Connect with us

Política

Esposa de Mauro Cid admite à PF que usou certificado de vacinação falso

Published

on

A esposa de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL), admitiu durante depoimento à Polícia Federal (PF) nesta sexta-feira (19) que utilizou um certificado de vacinação falsificado. As informações são de Renata Agostini, analista de Política da CNN.

Gabriela Cid deixou a sede da PF em Brasília por volta das 17h, prestando esclarecimentos à corporação por cerca de três horas. Além do registro de Gabriela, são apuradas fraudes nos cartões de vacinação de Mauro Cid e Jair Bolsonaro (PL), por exemplo.

As investigações da corporação identificaram que ela utilizou a documentação falsa para realizar três viagens aos Estados Unidos.

Mensagens extraídas do celular do ex-ajudante pela Polícia Federal revelam conversas dele com a esposa em que eles colocam em dúvida os imunizantes. Diversos especialistas já atestaram a segurança e eficácia das vacinas utilizadas contra a Covid-19.

Advertisement
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *