Festival Matias de Teatro de Rua lança quinta edição com grupos teatrais de todas as regiões do país

Ao todo, 12 grupos teatrais vão se apresentar com espetáculos que vão de palhaçaria ao teatro com bonecos.

Com 23 apresentações teatrais gratuitas durante cinco dias, o V Festival Matias de Teatro de Rua será realizado de 12 a 16 de outubro em vários pontos de Rio Branco, além de Bujari e Senador Guiomard. O evento, produzido e idealizado pela Cia. Visse e Versa, conta com a participação tanto de grupos acreanos, quanto de grupos de todas as regiões do Brasil. As apresentações seguirão as medidas de segurança por conta da pandemia do Covid-19.

Ao todo, 12 grupos teatrais vão se apresentar com espetáculos que vão de palhaçaria ao teatro com bonecos. Em Rio Branco, a programação será no Parque Chico Mendes, Horto Florestal e na Assoc. dos Moradores do Esperança. No Bujari, as apresentações serão na Escola Municipal Edmundo Pinto, e no município do Quinari, os grupos se apresentam na Escola Cívico Militar. Com esta edição, o Acre recebe artistas do Amazonas, Distrito Federal, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo, além de três grupos acreanos.

A programação concentra os espetáculos no período da tarde e noite, a partir das 15h, e para participar basta comparecer ao local com alguns minutos de antecedência. A abertura será na terça-feira, 12, feriado do Dia das Crianças e conta com um cortejo a partir das 15h, no Horto Florestal.  

Após dois anos sem poder realizar o Festival, A Cia Visse e Versa comemora a volta das apresentações e tomou todas as medidas necessárias para realizar o evento com segurança. Uma delas é que todos os atores participantes estão imunizados com as duas doses da vacina contra a Covid-19. E mesmo tratando-se de ambientes abertos, a companhia fará o controle para manter o distanciamento social, além da verificação de temperatura, uso de álcool em gel e máscara.

“Para esse festival, em relação aos demais, a expectativa é muito maior e não é só da nossa parte, porque os grupos que estão vindo, estão com a mesma sensação que a gente, de retorno a rua, o que eles, em suas cidades, ainda não conseguiram fazer com facilidade. Tem gente que está sem apresentar desde 2019, e vai voltar a colocar o espetáculo na rua aqui no Acre, para nós isso é gratificante”, declara Lenine Alencar, um dos produtores do evento e integrante da Cia Visse e Versa.

A seleção dos espetáculos contou com o apoio da Rede Brasileira de Teatro de Rua, da qual o grupo faz parte, que facilita ainda mais o diálogo entre os grupos de todo o país. Por isso, o evento conta ainda com a realização de um Encontro Nacional de Teatro de Rua, que será realizado na sexta-feira, 15, no Hotel Triângulo.

 “O Festival tomou uma dimensão que, através da RBTR, ele possui hoje uma visibilidade a nível nacional. Realizar o festival é maravilhoso, porque a gente se diverte interagindo com os grupos, trocando afeto, estamos precisando disso, não só a gente como o público também. O teatro de rua tem essa característica especial de unir as pessoas”, comenta a presidente da Cia. Visse e Versa, Claudia Toledo.

Apesar dos desafios de voltar a ocupar os espaços públicos e manter a segurança de todos, Lenine avalia este como um momento propício para as apresentações ao ar livre. “O teatro de rua vem a calhar por ser apresentado em um espaço livre, aberto. Acho que vem num momento muito bom, um momento de reabertura, em que a gente pode ir lentamente fazendo as coisas, e é o que vamos fazer nesse festival”.

O V Festival Matias de Teatro de Rua é realizado com financiamento da Lei Aldir Blanc, pela Fundação Elias Mansour (FEM) e do Fundo Municipal de Cultura, da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), apoio das Prefeituras do Bujari e Senador Guiomard, e parcerias da FETAC e da RBTR.  

