Connect with us

Cotidiano

Fábrica Natex envia preservativos para atender outros estados

Para atender solicitação do Ministério da Saúde (MS), a fábrica de preservativos masculinos Natex, localizada em Xapuri, enviou nesta segunda-feira, 20, o total de R$ 3,5 milhões de unidades de preservativos para abastecer os estados de Rondônia e Mato Grosso e fortalecer as campanhas das unidades públicas de saúde durante o Carnaval.

Published

on

Para atender solicitação do Ministério da Saúde (MS), a fábrica de preservativos masculinos Natex, localizada em Xapuri, enviou nesta segunda-feira, 20, o total de R$ 3,5 milhões de unidades de preservativos para abastecer os estados de Rondônia e Mato Grosso e fortalecer as campanhas das unidades públicas de saúde durante o Carnaval.

De acordo com a diretora-presidente da Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) e que responde atualmente pela diretoria técnica da Natex, Silvia Luciane Basso, uma verdadeira força-tarefa foi articulada nos últimos dias com o quadro de pessoal para intensificar o ritmo de produção e embalagem para realizar o repasse.

Além da produção que está saindo para os referidos estados, cerca de 500 mil preservativos vão atender demanda local.

O último contrato entre a fábrica e o MS foi cumprido integralmente em 2016, num total de 100 milhões de preservativos fornecidos. O novo contrato a ser executado é de 90 milhões.

Estrutura industrial

A fábrica acreana, responsável pelo fornecimento de 15% dos preservativos distribuídos pelo Ministério da Saúde, é gerida pela Funtac, com a missão estratégica de preservar as reservas extrativistas.

Advertisement

A produção dos preservativos utiliza látex natural extraído manualmente seguindo práticas tradicionais, contribuindo com a sustentabilidade econômica e social da floresta tropical.

Com capacidade de produzir até 200 milhões de preservativos por ano, a Natex utiliza atualmente metade desse potencial e conta com cerca de 120 funcionários diretos e 700 famílias cadastradas e envolvidas na venda do látex. É certificada pela Anvisa e Inmetro.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *