Governo entrega mais de R$ 2 milhões para produção rural

Atendendo sete comunidades rurais e uma aldeia indígena da região do Juruá, o governador Tião Viana entregou nesta sexta-feira, 24, em Mâncio Lima, mais de dois milhões de reais em fomento à produção agroflorestal.

Resultado do diálogo do governo com as comunidades, os beneficiários estão levando equipamentos para roçado sustentável, transporte da produção, casa de farinha, beneficiamento de grãos e cana-de-açúcar pelos Planos de Desenvolvimento Comunitário (PDC), provenientes do Programa de Inclusão Social e Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado do Acre (Proacre). Os municípios contemplados são Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Cruzeiro do Sul.

Além desses insumos, as comunidades da Nova Cintra – a Coopercintra, e da Aldeia Puyawanawa – participam do programa de desenvolvimento da cadeia da fruticultura.

Esse investimento é parte do Plano Desenvolvimento Sustentável do Estado do Acre (PDSA).

Ambos os programas são desenvolvidos pela Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) em parceria com outros departamentos do Estado. “Esse trabalho é para o fortalecimento das cadeias produtivas e para o reconhecimento do esforço que o produtor rural faz para alimentar as cidades e suas famílias”, afirmou o titular da Seaprof, João Thaumaturgo Neto.

Com um projeto de desenvolvimento e organização de cadeias produtivas como a farinha, fruticultura, de hortaliças e dos óleos florestais, o governo do Estado entrega benefícios ao produtor rural. “Nós apoiamos uma gente que no passado foi esquecida. E fazemos esse esforço porque acreditamos no desenvolvimento da economia por meio da agricultura familiar”, afirmou Tião Viana. “Vocês são as pessoas que não perdem a esperança no Acre”, finalizou.