. Sabemos que juntos somos mais fortes e precisamos dessa força para defender os interesses do povo”, reafirmou Major Rocha.

Durante as caminhadas, Major Rocha, acompanhado do candidato a Senador da República, Márcio Bittar (MDB), tem chamado a atenção dos populares para o momento decisivo que os acreanos estão vivendo.