Secretário tranquiliza população sobre ataques criminosos

O secretário de Segurança Pública do Acre, coronel da reserva da Polícia Militar Paulo Cézar Rocha dos Santos, garantiu que não serão tomadas qualquer atitude ou medida que possa colocar em risco a população do Estado.

A decisão, segundo o gestor, é para evitar situações como a que ocorre hoje no Ceará, quando as facções têm cometido diversos atos crimes que atingem instituições, patrimônio público e a população, numa onda de violência nunca antes registrada naquele Estado.

As facções agem contra a tentativa do governo cearense de transferir os chefes dessas organizações criminosas para presídios federais.

Paulo Cézar explica que objetivo principal da nova cúpula da segurança pública é evitar que voltem a ocorrer no Acre, cenas de violência como as registradas em 2017 e 2018, quando as facções criminosas praticaram dezenas de crimes de homicídio, entre outros, numa afronta direta ao estado democrático de direito.

“Nós estamos monitorando as atividades dessas organizações criminosas através dos nossos serviços de inteligência. Existem medidas que já estão sendo adotadas e que estão surtindo efeito. Todas elas estão alinhavadas em uma rotina regular e serão adotadas caso necessário”, explicou Paulo Cézar.

Situação no Ceará

Policiais prenderam na manhã deste sábado, 12, três suspeitos de arremessar artefatos explosivos e danificar vários veículos em uma concessionária em Fortaleza. O ataque ocorreu em meio à onda de violência que dura onze dias no Ceará, com mais de 190 ações criminosas coordenadas por chefes de facções. Com a prisão dos três suspeitos, chegou a 330 o número de detidos por envolvimento na sequência de ataques.

O Anel Rodoviário de Fortaleza permanece interditado por causa da queda de uma torre de transmissão de energia após ataque criminoso que explodiu uma bomba na base de apoio da estrutura, informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O trecho interditado, onde a fiação de alta tensão caiu sobre a pista, fica no quilômetro 423 da BR-020, perto da Cerbras, no município de Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza.