Programa Rota da Qualidade realiza fiscalização voltada para o Dia das Mães

Com a segunda data comemorativa mais movimentada do ano se aproximando, o Dia das Mães, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AC), em parceria com o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), por meio do Programa Rota da Qualidade, realizou nesta quinta-feira, 11, uma ação fiscalizadora em lojas da capital acreana.

A ação visa analisar as ofertas de produtos e os descontos oferecidos à população para evitar prejuízos aos consumidores. O Programa Rota da Qualidade é um programa criado pelo governo do Estado, com ênfase de levar a fiscalização e a transparência das relações de consumo para todos os municípios do estado. A diretora Administrativa e Financeira do Procon/AC, Camila Lima, destaca que nas datas em que existe aumento na comercialização, as ações do instituto são fortalecidas, por meio do programa, em parceria com o Ipem.

“Desde o começo do ano o Procon está fazendo uma ação educativa, divulgando como prevenir golpes e fraudes, que nesses momentos de grande comercialização também são intensificados. Trabalhamos desde a parte orientativa, até a fiscalização, que é intensificada agora, pertinho da data, junto com o Ipem e o Programa Rota da Qualidade”, salienta a diretora.

A presidente do Ipem, Iuçara Souza, ressalta que o trabalho realizado pelo órgão, em parceria com o Procon, é um programa governamental que tem a preocupação de oferecer para os consumidores e empresários a eficiência nos seus serviços.

“Estamos na ação do Dia das Mães, orientando ao consumidor que ele, ao comprar o seu produto, verifique as suas etiquetas, o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Essa fiscalização de hoje é muito importante para que a gente gere a credibilidade econômica, financeira dentro do estado do Acre”, afirma Iuçara.

A gerente da loja Gazin, Vanusa Albuquerque, visitada pelos fiscais, destacou que é necessário que os clientes conheçam que a empresa trabalha dentro das normas e procedimentos.

“Se faz muito necessário que o nosso cliente entenda que todas as empresas precisam ser transparentes quanto ao parcelamento, quanto aos benefícios de cada produto, enfim, saber que não está levando gato por lebre”, afirmou.

O vigilante Josiley Alves falou sobre a importância das fiscalizações enquanto consumidor. “Dá uma tranquilidade porque conseguimos vê-los fazendo o seu trabalho com transparência. Conseguimos ter confiança no produto que estamos comprando. Isso é excelente”, destacou.