Irreconhecível em campo, Galo perde invencibilidade no Florestão

Série C: derrota em casa pela 17ª rodada foi para o Confiança-SE do Grupo A

Com um futebol irreconhecível o Atlético Acreano perdeu neste domingo (5) sua invencibilidade dentro de casa na disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. O sortudo foi o time do Confiança-SE, equipe que não vencia há dez jogos na competição, mas voltando a encontrar o caminho da vitória dentro do estádio Florestão por 3 a 0.

Com a derrota, o Galo Carijó, que havia perdido a condição de líder da chave no sábado após vitória do Náutico-PE sobre o ABC-RN, manteve a segunda posição na tabela de classificação, com 27 pontos ganhos. O Confiança, por sua vez, é o quinto colocado com 22 pontos e com chances remotas de classificação.

Próximos jogos

Os dois times retornam a campo no próximo no sábado, às 19h30 de Brasília, para a disputa da 18ª e última rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. O Galo vai até o Rio Grande do Norte para enfrentar o ABC, no Estádio Frasqueirão. Já o Confiança recebe o Globo, no Estádio Batistão, em Aracaju.

Jogo

O Galo começou a partida pressionando o gol do Confiança, mas o adversário, além de bem postado com duas linhas atrás da bola, era perigoso com a bola nos pés.

A primeira oportunidade de gol foi do time visitante, aos 4 minutos, após um cruzamento para a testada de Leo e a boa defesa do goleiro Ruan.

Com a partida truncada, as duas equipes tinham dificuldades para criarem oportunidades de gols.

No descuido da defesa celeste, aos 37 minutos, Diego derrubou Lucas na área e o árbitro não vacilou e marcou pênalti. Léo Ceará foi para a cobrança e não desperdiçou, colocando o Confiança na frente do placar.

Mais gols

Na volta do intervalo, o Atlético voltou um pouco melhor, mas ainda encontrava muitas dificuldades para trocar passe nas proximidades do gol do Confiança. No entanto, aos cinco minutos, Everton teve a chance de fazer o segundo gol do Confiança, mas de peixinho mandou a bola para fora.

Refeito do susto, o Galo Carijó teve a oportunidade do empate aos 11, quando de uma cobrança de escanteio. O atacante Neto ganhou no jogo aéreo e testou com firmeza, mas a bola explodiu no travessão do Dragão.

Numa saída de bola erra do lateral esquerdo Jeferson, aos 22 minutos, Léo Ceará avançou e chutou cruzado para marcar um bonito gol a favor dos visitantes.

Numa tarde e noite para ser esquecida pelo torcedor celeste, o time do Galo ainda tentou descontar a vantagem da equipe do proletário, mas não teve sucesso e ainda acabou levando o terceiro gol num contra-ataque. Frontini aproveitou uma falha da defesa celeste para fechar o placar em 3 a 0.