Justiça do Trabalho comemora 45 anos de criação no Acre

O tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 14° região realizou na manhã de quinta-feira, 14, no fórum trabalhista de Rio Branco a solenidade alusiva aos 45 anos da Justiça do Trabalho no Acre. O evento contou ainda com abertura da exposição sobre as quatro década de criação da regional nos estados do Acre e Rondônia que ficará exposta até 30 de junho.

O Juiz do trabalho Vicente Rego explicou como se davam os processos antes de existir a regional Acre e Rondônia.

“Há 45 anos, o Tribunal Regional da 14ª Região ainda não existia, era vinculado ao TRT de Manaus. O tribunal do Amazonas emitia juízes do trabalho para atuar aqui durante uma semana ou um mês, depois retornavam com a sentença pra publicar e mandava depois para dá conhecimento para as partes, isso demorava e dificultava o acesso a justiça”, explica.

Em média quatro mil pessoas buscam os serviços da justiça do trabalho todo mês e aproximadamente 400 novas ações são ajuizadas.

“Vendo esse grande número de ações a justiça do trabalho se deu conta que a melhor forma de resolução dos conflitos é através da conciliação, e criou o Cejus que é um Centro especializado visando conciliar o processo e resolver não só a lide jurídica como outras que estão na relação de emprego”, destaca.

Segundo o juiz embora o momento seja de comemoração ainda é preciso avanços. “Nós temos muito o que comemorar mais também há muito o que se buscar, buscar cidadania e acesso a justiça é sempre um embate muito grande com outros interesses. Temos que comemorar essa resiliência do estado de praticar justiça itinerante e buscar cada vez mais levar essa justiça a população”, finalizou.

​​TRT da 14ª Região abre exposição em comemoração aos 45 anos

Nesta sexta-feira (1/6) foi realizada em Porto Velho (RO), abertura da exposição alusiva a comemoração dos 45 anos de atuação da Justiça do Trabalho nos estados de Rondônia e Acre, que teve inicio com as instalações das primeiras Juntas de Conciliação e Julgamento (JCJ) em Porto Velho (RO) e  Rio Branco (AC) nos dias 12 e 14 de junho de 1973, respectivamente, pela Lei n. 5.644 de 10 de dezembro de 1970.

Organizada pelo  Núcleo de Gestão Documental  e Arquivo/Setor de Memória Institucional do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região RO/AC (TRT14), a “Exposição Justiça do Trabalho: 45 anos de Trabalho, Justiça e Cidadania”, registra os principais fatos que marcaram a Justiça do Trabalho desde 1970 até os dias atuais, através de uma linha do tempo, documentos e equipamentos que marcaram época ao longo desses anos.

A abertura foi feita pelo presidente do TRT14, desembargador Shikou Sadahiro, e está aberta ao público no espaço Memorial 14, andar térreo, do edifício-sede do Tribunal em Porto Velho, no horário das 8h às 14h30 até o dia 30 de junho.

Sadahiro falou que é um momento para reflexão, e que a evolução nesses 45 anos nos mostra que é possível melhorar cada vez mais. “É muito importante que todos tenham essa exposição como um momento de reflexão sobre a instituição, sobre o desempenho da Justiça do Trabalho para que possamos continuar, olhar para o frente e verificar que é possível manter a qualidade e servir bem a população”.

“Essa evolução da gente ter saído de uma máquina de datilografar manual para um Processo Judicial Eletrônico (PJe),  ou seja uma virtualização do processo é uma evolução que demonstra compromisso da Justiça do Trabalho com o acesso à justiça. Quando você fala em novas tecnologias, a  exemplo no PJe, você está falando que o acesso à Justiça vai ser melhor, que a tramitação vai ser melhor, que os atos vão ser transparentes, que todos vão ter uma celeridade de maior solução dos conflitos, então é muito importante enfatizar que todo esse trabalho.