Mergulhadores buscam banhista atropelado por Jet Ski durante o Festival do Açaí

O pedreiro Jadson Tadeu desapareceu nas águas do rio Envira, no último domingo (12), em Feijó

Uma equipe do Corpo de Bombeiros faz buscas a procura do pedreiro Jadson Tadeu, 40 anos, que desapareceu nas águas do rio Envira, na tarde do último domingo (12), em Feijó. Segundo a família, Tadeu foi atropelado por um Jet Ski quando tentava atravessar o rio.

Segundo militares do Corpo de Bombeiros que faziam o monitoramento dos banhistas, o pedreiro ultrapassou a área delimitada para o banho e entrou no espaço reservado para embarcações. Havia uma corda esticada dentro do rio delimitando até onde os banhistas podiam avançar dentro do manancial.

Na tarde do domingo os mergulhadores fizeram algumas buscas e retomaram os serviços na manhã desta segunda-feira (13). A polícia identificou o condutor do Jet Ski que prestou depoimento e foi liberado.

Ainda segundo a família da vítima, o condutor em alta velocidade atropelou o pedreiro no momento em que ele tentava atravessar o rio para tirar uma foto em uma placa do Festival do Açaí. Jadson Tadeu é morador de Rio Branco e estava em Feijó se divertindo no evento.

mergulhadores