Rio Branco atropela o Macapá-AP e avança

Com 263 pagantes (R$ 2.810) nas arquibancadas do estádio Arena da Floresta, o Rio Branco-AC passou fácil na tarde deste domingo pelo Macapá-AP por 4 a 1, pela sexta e última rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. Mateus Oliveira, Welton, duas vezes, e Joel marcaram os gols do campeão acreano, enquanto Ricardo descontou para o time amapaense.

Vaga garantida

Com o triunfo, o Rio Branco-AC chegou aos 11, um a menos que o líder Manaus-AM, assim ficando entre os 15 segundo melhores colocados. Já o Macapá ficou com seis pontos, na terceira posição do grupo, assim não seguindo mais na competição.

Próximos jogos

O Rio Branco retorna a campo no próximo domingo (3), no estádio Arena da Floresta, para encarar o Independente-AP, em jogo válido pela segunda fase da Série D. Uma semana depois, em Tucuruí, no interior do Pará, o Rio Branco voltou encarar o time paraense. Já o time Amapaense volta suas atenções para o segundo jogo das semifinais do Amapaense contra o Santos, próxima quinta-feira (31), às 18h (de Brasília), no estádio Zerão, na capital do Amapá.

matheus
O atacante Matheus Oliveira abriu o caminho da goleada estrelada sobre o Macapá-AP – Foto/Manoel Façanha

Jogo

Necessitando da vitória para carimbar vaga na segunda fase do torneio, o Rio Branco começou no ataque e ainda nos primeiros minutos abriu o placar. Matheus Nego fez ótima jogada pela direita chutou cruzado para o desvio de Matheus Oliveira para as redes do time amapaense, aos 11 minutos.

Com mais intensidade de jogo e diante do adversário que dava espaço, o Rio Branco ampliou o marcador aos 15 minutos. O volante Welton aproveitou sobra de bola na área do Macapá e chutou mascado para vencer o goleiro Deco. Alvirrubro.

Sem força para reagir o Macapá quase levou o terceiro gol aos 36, mas o goleiro Deco fez grande defesa em finalização do atacante Mateus Oliveira.

Na etapa complementar bastou o primeiro minuto de bola rolando para o Rio Branco chegar ao terceiro gol. Welton recebeu assistência do Rio Branco e chutou cruzado para marcar o terceiro gol estrelado.

Trocando passes com facilidade o Rio Branco chegou ao quarto gol numa bola parada. O volante Joel apareceu entre os zagueiros amapaenses e testou a redondinha para a rede aos 20 minutos.

Com quatro gols a zero no placar, o Rio Branco tratou de valorizar a posse de bola e ainda contou com a vantagem da expulsão do amapaense Laison.

O gol de honra dos visitantes foi marcado aos 40’. Ricardo aproveitou uma bola longa e, livrou-se do volante Joel e finalizou com violência, sem chances para o goleiro estreante Hugo.

Atlético Acreano vence e dorme na liderança

Galo vence o Belo paraibano e volta a liderar o Grupo 1 da Série C

Com um gol do atacante Eduardo, aos 44 minutos da etapa final, o Atlético Acreano venceu neste sábado (26) o Botafogo-PB por 1 a 0, em jogo disputado no estádio Florestão. O resultado colocou o time acreano na liderança do grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro 2018,

Com o triunfo na sétima rodada do torneio, o Atlético Acreano chegou aos 15 pontos e reassumiu a liderança do grupo A da Série C, mas o time celeste pode ser ultrapassado na tabela de pontos pelo Confiança-SE, que tem 13 e recebe nesse domingo o Santa Cruz-PE. Já o Botafogo-PB manteve a terceira posição com 10 pontos.

O Galo Carijó retorna a campo no próximo domingo (3) para encarar o Confiança-SE no estádio Batistão, em Aracaju. Já o Belo recebe um dia depois (04) o Globo-RN no estádio Amigão, em Campina Grande.

Jogo

Bem postando e não dando espaço para o Atlético Acreano, o Botafogo-PB fez um bom primeiro tempo e, aos 17, Dico entrou pela esquerda e fez a assistência para Mazinho que finalizou por cima do gol, assustando o goleiro celeste Ruan.

Com o time paraibano marcando bem na sua defesa e criando as melhores oportunidades de gols, o Atlético Acreano era um time confuso e com muitas dificuldades para furar o bloqueio do time visitante.

Merecidamente a melhor chance de gol foi a favor dos visitantes aos 35 minutos. Dico entra pelo lado direito e faz o cruzamento na cabeça de Nando. O grandalhão artilheiro do Belo ganhou no jogo aéreo e testou com perigo, com a bola tirando tinta do pé da trave esquerda do goleiro Ruan.

Com o setor de criação deixando a deseja contra o Belo, o técnico celeste Álvaro Miguéis resolveu trocar o meia Geovani pelo meia-atacante Tauã. O resultado foi um Galo Carijó mais atrevido e buscando o gol do Belo.

