Connect with us

Meio ambiente

Prefeitura idealiza plano de contingência para seca no Rio Acre

Published

on


A cada ano, o Rio Acre enfrenta uma iminente ameaça de seca, devido a fatores climáticos como a escassez de chuvas. Em 2024, essa preocupação é ainda mais urgente, com o rio alcançando níveis preocupantemente baixos, atualmente medindo 1,78 metros, próximo à histórica marca dos últimos 52 anos, quando em 2 de outubro de 2022, marcou 1,25 metros.

Diante dessa situação crítica, a prefeitura tem mobilizado esforços para minimizar os impactos na população. Na última quinta-feira (4) de julho, uma reunião foi realizada envolvendo diversas entidades, incluindo a Defesa Civil Estadual, Defesa Civil Municipal (Comdec), Instituto de Mudanças Climáticas (IMC), Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Acre (Ageac), e o Ministério Público do Acre (MP-AC).

O diretor-presidente do Saerb, Enoque Pereira, destacou a necessidade de um plano de contingência robusto para enfrentar a seca, enfatizando a possibilidade de intervenção no Rio Acre, com criação de barragem, canalização e aprofundamento no ponto do flutuante, para que a captação de 1.600 litros por segundo seja possível.

A prefeitura destaca a importância de medidas cuidadosas, reforçando a necessidade de um esforço conjunto e coordenado para enfrentar os desafios impostos pela seca no Rio Acre.

Na oportunidade, foram convidados outros órgãos que fazem parte do plano, mas que não compareceram.

Advertisement