Cassado, George Santos voltará a concorrer nos EUA

George Santos, ex-deputado dos Estados Unidos e filho de brasileiros, anunciou nesta sexta-feira (8/3), que voltará a concorrer a um cargo político no país, ainda este ano. Ele teve o mandato cassado em 2023.

“Esta noite, quero anunciar que retornarei à arena da política e desafiarei Nick [LaLota, adversário político local] na batalha pelo (distrito de) #NY1. Estou ansioso para debater com ele essas questões e seu fraco histórico como republicano. A luta pela nossa maioria é imperativa para a sobrevivência do país”, escreveu em uma rede social.

O ex-deputado foi eleito em 2022 e expulso do Congresso no ano seguinte, após uma votação interna. Santos é acusado pela Justiça norte-americana por crimes que vão de mentir sobre seu currículo até ao uso ilegal de dinheiro de campanha.

George Santos disse que não voltaria ao Congresso

Após a maioria dos deputados votarem a favor da cassação de seu mandato, em dezembro de 2023, George abandonou a casa e afirmou que não voltaria.

“Por que eu iria querer ficar aqui? Que este lugar vá para o inferno”, disse em entrevista a jornalistas, na época.

Santos foi o quinto deputado da história dos EUA a ser expulso do Congresso, mas, pela legislação, ele ainda pode concorrer ao cargo novamente.

Entre as acusações que ele responde na Justiça norte-americana, estão as de fraude com cartões de crédito, receber seguro-desemprego ao qual não tinha direito durante a pandemia do coronavírus, antes de sua eleição, roubo de identidade e de utilizar dinheiro de doações no site pornográfico OnlyFans e cirurgias com técnicas de botox.