Rios Acre e Purus apresentam sinal de vazante de 1cm

Na manhã desta terça-feira (12), os rios Acre e Purus deram um tímido sinal de alívio ao apresentarem uma vazante de apenas 1 centímetro após alcançarem a cota máxima de 20,20 metros no município de Boca do Acre. Apesar do aparente alívio, a situação ainda é crítica e afeta mais de 16 mil pessoas nas áreas urbana e rural.

O aumento do nível dos rios nos últimos dias levou à evacuação de diversas famílias e causou inundações em várias regiões. O desastre natural trouxe consigo uma série de desafios para a população local, com o transbordamento afetando não apenas residências, mas também infraestruturas essenciais, como escolas, postos de saúde e comércios.

Autoridades locais têm trabalhado para prestar assistência às famílias afetadas e garantir a segurança da população. A defesa civil está coordenando esforços para distribuir alimentos, água potável e abrigos temporários às pessoas deslocadas.

O sinal de vazante, embora positivo, não significa o fim imediato dos problemas. Os danos causados pelas inundações persistem, deixando muitas famílias desabrigadas e causando prejuízos materiais significativos.

O prefeito de Boca do Acre, Zeca Cruz, decretou Estado de Emergência.