Grupo é preso pela Polícia Militar com três metralhadoras e fuzil

O crime no Acre está cada vez mais organizado se levado em consideração as ações criminosas que ocorrem diariamente em todo o Estado. Nos últimos dias foram registrados pelo menos três grandes apreensões de drogas, já na tarde desta quarta-feira, 22, policiais militares prenderam quatro pessoas e apreenderam armas de grosso calibre.

De acordo com policiais militares que participaram da ação, uma denuncia anônima informava que em uma residência localizada na rua Dom Pedro II, no bairro Bosque havia uma movimentação estranha e a suspeita de que o local estava sendo usado para o planejamento de crimes.

De posse das informações, os militares identificaram o local da denuncia e realizaram o cerco. Ao perceber a presença da polícia os suspeitos reagiram e houve troca de tiros. No local foram presos quatro homens e apreendido um fuzil, três metralhadoras e duas pistolas, além de grande quantidade de munição e uma quantidade de cocaína.

Durante a ação policial foram presos: Tiago Melo Mendonça, 21, Ivan Maia de Paula, 19, Gildo Soares de Azevedo, 21, e José Emerson da Silva Feitosa, 20. Eles foram encaminhados à delegacia.

Segundo informação de policiais, mas ainda não confirmada oficialmente, o grupo planejava para os próximos dias novas execuções, além de roubos e outros tipos de crime. A suspeita é de que outras armas já haviam sido distribuídas a outros membros da quadrilha.