Só Boca do Acre, Manaus, Guajará e Apuí deram maioria de votos para Bolsonaro no Amazonas

O presidente Bolsonaro, que não conseguiu a reeleição, sendo derrota por Luiz Inácio Lula da Silva, também teve a minoria dos votos no estado do Amazonas.

No entanto, dos 62 municípios do estado, apenas quatro, entre eles Boca do Acre, deram a maioria dos votos para o “Mito”.

Para quem acreditava que no segundo turno Lula iria dar a volta por cima em terras bocacrenses, viu a diferença de apenas 406 votos no primeiro turno, subir exponencialmente para 1.449 votos.

Em Boca do Acre, Bolsonaro teve 8.499 votos, enquanto o presidente eleito, Lula, teve 7.050 votos.

Mesmo com a grande diferença, os apoiadores do novo presidente do Brasil saíram às ruas em comemoração.

Além de Boca do Acre, a capital Manaus, Guajará e Apuí deram a maioria dos votos para Bolsonaro.