Galo reage e marca o gol

Na primeira grande chance, aos 5’, o atacante Rafael Barros quase mandou a bola para a rede, mas a bola passou perto do gol do goleiro Saulo. Aos 9’, Eduardo fez jogada pela direita e cruzou na para Neto, que dominou e finalizou forte, mas o goleiro Saulo espalmou.

O Belo sentiu a pressão do time acreano e passou a priorizar mais o jogo defensivo, mas, mesmo assim, quase levou o primeiro gol aos 26’, numa jogada envolvente do time acreano. Rafael Barros serviu Neto, que rolou para Tauã, este finalizando com perigo. No minuto seguinte, Januário cruzou na área e Rafael Barros tentou duas vezes, mas acabou finalizando para fora.

O gol do Galo estava maduro e, aos 44’, não teve jeito para o setor defensivo do Belo evitar. Tauã fez grande jogada individual e serviu o atacante Eduardo que bateu no alto e sem chances de defesa para o goleiro Saulo.

Nos acréscimos o Botafogo-PB tentou pressionar o Atlético na busca do empate, mas o time acreano segurou bem a pressão.

Galo e Belo brigam pela ponta da tabela

Atlético Acreano e Botafogo-PB medem forças neste sábado, às 17h, no Florestão

Atlético Acreano e Botafogo-PB fazem na tarde e noite deste sábado (26), às 17h, no estádio Florestão, um jogo pra lá de interessante pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O Galo Carijó é a grata sensação da competição e o Belo é avaliado como um dos postulantes a uma vaga no G-4. O vencedor do confronto assume a liderança do grupo 1 da competição.

Na manhã desta sexta-feira (25), o Galo Carijó trabalhou no campo do São Francisco. O atacante Eduardo Lopes, um dos artilheiros do time na temporada, não esconde que o jogo será difícil para o time celeste. O atacante explicou que o Galo terá que saber jogar para conquistar mais uma vitória e, assim, continuar lutando pelas primeiras posições do grupo. O jogador celeste aproveita ainda para conclamar as torcidas organizadas do clube a se fazer presente na partida deste sábado contra o Belo. “O nosso torcedor é o décimo segundo jogador e precisamos e muito da presença dele nas arquibancadas para incentivar nossa equipe”, convoca o atacante Eduardo.

Sem nenhum problema da ordem médica e disciplinar, o técnico celeste Álvaro Miguéis vai mandar a campo para encarar o Belo a seguinte equipe: Ruan, Matheus, Diego, João Marcus e Alfredo; Leandro, Kássio e Geovani; Eduardo, Neto e Rafael Barros.

Belo joga pela primeira vez no AC

Terceiro colocado na tabela de classificação, o Botafogo-PB fez um treinamento de reconhecimento de gramado do estádio Florestão, palco do confronto deste sábado contra o Galo Carijó, na manhã desta sexta-feira. O time paraibano jamais enfrentou um clube acreano e espera que o primeiro encontro não seja com gosto amargo.

Entre as apostas do Belo para o confronto aparece a figura do atacante Marcos Aurélio. O camisa 10 do time explica se a equipe paraibana mantiver o nível dos últimos jogos poderá surpreender e retornar com a liderança do grupo 1 para o nordeste brasileiro. O baixinho, que é o vice-artilheiro da equipe na temporada com 10 gols marcados, apesar do discurso de otimismo, não deixou de elogiar Atlético-AC.

Rio Branco terá estreia de goleiro em jogo decisivo em casa

O Rio Branco para o jogo decisivo deste domingo (27) contra o Macapá-AP, válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D terá a estreia do goleiro Hugo. O arqueiro foi contratado para substituir o goleiro Vanderlei, após o atleta sofrer uma fratura na fíbula da perna esquerda. Com a decisão, o goleiro Gabriel retornar a condição de reserva.

Na manhã deste sábado (26), no CT do José de Melo, o técnico Jader de Andrade faz os últimos ajustes na equipe do Rio Branco. O treinador durante a semana optou pelas entradas de Rocha na lateral esquerda no lugar de Adriano Chuva e Souza para o substitui Diego Dolem. A mudança diz respeito ao fato dos jogadores Adriano Chuva e Diego Dolem estarem suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Ingressos à venda

O confronto decisivo entre Rio Branco-AC e Macapá, válida pela última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D, terá mil ingressos à venda com preço promocional de R$ 10 até as 12h de domingo (27), dia do duelo. Os pontos de venda são as lojas dos supermercados Araújo (Isaura Parente, Aviário, Rua Rio de Janeiro e Tangará) e no CT José de Melo, na capital acreana.

Atlético faz últimos ajustes na manhã de hoje

Galo Carijó treina pela manhã desta sexta-feira no campo do São Francisco

O Atlético Acreano faz na manhã desta sexta-feira (25), no campo do São Francisco, os últimos ajustes antes de medir forças neste sábado, às 17h, no estádio Florestão, contra o Botafogo-PB. O duelo garante ao vencedor a liderança isolada do grupo A1 do Campeonato Brasileiro da Série C.

Na tarde de ontem (24), o técnico Álvaro Miguéis comandou mais um dia de trabalho intenso no estádio Florestão, local da partida. O comandante celeste priorizou um trabalho de finalização, seguido de uma movimentação tática e um trabalho em campo reduzido. Ruan, Matheus, Diego, João Marcus e Alfredo; Leandro Jucá, Kássio e Geovani; Neto, Eduardo e Rafael Barros formou o time principal.

Capitão pede apoio do torcedor

O capitão celeste Diego trata o confronto contra o Botafogo-PB com uma parada difícil, mas acredita que o apoio do torcedor seja mais uma arma para o time acreano continuar com 100% de aproveitamento dentro de casa. “Será um jogo duro. O adversário tem qualidades e precisamos está ligado para não sermos surpreendido dentro de casa”, comenta o capitão, conclamando a presença do torcedor celeste nas arquibancadas do estádio Florestão.

Gramado do Florestão preocupa treinador do Belo

Não será apenas o desgaste da longa viagem até a capital Rio Branco que preocupa o Leston Júnior, técnico do Botafogo-PB. O comandante do Belo deixou claro à imprensa paraibana que o gramado pesado do estádio Florestão é um adversário a mais para sua equipe neste duelo contra o Atlético Acreano, isso sem falar no conjunto do time celeste. “Os clubes que foram lá em Rio Branco-AC se queixaram do gramado pesado do estádio Florestão. E, como o elenco acreano está habituado, tende a levar vantagem. Eu espero muita dificuldade, não só por isso, mas também pela base que o Atlético mantém há um bom tempo”, explicou o treinador do Belo.

Galo Carijó busca manter 100% jogando em casa

Atlético ainda não sofreu gols dentro de casa na disputa da Série C

Continuar com 100% de aproveitamento em jogo dentro de casa é a meta do Atlético Acreano para o compromisso deste sábado, às 17h, no estádio Florestão, contra o Botafogo-PB. O duelo será válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C e o vencedor assume a liderança do grupo 1 da competição.

Com todo elenco a sua disposição, o técnico Álvaro Miguéis comandou mais um trabalho tático no gramado no estádio Arena da Floresta. O comandante celeste não acredita em jogo fácil e estuda as características do adversário para não ser surpreendido. A respeito da equipe que vai a campo neste sábado, ele deixou claro que será a mesmo que iniciou o jogo contra o Globo-RN: Ruan, Matheus, Diego, João Marcus e Alfredo; Leandro Jucá, Kássio e Geovani; Neto, Eduardo e Rafael Barros.

Vivendo bom momento na carreira, o atacante Neto Pessôa explica que o fato de dividir a artilharia da competição é fruto do trabalho diário, assim como do bom encaixe dado ao time pelo técnico Álvaro Miguéis. “Tenho trabalhado muito para conquistar o meu espaço no Galo Carijó e a artilharia e conseqüência de vários fatores positivos da nossa equipe nesta temporada”, disse o jogador.

Com cinco gols na disputa da Série C, o atacante deixa claro que o principal objetivo dele é o de ajudar o Galo Carijó na conquista do acesso, ficando a artilharia para o segundo plano. “O objetivo do nosso grupo é trabalhar para conseguir o nosso acesso e a briga pela artilharia é o sonho de qualquer atacante do torneio”, disse o artilheiro.

Nesta quinta-feira (24), a equipe celeste vai trabalhar no estádio Florestão. O técnico Álvaro Miguéis vai aproveitar a movimentação para fazer mais alguns ajustes antes de encarar o Botafogo-PB.

Atlético Acreano mira a liderança contra o Botafogo, da Paraíba

Um trabalho tático no campo Sesi marcou o início da preparação do Atlético Acreano para o jogo do próximo sábado (22), às 17h, no estádio Florestão, contra o Botafogo –PB. A partida é válida pela sétima rodada da fase classificatória do Campeonato Brasileiro da Série C e o vencedor assume a liderança do Grupo 1.

O técnico celeste Álvaro Miguéis voltou a reclamar dos gols desperdiçados pela sua equipe na disputa do Campeonato Brasileiro da Série C, assim como de um gol mal anulado, segundo ele, a favor do Galo pela arbitragem na partida contra o Globo-RN, a favor do Galo. O treinador terá para o compromisso contra o time paraibano todos os jogadores a disposição.

Outro jogo difícil

O atacante celeste Eduardo Lopes lamentou os erros cometidos na derrota para o Globo-RN, mas espera uma melhor sorte dele e dos demais companheiros no jogo do próximo sábado contra o Botafogo-PB. A respeito do adversário, o atacante celeste não esconde as boas qualidades e acredita em outro confronto difícil para o time celeste. “Esperamos um jogo difícil, pois os dois times lutam pela parte de cima da tabela”, declara o jogador.

Nesta quarta-feira (23), o time do Galo Carijó realiza um trabalho tático seguido de um coletivo no estádio Arena da Floresta.

Árbitro candango apita Galo x Xerife

O departamento de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira (22), a arbitragem do confronto entre Atlético-AC x Botafogo-PB, agendado para sábado (26), às 17h, no estádio Florestão. O trio será do Distrito Federal. Rafael Martins Diniz será o árbitro principal e terá como assistentes Daniel Henrique da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira, também do Distrito Federal. Fábio Santos de Santana, quarto árbitro, e Josemir Raulino de Amorim, analista de campo.

Rio Branco terá dois desfalques no domingo

O ponto conquistado no último final de semana contra o Baré, na cidade de Boa Vista-RR, e a vitória do Macapá-AP sobre o Manaus-AM por 2 a 1, forçou o Rio Branco a buscar a vitória no próximo domingo (27) contra o Macapá, quando da última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

O Estrelão chega a última rodada com oito pontos ganhos no grupo A1, um ponto a menos que o líder Manaus-AM e dois a mais que o Macapá. Um empate ainda poderá garantir o Estrelão na fase seguinte do torneio, mas o time acreano terá que torcer ainda por uma combinação de resultados.

Estrelão será ofensivo

O técnico estrelado Jader de Andrade para o confronto do domingo, às 16h, no estádio Florestão, perde duas peças importantes no esquema tático da equipe. O lateral esquerdo Adriano Chuva e o meia-atacante Diego Dolem estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O substituto de Adriano Chuva será Rocha, enquanto Souza e Elenilson brigam pela vaga de Diego Dolem.

Na tarde desta terça-feira (22), o técnico Jader de Andrade começou a esboçar o time para o jogo decisivo do próximo domingo (27). O treinador deixou claro que o Rio Branco terá uma postura bem ofensiva contra os amapaenses e pediu mais caprichoso nas jogadas de gols criadas.

Polifemo, o eleitor brasileiro(?). Do mythos ao logos, ou o herói que quer proteger demais e desprotege

Recebi no fim de semana alguns vídeos de matérias jornalísticas e manifestações “ameaçadoras” aos pré-candidatos que, expondo suas ideias e nomes pelas ruas e redes sociais, estariam fazendo campanha eleitoral antecipada. Podem acabar nem concorrendo, descumprem a lei, o Ministério Público já está atuando, diziam.

Reputo como imprescindível a atuação dos órgãos de controle na garantia da legitimidade e normalidade das eleições. Há quatro anos escrevi “As eleições e a semente da corrupção”, artigo publicado no AC24horas (link), e continuo basicamente pensando da mesma forma. Entretanto, preocupa-me que a ânsia em proteger, por vezes, acabe nos desprotegendo.

Aqueles vídeos me remeteram a duas ideias. A primeira, o quanto entendemos o eleitor como um inepto, um incapaz de resistir à astúcia dos candidatos. Lembrei-me do mito de Polifemo, o ciclope (sim, aqueles que só tem um olho no meio da testa) que é enganado por Odisseu dentro de sua própria caverna. Retornando para casa após sua grande vitória na guerra de Tróia, o herói de Homero faz um pit stop na ilha dos ciclopes. Odisseu e os seus companheiros entram em uma caverna procurando comida e bebidas, não sabendo que se tratava do local onde Polifemo dormia e guardava as suas ovelhas.

Comeram e beberam à vontade. Se fartaram. Polifemo, ao regressar do dia de trabalho, fecha a caverna com uma rocha enorme e quando percebe a presença dos invasores agarra dois homens e os devora. Odisseu, nosso grande herói, arranja um plano para todos escaparem. Oferece vinho a Polifemo, que ao perguntar quem lhe oferece aquela bebida excepcional, ouve de Odisseu astuta resposta: “foi Ninguém”.

Quando Polifemo adormece devido à bebida, Odisseu e seus homens afiam uma vara e a espetam no olho do cíclope, cegando-o. No dia seguinte, Polifemo abre a caverna para deixar sair as ovelhas, verificando com o tato se são realmente ovelhas ou os prisioneiros. Estes escondem-se, segurando-se por baixo das ovelhas, conseguindo escapar. Polifemo, ao perceber a fuga, grita aos seus companheiros ciclopes que “Ninguém o tinha cegado”. Por conta dessa sua inocência, é ignorado pelos demais e não consegue evitar a fuga do herói Odisseu.

