Connect with us

Cotidiano

Lentidão do Sindcol na Oca revolta usuários do sistema

Como diz um velho ditado popular, “tempo é dinheiro”. Parece que este adágio não reza na cartilha do Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos do Acre (Sindcol), na praça rosa da Central de Atendimento ao Cidadão, OCA, em Rio Branco.

Published

on

Como diz um velho ditado popular, “tempo é dinheiro”. Parece que este adágio não reza na cartilha do Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos do Acre (Sindcol), na praça rosa da Central de Atendimento ao Cidadão, OCA, em Rio Branco.

Uma multidão lotava as cadeiras do saguão na tarde de ontem (4), na espera por um atendimento que parecia não chegar nunca. Populares chegaram a passar mais de 5 horas esperando pela vez de resolver o seu problema.

Renan Ferreira atribuiu tudo ao setor administrativo da repartição. “Muita demora no atendimento, cheguei aqui às 9 horas da manhã e já são 14:30 e nada. Vim apenas fazer o desbloqueio do meu cartão de estudante. O atendimento era para ser melhor e mais rápido”, disse.

Nossa reportagem tentou contato com a diretoria do Sindcol, mas não obtivemos respostas. Fomos informados que o supervisor Sergio Pessoa havia saído.

No Brasil, a demora por atendimento é algo preocupante. Para o professor e escritor Gilberto Sarfati, especialista em política externa corporativa, “ainda somos um dos países mais burocráticos do mundo”, ressalta.

Advertisement
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *