Secretário de Saúde de Boca do Acre e assessor políticos conversam com autoridades acreanas falam sobre pactuação com autoridades acreanas

Em um almoço na cidade de Rio Branco, nesta sexta-feira (14), o Deputado Estadual reeleito, Luís Tchê (PDT), o secretário de Saúde de Boca do Acre, Manuel Barbosa, o Assessor Político, Francisco Camurça, e o Assessor Parlamentar, Ewerton Maia, discutiram sobre a pactuação da saúde entre os estados do Amazonas e do Acre, tendo em vista a necessidade da prestação de serviços nessa área ofertada por parte dos acreanos ao município do sul do Amazonas.

Entenda

O município de Boca do Acre dista da Capital Manaus, 1.026 km em linha reta, o que dificulta muitas das vezes atendimentos de saúde de grande complexidade. Desta forma, o fato de Rio Branco ficar apenas a 220 km de distância, facilita a rapidez do acompanhamento de um problema de saúde.

Acontece que esses procedimentos de certo modo são uma cortesia por parte do Acre, tendo em vista as questões de jurisdição.

O Assessor Político e representante do gabinete do Deputado Estadual, Adjuto Afonso (União Brasil), Francisco Camurça, trabalha para que a situação seja juridicamente efetivada.

“A minha vontade e labuta é de construir uma parceria para que nós nos tornemos mais próximos do Acre, já que existe essa distância em virtude de questões jurídicas”, explica.

Camurça agradece a disponibilidade do parlamentar acreano, a quem chama de parceiro.

O deputado Tchê é um sujeito muito simples, uma pessoa amiga e companheira, somente posso agradecer tudo que ele tem realizado para ajudar nesses atendimentos, tendo em vista a sua grande representatividade e força política dentro do estado”, acrescenta.

Para o secretário de Saúde de Boca do Acre, Manuel Barbosa, o encontro é a renovação do pacto que para ele já existe.

“Aproveitei a oportunidade para parabenizar o deputado Tchê pela reeleição, e firmar novamente este compromisso, que soma muito na política de promoção de saúde pública do município de Boca do Acre. Ainda estarei conversando com o deputado federal eleito, Eduardo Velloso (União Brasil) e com a Secretária de Saúde do Estado do Acre, Paula Mariano, para acrescentar mais força nesse projeto”, disse.