Eber Machado defende que Ney Amorim seja candidato ao Senado pela FPA

O deputado estadual Eber Machado (PSDC), defendeu o nome do presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Ney Amorim, para disputar o Senado pela Frente Popular do Acre (FPA). Para ele, não há impedimentos para que as duas candidaturas sejam do Partido dos Trabalhadores (PT).

Eber Machado, inclusive, faz questão de declarar seu apoio e do seu partido, PSDC, a candidatura de Ney Amorim ao Senado. “O Ney está preparado para representar o Acre no Senado. Prova disso é o trabalho que ele vem realizando na Aleac”, disse.

Afirmando que é natural o senador Jorge Viana disputar a reeleição, Eber Machado assegura que Ney Amorim representa a unidade da Frente Popular e anima a militância. “Temos dois grandes nomes para essa disputa. O Ney, hoje, representa os anseios das siglas que formam a FPA. Ele tem sido um presidente democrático e que valoriza os partidos na Aleac”, destacou.

Para Eber Machado, o fato de Ney Amorim ser do PT não será empecilho para que ele seja candidato a senador. “Os partidos que compõem a Frente Popular sabem que o Ney está preparado. Tenho certeza que teremos um consenso e vamos ter Ney Amorim e Jorge Viana disputando as duas vagas do Senado pela FPA”, afirmou.

Nos últimos dias, diferentes lideranças políticas defenderam que Ney Amorim seja candidato ao Senado. O nome do presidente da Aleac é citado, inclusive, por dirigentes de partidos da oposição.