Para combater Chikungunya, Dengue e Zika, PMRB cria Sala de Situação

Com as forte chuvas que vêm se abatendo sobre a capital acreana, a Prefeitura de Rio Branco (PMRB) resolveu fazer frente ao crescimento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika e, para isso, criou a Sala de Situação de Controle e Combate. O grupo vai Planejar a execução das ações de mobilização e de combate ao vetor das três doenças, o mosquito “Aedes aegypti”.

A portaria Nº 148/2018, do secretário municipal de Saúde de Rio Branco, revela que a Sala de Situação Municipal de Controle vai atuar de forma integrada nas esferas municipal, estadual e federal na gestão do combate à proliferação do mosquito transmissor das doenças. Para isso, vai também atuar na mobilização da sociedade e participação da população.

O mosquito Aedes Aegypti é também vetor transmissor da doenças febre amarela e 90% dos criadouros do mosquito estão localizados nas residências, tornando imprescindível a mobilização social e a participação da sociedade no controle das doenças, os principais agravos a saúde pública.

As ações da comissão serão: planejar a execução das ações de mobilização e de combate ao mosquito; avaliar resultados apresentados no Boletim Epidemiológico Semanal; envolver instituições de ensino nas atividades de conscientização e orientação; incentivar a participação da sociedade civil no combate ao vetor.

A Sala de Situação de Controle e Combate funcionará, nas dependências da Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS), à Avenida Ceará n°3.188, Bairro Abraão Alab, das 07h00 às 14h00, telefone 3227-3165, e–mail: [email protected], com reuniões semanais todas as quartas-feiras e das 14h às 17h00.