Acompanhe tudo o que vai rolar no V Festival Matias de Teatro de Rua por meio das nossas redes sociais: Instagram| cia.visseversa e Facebook| Cia Visse & Versa

Festival Matias de Teatro de Rua

A primeira edição do Festival Matias de Teatro de Rua foi realizada em 2015 e teve mais três edições nos anos seguintes (2016, 2017 e 2018). Hoje, em sua quinta edição, o Festival já é considerado um dos mais importantes do cenário nacional, realizando integração entre vários grupos e trazendo experiências e vivências artísticas tanto para o público acreano quanto para os artistas envolvidos. 

O Festival Matias de Teatro de Rua é uma idealização e produção da Cia. Visse e Versa que atua no estado desde 2008, apresentando trabalhos com estética para palco e rua. 

Confira abaixo a programação completa do festival por cidade:

  • RIO BRANCO

Dia 12/09 – Terça-feira – HORTO FLORESTAL

15- Cortejo de abertura

16h- Circo Trupiada /Trupe Circuluz (PE) 

17h- Palhaços de Circo / Palhaço Microbinho e sua Trupe (AC)

19h – Vikings e o Reino Saqueado /Cia. Os Palhaços de Rua (PR)

Dia 13/09 – Quarta-Feira – 

16h – Nussoken – A Terra sem Males/ Troupe Espantalho (PE) – HORTO FLORESTAL

16h- Palhaços de Circo / Palhaço Microbinho e sua Trupe (AC) – Assoc. dos Moradores do Esperança 

17h – Mamulengando/ Mamulengo Fuzuê (DF) – Assoc. dos Moradores do Esperança 

17h- (I)Mundo de Sofia/ Ana Oliveira (AM) – HORTO FLORESTAL

18h- Amazoniar / Grupo Contanima (AC) – HORTO FLORESTAL

19h- O Conto que eu vim Contar / In Bust Teatro com Bonecos (PA) – HORTO FLORESTAL

Dias 14/09 – Quinta-feira

16h- A Muy Lamentável e Cruel História de Píramo e Tisbe (RO) – Assoc. dos Moradores do Esperança

17h(I)Mundo de Sofia/ Ana Oliveira (AM) – Assoc. dos Moradores do Esperança

17h- A Peleja de Severo para Enganar a Morte/ Trupe Espantalho (PE) – HORTO FLORESTAL

19h- Faixa de Graça / Grupo Ritornelo de Teatro (RS) – HORTO FLORESTAL

Dia 15/09 – Sexta-feira

9h/12h- Encontro Nacional de Teatro de Rua “O Retorno do Teatro de Rua em tempo de Pandemia e a Arte Pública na Amazônia diante do negacionismo do Estado” – HOTEL TRIÂNGULO

15h- Faixa de Graça/ Grupo Ritornelo de Teatro (RS) – PARQUE CHICO MENDES

16h – Um canto para Carolina/ Cia dos Inventivos (SP) – PARQUE CHICO MENDES

17h- As Aventuras do Pequeno CO2/ Tropa Mamulungu (AC) –HORTO FLORESTAL

19h- A Muy Lamentável e Cruel História de Píramo e Tisbe (RO) – HORTO FLORESTAL

Dia 16/09 – Sábado

17h – Mamulengando / Mamulengo Fuzuê (DF) – PRAÇA DA REVOLUÇÃO

19h- Um canto para Carolina/ Cia dos Inventivos (SP) – PRAÇA DA REVOLUÇÃO

21h – Encerramento – USINA DE ARTE JOÃO DONATO

  • BUJARI

Dia 13/09 – Quarta-feira

17h – Vikings e o Reino Saqueado/ Cia. Os Palhaços de Rua (RS) – E.M. EDMUNDO PINTO

19h- As aventuras do Pequeno CO2/ Tropa Mamulungu (AC) – E.M. EDMUNDO PINTO

Dia 15/09- Sexta-feira

17h- A Peleja de Severo para Enganar a Morte / Trupe Espantalho (PE) – E.M. EDMUNDO PINTO

  • QUINARI

Dia 14/09 – Quinta-feira

17h – Circo Trupiada/ Trupe Circuluz (PE)

Dia 15/09 – Sexta-feira

17h- O Conto que eu vim Contar/ In Bust Teatro com Bonecos (PA)