Seríamos nós eleitores esse ser absolutamente ingênuo, esse coitado que não pode ser deixado às garras do (pré) candidato? Estaríamos nós, necessariamente, tateando no escuro, sem saber distinguir as ovelhas dos predadores? Será que nosso herói também não pode nos cegar? Proteção em excesso não desprotege?

A última indagação espelha a segunda reflexão que me ocorreu ao receber os vídeos. Refiro-me a minha preocupação com a paulatina restrição de nossas liberdades públicas em favor de um, nem sempre bem definido, “bem maior”. Este assunto é apresentado de forma instigante por Paul Craig e Lawrence Stratton no livro The Tyranny of Good Intentions: How Prosecutors and Law Enforcement Are Trampling the Constitution in the Name of Justice, que numa tradução grosseira seria algo como A Tirania das Boas Intenções: Como Promotores Públicos e as Forças da Lei pisoteiam a Constituição em nome da Justiça, livro ainda sem tradução para o português e que, diante do abismo ideológico que nos separa do liberalismo ali presente, provavelmente não será traduzido tão cedo.

O que importa dizer, em contraponto, é que a caracterização da propaganda eleitoral antecipada é matéria que passou por profundas alterações nos últimos anos. Esta contextualização histórica é importante para ressaltar que, a despeito do acentuado caráter intervencionista e restritivo que a legislação eleitoral vem experimentando nas suas sucessivas reformas, a redação atual do artigo 36-A tem se revelado como um porto seguro em relação à identificação de condutas que não se qualificam como propaganda eleitoral antecipada.

Anteriormente à mencionada inovação legislativa, o Tribunal Superior Eleitoral consolidara o entendimento de que a propaganda antecipada se revelaria quando, ainda que subliminarmente ou implicitamente, sem o pedido expresso de voto, se levasse ao conhecimento do público em geral as plataformas, propostas e intenções políticas, se fizesse menção a pré-candidatura, a eleições vindouras ou se veiculasse a ideia de que o beneficiário da propaganda seria a pessoa mais preparada para o exercício de determinado mandato eletivo.

Este cenário mudou completamente com o advento da Lei nº. 13.165/15, que ampliou sobremaneira as hipóteses de não configuração de propaganda antecipada. A regra de comando originária (não configura propaganda eleitoral antecipada) recebeu como complemento uma condicionante essencial: “desde que não envolvam pedido explícito de votos”. Na sequência, o próprio enunciado prescritivo já prevê dois elementos que estão excluídos do conceito de propaganda eleitoral antecipada: menção à pretensa candidatura e exaltação das qualidades pessoais dos pré-candidatos.

Percebe-se, assim, que a evolução legislativa caminhou na direção de restringir as hipóteses de configuração da propaganda eleitoral antecipada. O ordenamento jurídico pendeu por privilegiar mesmo a antecipação dos debates políticos. Não sem motivo, pois o exercício adequado do direito de sufrágio pressupõe que o eleitor receba o maior número de informações possíveis em relação aos atores do processo eleitoral.

Há de se destacar, ainda, que esse reconhecimento legislativo da legitimidade de manifestações dos pré-candidatos é decorrência do próprio princípio constitucional da liberdade de expressão e da liberdade de manifestação do pensamento. A exposição dos nomes e ideias dos pré-candidatos, a realização de encontros, reuniões, a discussão de políticas públicas, a divulgação de atos parlamentares e posicionamentos pessoais apenas concretizam o direito de participação do cidadão nos debates atinentes à formação da vontade política do Estado.


artigoEdson Rigaud Viana Neto. Advogado. Procurador do Município de Rio Branco. Sócio do Escritório Khalil e Rigaud Advogados Associados. Membro da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político. Especialista em Direito do Estado pela Universidade Federal da Bahia. Especialista em Direito Tributário e Processo Tributário pelo Juspodvim. Ex-Conselheiro Regional da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Acre. Ex-Conselheiro da Associação Nacional dos Procuradores Municipais. Contato: kradvogados.ac@gmail.com.

Galo Carijó perde no RN e cai para segundo

Atlético perde muitos gols e é derrotado em Ceará Mirim-RN pelo Globo

O Atlético Acreano desperdiçou neste final de semana boa chance de somar pontos na disputa do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. Na tarde deste domingo (20), no Estádio Barretão, na cidade de Ceará Mirim-RN, o Galo Carijó caiu para o Globo-RN por 2 a 1, em jogo válido pela sexta rodada da competição.

Com derrota para o time potiguar, o Galo Carijó caiu para a segunda posição do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. O Atlético Acreano soma 12 pontos, um ponto a menos que o líder Confiança-SE, que venceu fora de casa o Clube do Remo-PA por 3 a 0. Já o Globo-RN respirou um pouco mais aliviado e deixou a zona de rebaixamento para o Salgueiro. Com sete pontos, o time potiguar subiu para o oitavo lugar.

Próximos jogos

No próximo sábado (26), às 17h, o Atlético Acreano recebe o Botafogo-PB, no estádio Florestão. Já o Globo volta a campo um dia depois para encarar o Náutico, às 19h, na Arena de Pernambuco.

Jogo

A partida começou bem disputada, com o Globo um pouco melhor e apresentando mais posse de bola diante de um adversário que buscava encaixar o contra golpe. O primeiro lance de perigo foi do time celeste. Aos 22, Geovanni cobrou falta e a bola passou muito perto.

O Globo-RN respondeu somente aos 37 minutos. O artilheiro Max escorou de cabeça cruzamento dentro na grande área celeste e abriu o marcador. O Galo teve a chance do empate ainda nos minutos finais do primeiro tempo, mas Rafael Barros chegou atrasado para escorar cruzamento.

Bom começo

O Galo Carijó voltou bem melhor no segundo tempo e, aos três minutos, Geovanni invadiu a área e bateu firme, mas Diego salvou em cima da linha. O Globo respondeu num lance bem parecido. Jean Natal invadiu a área e concluiu, mas a zaga celeste salvou milagrosamente.

O empate celeste quase veio aos 23 minutos. O atacante Rafael Barros fez ótima finalização, mas a bola acabou explodindo no travessão do time potiguar. O Galo Carijó apertava e o empate veio dois minutos depois. O artilheiro Neto aproveitou cruzamento na grande área e testou para rede.

A virada celeste parecia questão de tempo, mas num vacilo do seu setor de defesa, aos 33 minutos, Victor Souza aproveitou o segundo rebote do goleiro Ruan para colocar novamente o Globo-RN na frente do placar.

Nos minutos finais o Galo Carijó foi para a pressão e quase empatou em duas oportunidades. Aos 41, Kássio soltou a bomba de fora da área e a bola explodiu no travessão. Na sequência, Neto chutou forte e Camilo apenas observou a bola passar raspando a trave.

Atlético Acreano defende liderança no RN

Líder do Campeonato Brasileiro da Série C, o Atlético Acreano encara na tarde deste domingo (20), no estádio Barretão, às 17h (de Brasília), o Globo-RN.

O Galo Carijó soma 12 pontos na competição e tem a melhor campanha de toda a Série C. O técnico Álvaro Miguéis não acredita em jogo fácil, principalmente pelo fato do adversário precisar do resultado para fugir da zona de degola.

A respeito à equipe que vai a campo para enfrentar o Globo-RN, o treinador celeste não pretende realizar nenhuma mudança em relação ao time que venceu a Juazeirense-BA, apesar de contar força máxima, assim com o time indo a campo com a seguinte formação: Ruan; Matheus, Diego, João Marcus e Léo;

Leandro, Kássio e Geovani; Eduardo, Rafael Barros e Neto.

O atacante Neto Pessôa, artilheiro do Campeonato Brasileiro da Série C, com quatro gols, explica que o bom momento é fruto do trabalho em equipe e o fato de ter chegado à artilharia da competição é algo muito positivo na carreira, mas difícil será mantê-la durante o transcorrer do torneio.

Globo-RN mira vitória

O Globo-RN chega à sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C diante do Galo Carijó precisando somar pontos para não figurar na zona de degola. Com quatro pontos ganhos na tabela de classificação, o técnico Fernando Tonet ainda tem algumas dúvidas para escalar o Globo-RN para o confronto contra Atlético-AC. No entanto, a equipe deverá entrar em campo com a seguinte formação: Camilo (Wellington);

Geovane, Victor Souza, Jamerson e Diego;

Ray (Cosme), Reinaldo, Negueba, Jean Natal e Romarinho;

Max.

Rio Branco busca somar pontos em RR

Estrelão entra em campo embalado pela boa vitória contra o Manaus

O Rio Branco pode na tarde deste sábado, às 15h, no estádio Ribeirão, na cidade de Boa Vista, carimbar seu passaporte a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. O campeão acreano para avançar no torneio precisa superar o Baré-RR.

Com sete pontos ganhos, o Rio Branco entra em campo embalado pela boa vitória, fora de casa, contra o Manaus-AM. O técnico Jader de Andrade para a partida terá dois desfalques. O meia Giovani, expulso no confronto contra o Manaus, e Elenílson, que segundo o treinador, foi colocado na súmula como expulso, também na partida contra o Manaus-AM, não participam do duelo.

Regularizado no Boletim Interno Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o goleiro Hugo, recém chegado por empréstimo do Paraná Clube, embarcou com a delegação alvirrubra para Manaus-AM. No entanto, o goleiro Gabriel Eremith deve seguir entre os titulares, mas a escalação do alvirrubro será divulgada momentos antes da partida. O provável time estrelado para o jogo deste sábado contra o Baré-RR será: Gabriel Eremith; Igor, Rodolfo, Patrick e Adriano Chuva; Joel, Matheus Pereira, Welton e Evair; Diogo Dolem e Mateus Oliveira.

