Recursos de Juruna serão julgado pelo TJ do Acre hoje

O recurso de embargos de declaração do vereador Juruna (PSL) será julgado pelo Tribunal de Justiça na quinta-feira (16). O Ministério Público se manifestou pela condenação do parlamentar pelos crimes de corrupção e tráfico de influência.

Em manifestação no dia 17 de fevereiro, o procurador de Justiça, Sammy Barbosa, ratificou integralmente a sentença, destacando que “toda prova acostada aos autos, fora redigida de forma clara e objetiva, devendo ser rejeitados os embargos”.

O procurador destaca ainda “a ausência de qualquer obscuridade e omissão a ser sanada”. José Carlos Silva, o Juruna é acusado, entre outras coisas, de receber propina para ajudar em vendas ilegais de lotes do complexo de camelos da Capital.

A decisão do Tribunal de Justiça pode interferir diretamente na continuidade do mandato do vereador, que poderá ser afastado do cargo na Câmara de Vereadores de Rio Branco, abrindo espaço para seu suplente Afonso Fernandes.