Projeto Recomeçar é lançado pelo prefeito Tião Bocalom

O prefeito Tião Bocalom (PP) anunciou o Projeto Recomeçar na manhã desta segunda-feira, 27, após as enchentes e enxurradas intensas que atingiram a capital Rio Branco na última semana. O projeto deverá entregar móveis e bens materiais para as vítimas que perderam tudo na tragédia.

O prefeito afirmou que o projeto irá suprir outras necessidades das vítimas, além dos R$ 5 milhões já disponíveis para ajuda humanitária imediata para compras de cestas básicas, material de limpeza e colchões. “Nós reunimos a nossa equipe da Prefeitura, a Câmara Municipal e tomamos essa decisão de criar um projeto de apoio a essas pessoas que perderam tudo”, explicou o prefeito, destacando que há famílias que estavam se recuperando da última cheia do Rio Acre e que perderam móveis e eletrodomésticos que estavam pagando em prestações.

Com relação aos microempreendedores, que perderam sua única fonte de renda, o prefeito afirmou que, em parceria com a Acisa, será possível doar material para retomada dos empreendimentos e auxiliá-los nesse processo.

O projeto será encaminhado para votação na Câmara Municipal de Rio Branco e deverá durar entre 30 a 45 dias para ser finalizado. Bocalom ressaltou que, por ser um projeto que prevê a compra de bens, não acontecerá imediatamente e que é preciso preparar uma lei, mandar para a Câmara e licitar para comprar os produtos.

“A Prefeitura fará a compra, realizará um termo de cessão para as vítimas e após dois anos, poderá ser efetivamente doado à população”, afirmou o prefeito, destacando que o material não será doado de imediato às vítimas.