Detento é diagnosticado com tuberculose e outro é internado com suspeita da doença em presídio do AC

Preso foi liberado com tornozeleira para fazer tratamento em casa. O outro está internado no Hospital João Câncio, em Sena Madureira, e aguarda diagnóstico

Um detento foi diagnosticado com tuberculose e outro internado com suspeita de estar com a mesma doença. Os casos foram registrados há duas semanas na Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira.

Ao G1, o diretor da unidade, Aécio Lima, explicou que o detento foi encaminhado para o Hospital João Câncio, no município, após isso foi transferido para Rio Branco onde fez exames mais detalhados e foi detectada a tuberculose. Diante disso, ele recebeu uma tornozeleira eletrônica e foi liberado para fazer o tratamento em casa.

“Então, dentro do presídio, nesse momento, não há nenhum detento com caso confirmado de tuberculose. Esse era o único caso confirmado e o preso foi liberado para se tratar. Existe um outro preso internado, que apresenta os mesmos sintomas, mas ainda não foi confirmado”, explica.

O diretor diz que, como o plano de contingência, uma equipe multidisciplinar de saúde está fazendo todos os procedimentos necessários no presídio. O objetivo é detectar se existe a necessidade de isolar os reeducandos que tiveram contato com os presos que apresentaram os sintomas.

“Não existe surto, é um caso isolado. O outro caso é investigado e não foi confirmado ainda. Agora, se for confirmado, vamos tomar todas as medidas sugeridas pela equipe de saúde para que, caso seja um surto, não se espalhe dentro da unidade”, afirma.