Em 4 horas, cinco tentativas de homicídio e dois homicídio foram registrados na capital acreana

Os crimes começaram a ocorrer por volta das 20h desta sexta-feira, 24 de fevereiro em Rio Branco, durante a primeira noite de Carnaval.

● DEFESA CIVIL: Três jovens estavam em um beco no final da rua Independência, quando foram surpreendidos à tiros por uma dupla armada com armas de fogo. Risney Cunha Mires, vulgo Duducha de 22 anos, foi baleado no tórax, o jovem identificado apenas como Davi, foi alvejado com um disparo no braço e um na região do glúteo e o terceiro envolvido, um menor identificado apenas como Rato, não resistiu aos ferimentos e foi à óbito no local antes mesmo da chegada do socorro. As duas outras vítimas foram encaminhadas ao PS pelo SAMU um em estado estável e outro grave.

● AMADEO BARBOSA: Um casal que estava em beco ao lado da boca do Gleison, foi supreendido à tiros. A mulher identificada como Mara, foi atingida na perna e na altura do ombro e o homem que não teve a identidade divulgada, foi atingido no braço. Os dois foram encaminhados ao PS pelo SAMU e não correm risco de morte.

● TANCREDO NEVES: Dois homens estavam em um bar, localizado na Rua Luiz Morais nas proximidades do antigo box da PM, quando ao saírem, foram surpreendidos à tiros. Um deles identificado como Gelson Nascimento de Almeida de 35 anos, ficou gravemente ferido e foi à óbito dentro da viatura 01 do SAMU à caminho do PS. O outro homem identificado apenas como Jackson, foi atingido com um tiro na perna e encaminhado ao PS em estado estável. Segundo informações, ele seria integrante da facção criminosa denominada Comando Cermelho (CV) e seria um foragido da justiça.

Em todas as ocorrências, o SAMU e a polícia prontamente chegaram ao local, porém devido à gravidade dos ferimentos os óbitos foram inevitáveis e até o fechamento desta matéria, não obtivemos informações dos autores e nem de prisões. A polícia continua realizando buscas.