Reajuste na OAB do Acre é o 6º maior do País, revela estudo

A Ordem dos Advogados do Brasil no Acre reajustou em 22% o valor da anuidade. Outras cinco seccionais aumentaram em mais de 20% a taxa anual cobradas dos advogados: Ceará, que majorou em 33%, Rio Grande do Norte, aumento de 29%, Alagoas (25%), Rio Grande do Sul (25%) e Bahia (23%). Com isso, um advogado acreano paga anualmente R$876,00 para manter-se com a carteira profissional ativada. São mais de 4 mil advogados inscritos na Ordem acreana.

Praticamente todas as seccionais da OAB oferecem descontos gradativos aos advogados que antecipam o pagamento das anuidades. Os abatimentos vão de 30%, para pagamentos até este mês, a 5% (para quitações feitas em março). Não é o caso do Acre, cujo desconto de 15% só valeu para quem pagou a anuidade até o dia 5 de janeiro. Quem pagar até 5 de fevereiro ganha apenas 10% de desconto.

As boas surpresas de 2017 vieram para os advogados do Rio de Janeiro — cuja anuidade diminuiu 11% — e de Minas Gerais, Sergipe e Goiás — que não tiveram reajuste. Além disso, sete seccionais tiveram aumento abaixo do índice de inflação — segundo o IBGE, nos 12 meses (até novembro), o IPCA variou 6,99%. São elas: Roraima (6,67%), Paraíba (6,1%), São Paulo (4%) e Paraná (0,63%).