Baré-RR

Com quatro pontos ganhos e ainda com chances de classificação à próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série C, o Baré-RR encara o compromisso deste sábado contra o Rio Branco como um jogo de vida ou morte, onde somente a vitória interessa ao time roraimense.

O comandante do Baré, o técnico Edson Neguinho mostra conhecimento do adversário e declarou que a postura da sua equipe e o apoio do torcedor local pode fazer a diferença a favor do Baré neste jogo decisivo contra o Rio Branco.

Álvaro Miguéis não deve mudar o Atlético-AC

Líder do grupo 1 do Campeonato Brasileiro da Série C, somando dez pontos ganhos após a disputa da quinta rodada, o Galo Carijó voltou a trabalhar na tarde desta terça-feira (15), no campo do Sesi. O técnico celeste Álvaro Miguéis realizou um treino tático, seguido de um trabalho com bola em campo reduzido.

Com a programação definida para o jogo do próximo domingo (15) contra o Globo-RN, na cidade de Ceará Mirim, no interior do Rio Grande do Norte, o time celeste volta se movimentar na tarde desta quarta-feira (16). O trabalho será realizado no campo do São Francisco e o técnico Álvaro Miguéis vai aproveitar a movimentação para começar a definir os titulares para o jogo no nordeste brasileiro. O lateral esquerdo Alfredo participou normalmente da movimentação ocorrida na tarde desta terça-feira, após deixar o gramado no intervalo de jogo diante da Juazeirense-BA. O técnico celeste conta ainda com outros dois jogadores para o setor esquerdo: Jeferson e Léo Morais.

Com dois gols na competição, o atacante Eduardo explica que o Atlético Acreano diante da Juazeirense-BA fez uma partida eficiente, conseguindo finalizar com eficiência mais de 70% das situações de gols criadas. “Fizemos uma grande partida, onde conseguimos impor nosso jogo diante de um adversário de muita qualidade”, analisa o atacante.

Galo emplaca dois na seleção da rodada

Fechado a quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, o Futebol Interior contou com o auxílio da imprensa de todo o Brasil para escalar a Seleção da Rodada.

Nesta edição, o destaque ficar por conta do trio de ataque. Luan e Ortigoza marcaram duas vezes cada e Neto fez um hat-trick. Vale destacar também o técnico interino Dudu Capixaba, que encerrou o jejum do Náutico.

Veja a seleção

  • Diogo Silva (Luverdense);
  • Matheus (Atlético-AC)
  • Mimica (Remo), Sandoval (Santa Cruz) Esquerdinha (Remo)
  • Marino (Cuiabá), Danilo Bueno (Bragantino) Robinho (Náutico) Luan (ABC), Ortigoza (Náutico) Neto (Atlético-AC)
  • Técnico: Dudu Capixaba (Náutico)

Jogando no Florestão, Galo Carijó canta alto e atropela o Cancão de fogo: 5 a 0

Com um futebol veloz e bastante eficiente o Atlético Acreano continua surpreendendo na disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. Na tarde e noite deste domingo, nas dependências do estádio Florestão, o Galo Carijó atropelou a Juazeirense-BA por 5 a 0. O resultado colocou o time celeste na liderança isolado do grupo 1 do Campeonato Brasileiro da Série C. Os gols do triunfo celeste foram marcado por Neto (três vezes), Kássio e Rafael.

Classificação

Com a quarta vitória na competição, o Galo Carijó chegou aos 12 pontos, dois a mais que o vice-líder Confiança, que empatou no sábado com o ABC por 2 a 2. Já a Juazeirense-BA continua com seis pontos, caindo para a sexta posição na tabela de classificação, mas perderá uma posição na segunda-feira, pois Santa Cruz e Globo se enfrentam e, qualquer que for o resultado, algum deles ultrapassará o Confiança.

Próximos jogos

No próximo domingo (20), às 17h de Brasília, na cidade de Ceará Mirim-RN, o Atlético encara o Globo-RN. Já o Juazeirense-BA retorna a campo diante do Náutico, em casa, no sábado, às 16 horas.

Jogo

O Atlético começou a partida de forma avassaladora e ainda no primeiro minuto de partida abriu o placar numa sobra de bola aproveitada pelo volante Kássio. Bem postando em campo e pressionando a saída de bola do time baiano, o Galo Carijó ampliou aos oito minutos. Neto entrou pelo lado direito, fintou o goleiro Tigre e mandou para a rede.

Com a vantagem de dois gols, a equipe celeste tirou o pé e o time baiano equilibrou as ações, mas não tinha poder de fogo de diminuiu a vantagem do time acreano.

