Ex-astro da NFL é encontrado morto aos 35 anos

Vontae Davis, ex-cornerback da NFL, foi encontrado morto pela polícia em sua casa no sul da Flórida. De acordo com o Departamento de Polícia de Davie, os policiais foram chamados à casa do ex-jogador em Southwest Ranches por um funcionário e encontraram Davis morto.

Informações preliminares da polícia sugerem que não houve crime. A investigação está em andamento.

Carreira

Davis, de 35 anos, disputou um total de 121 partidas ao longo de uma carreira de 10 anos com passagens por Miami Dolphins, Indianapolis Colts e Buffalo Bills, totalizando 22 interceptações e 97 passes desviados.

Antes de chegar à NFL, jogou futebol americano universitário pelo Illinois e foi selecionado pelos Dolphins como a 25ª escolha da 1ª rodada no Draft de 2009. Davis jogou três temporadas no Miami antes de ser negociado com o Indianapolis Colts por uma escolha de 2ª rodada. O programa da HBO “Hard Knocks” estava acompanhando o time dos Dolphins na época e capturou a conversa tensa entre o então gerente geral Jeff Ireland e Davis sobre a troca.

“O boato é verdadeiro: acabamos de negociar você”, disse Ireland. “Quero ligar para minha avó”, respondeu o corner, chocado.

Davis se destacou em Indianápolis e, em 2014, assinou um contrato de 4 anos no valor de 36 milhões de dólares para permanecer na equipe. Ele foi nomeado para o Pro Bowl em 2014 e 2015, depois de obter quatro interceptações em cada temporada. No total, o ex-cornerback seis temporadas com os Colts.

Em 2018, ele assinou um contrato de um ano no valor de 5 milhões de dólares com o Buffalo Bills, mas se aposentou abruptamente no intervalo do segundo jogo do time. A decisão chocou seus companheiros.

“Tive um momento mais espiritual e fora do corpo, e minha intuição me dizia que o futebol não era mais para mim”, disse à CNN na época.

Davis afirmou que parte da escolha de se aposentar foi física, citando a questão dos jogadores que lidam com lesões cerebrais, como encefalopatia traumática crônica, ou CTE.

“Todas essas coisas são levadas em consideração. Eu não queria mais sacrificar meu corpo onde isso não me beneficiasse no futuro”, disse o ex-jogador.

Davis, irmão do ex-tight end da NFL, Vernon Davis, também falou à CNN sobre as dificuldades pelas quais passou.

“Eu venho de origens muito humildes. Minha mãe era viciada em drogas, meu pai alcoólatra. Eu cresci em algumas situações muito traumáticas. Testemunhei meu pai sendo baleado várias vezes por seu irmão. E quando você sai de situações como essa, você simplesmente não é considerado um desistente. Eu não acho que desisti. Acho que sinto isso quando me afasto de um jogo que não me serve mais mentalmente, fisicamente e emocionalmente. Isso é o que eu diria às pessoas que dizem que eu desisti. A maioria não sabe quem eu sou como pessoa ou o que passei para alcançar o sucesso que tenho”, desabafou.

Repercussão

A NFL, os Bills e Jim Irsay, dono dos Colts, se manifestaram publicamente sobre a morte de Vontae Davis.

“A NFL está com o coração partido ao saber do falecimento de Vontae Davis. Nossos pensamentos estão com sua família e entes queridos”, disse a liga.

“Estamos tristes ao saber do falecimento de Vontae Davis”, disse o Bills em comunicado. “Estamos pensando em seus amigos, familiares e entes queridos durante este momento difícil.”

“Extremamente triste ao saber do falecimento de Vontae Davis”, disse Irsay em um post no X. “Um grande cara, companheiro de equipe, jogador. Minhas orações à família de Vontae.”


Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

Este conteúdo foi originalmente publicado em Ex-astro da NFL é encontrado morto aos 35 anos no site CNN Brasil.