Sindicato convoca professores para greve geral dia 28 de abril

O Sindicato dos Professores da Rede Pública de Ensino do Estado do Acre (SinproAcre) convoca os professores para uma greve geral no dia 28 de abril. O manifesto é para protestar contra as reformas da previdência, trabalhista e contra a lei da terceirização. A concentração acontece em frente ao Palácio Rio Branco, no Centro a partir das 8h.

Combinadas, a reforma da Previdência (PEC 287/2016), a reforma trabalhista (Projeto de Lei 6.787/2016) que tramita no Congresso Nacional e a terceirização irrestrita, recém-sancionada por Michel Temer, ameaçam seriamente os direitos já conquistados dos professores.

De acordo com a presidente do SinproAcre, Alcilene Gurgel, a mobilização visa demonstrar o descontentamento de todas as categorias, incluindo a dos professores que até o final das votações continuam ameaçados pela retirada de direitos.

“Não vamos admitir a retirada de direitos, por isso nosso sindicato está acompanhando o caso e alerta os professores para debaterem o tema na sala de aula para que os jovens e os pais deles possam fazer uma grande adesão”, afirmou a sindicalista.

O vice-presidente do sindicato, Edileudo Rocha, ressalta que a greve é uma tentativa de sensibilizar os deputados e senadores acreanos que irão votar as propostas.