Connect with us

Boca do Acre

Entidades do Amazonas culpam invasores por conflitos na TI Boca do Acre

Published

on

A Federação da Agricultura e Pecuária do estado do Amazonas (Faea) e o Sindicato Rural de Boca do Acre (SRBA) emitiram uma nota sobre os últimos acontecimentos que envolvem conflito agrário na Terra Indígena (TI) Boca do Acre, com tentativa de homicídio. De acordo com as instituições, a tensão no campo se dá em razão das invasões de fazendas produtivas. Para a Faea e o SRBA, as pessoas alvejadas com disparos de arma de fogo não são legítimos donos das terras, sendo, portanto, invasores de propriedades rurais em plena atividade.

Leia a nota da FAEA e do SRBA
A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas – FAEA e o Sindicato Rural de Boca do Acre vêm a público manifestar preocupação diante do clima de tensão instaurado com a intensificação das “invasões” de fazendas produtivas localizadas no município de Boca do Acre e no Sul de Lábrea, provocando conflitos que além de levar insegurança a um polo econômico consolidado no interior do Amazonas, instala um ambiente de extremada tensão social.

As entidades signatárias e os produtores rurais do Amazonas acreditam nas autoridades constituídas, nas Instituições e na Justiça, por isso solicitam providências urgentes e imediatas para coibir tais atos, totalmente à margem da Lei e do Estado Democrático de Direito, no município de Boca do Acre e Sul de Lábrea, como ocorreu ontem em propriedade rural localizada no Km. 93 da Rodovia BR-317.

A sociedade não admite o uso de “invasões” de empreendimentos rurais privados e produtivos, destruição de áreas de reserva legal ambiental, criando um quadro caótico, que atenta frontalmente contra os direitos dos produtores rurais e a segurança de suas famílias e empregados.

O clima instalado prenuncia dramáticos confrontos, de consequências imprevisíveis.

Advertisement

Queremos a paz no campo, somos contra a violência, o que só virá com segurança jurídica, de forma a ser restabelecida a tranquilidade no meio rural.

Manaus, 21 de maio de 2024.

Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas

Sindicato Rural de Boca do Acre

Advertisement