Na etapa complementar, a Juazeirense voltou mais agressiva e criava as melhores oportunidades de gols nos pés dos jogadores Victor Sapo e Enercino. Os dois atletas entraram durante o intervalo e deram uma nova dinâmica no ataque do Cancão de ferro e não diminuiu a vantagem graças ao pé salvador do lateral direito Januário. No entanto, aos 20 minutos, o atacante Rafael Barros entrou pela direita, fintou o zagueiro e acertou um belo chute para marcar o terceiro gol celeste, aos 19 minutos.

O terceiro gol celeste foi um banho de água fria na reação do time baiano, apesar de Ernerstino acertar o travessão de Ruan, aos 21 minutos, mas a reação do Cancão de fogo ficou por aí.

Nos minutos finais, o Galo Carijó aproveitou o cansaço do adversário e matou o jogo com dois gols do atacante Neto, mas antes, o meia celeste Marquinhos já havia carimbado o travessão do time baiano.

Rio Branco venceu o Manaus nos acréscimos

Fora de casa o Rio Branco conquistou importante vitória neste domingo (13) pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. Na Arena da Amazônia o campeão acreano derrotou o líder Manaus-AM pelo placar de 1 a 0, gol do volante Joel, aos 47 minutos da etapa complementar.

Com a vitória, o Rio Branco chegou aos sete pontos ganhos e assume isoladamente a vice-liderança do grupo A1. Mesmo com o revés o Manaus segue líder do grupo, com dois pontos a mais que o Rio Branco. O terceiro colocado é o Baré-RR e o quarto é o Macapá-AP, com quatro e três pontos, respectivamente.

Próximos jogos

O Rio Branco retorna a campo no próximo sábado (19) quando encara em Boa Vista-RR a equipe do Baré-RR. Já o Manaus FC volta a campo no dia 21 contra o Macapá, no estádio Zerão.

Fala, Dolem

O meia-atacante Diego Dolem explicou que a vitória significou uma sensação de objetivo cumprido, pois a equipe sabia que tinha condições de vencer fora, mas era necessário colocar em prática a qualidade e o sistema tático trabalhando durante o transcorrer da semana.

Jogo

Mesmo jogando fora de casa o Rio Branco começou a partida pressionando o adversário e criando inúmeras oportunidades de gols diante de um Manaus desorganizado taticamente. O time acreano quase abriu o marcado em finalizações dos jogadores Adriano Chuva, Patrick e Mateus Silva, mas o goleiro Jonathan fez ótimas defesas.

Na etapa complementar, o Manaus melhorou na partida e equilibrou o jogo, assim com a partida ficando bem disputada no meio campo. Quando parecia que o jogo terminaria empatado, o volante alvirrubro Joel acertou um belo chute de fora da área e marcou um golaço, aos 47 minutos de jogo.

A ordem no Galo é frear a empolgação

Frear a empolgação da vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série C (grupo A1) e focar as atenções para o adversário do próximo domingo (13) é o discurso predominante no Galo Carijó. O técnico celeste Álvaro Miguéis não relaxa um minuto durante os treinos diários no clube. O profissional cobra cada detalhe e não perdoa os erros, mas isso tudo em prol de uma equipe celeste eficiente e capaz de superar as dificuldades para chegar aos seus objetivos. “Não podemos nos empolgar pelos bons resultados neste início de Série C. O torneio é longo e precisa foco diário no trabalho”, justifica o técnico Álvaro Miguéis.

O atacante Rafael Barros não discorda do comandante e mantém o foco no trabalho diário. “Não ganhamos nada e precisamos continuar trabalhando focado na busca de conquistarmos bons resultados”. A respeito do próximo adversário, a equipe da Juazeirense-BA, Rafael Barros explica que quase não conhece as característica do time baiano, apenas que é uma equipe rápida e com característica parecidas com as do clube celeste. “Ouvi falar que é um time rápido e com uma proposta de jogo parecida com a nossa”.

Escalação

Um trabalho tático seguido de um coletivo marcou a quinta-feira (10) do Galo Carijó. A atividade ocorreu no campo B da Federação de Futebol do Acre (FFAC). Com o lateral esquerdo Alfredo novamente escalado entre os titulares, o provável time celeste para o jogo de domingo (10) será: Ruan, Matheus, Diego, João Marcus e Alfredo; Leandro Jucá, Kássio e Geovani; Eduardo, Neto e Rafael Barros.

Ingressos promocionais à venda

Na busca de contar com a força do seu torcedor nas arquibancadas do estádio Florestão, a diretoria do Atlético Acreano disponibilizou 3.500 ingressos promocionais para a partida deste domingo (13) contra a Juazeirense-BA, às 17h, válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O torcedor que comprar a seu bilhete antecipado até o meio dia do domingo (12) nas lojas dos Supermercados Araújo, Clínica CER e Lojas Sportiva, terá um desconto de 50% no valor do ingresso. Cada entrada inteira custa R$ 40.

O Atlético-AC é o vice-líder na classificação do grupo A com três pontos. A Juazeirense-BA é a quinta colocada.