Connect with us

Meio ambiente

Com apenas 36%, Rio Branco registra novo recorde de baixa umidade do ar

Published

on

Na tarde da ultima quarta-feira (3), Rio Branco alcançou um novo recorde de baixa umidade relativa do ar, registrando apenas 36%. O meteorologista Davi Friale divulgou essa informação, destacando que o índice está abaixo do nível ideal estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que varia entre 40% e 70%.

A falta de chuvas é uma das principais causas da baixa umidade. Em junho, Rio Branco teve precipitações muito abaixo da média, com apenas 23,4mm, correspondendo a 52,2% da média esperada de 44,8mm.

Quando a umidade do ar cai para níveis próximos de 30%, como registrado recentemente, os danos à saúde se tornam mais evidentes.

Entre os sintomas comuns estão:

Dor de cabeça
Rinites alérgicas
Sangramento nasal
Garganta seca e irritada
Sensação de areia nos olhos, que ficam vermelhos e congestionados
Ressecamento da pele
Cansaço

Advertisement

Para combater os efeitos da baixa umidade, a hidratação é essencial. Beber bastante água ajuda a manter o organismo equilibrado e a mitigar os riscos associados à desidratação.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *