Connect with us

Cotidiano

Cinco prefeituras acreanas recebem nota zero da Controladoria Geral da União

Cinco prefeituras acreanas ganharam nota zero na 3ª avaliação da Escala Brasil Transparente (EBT), plataforma criada pela Controladoria Geral da União (CGU) para medir a transparência de Estados e municipios brasileiros. Além de levar zero, Marechal Thaumaturgo ganhou nota negativa: -1,1 ponto porque sequer passou por análise no levantamento anterior.

Published

on

Cinco prefeituras acreanas ganharam nota zero na 3ª avaliação da Escala Brasil Transparente (EBT), plataforma criada pela Controladoria Geral da União (CGU) para medir a transparência de Estados e municipios brasileiros. Além de levar zero, Marechal Thaumaturgo ganhou nota negativa: -1,1 ponto porque sequer passou por análise no levantamento anterior.

Apenas Rio Branco tem nota acima de dois pontos. A análise, realizada entre junho e dezembro de 2016, aponta significativa melhora no conjunto dos entes avaliados em relação a questões de transparência pública, como: regulamentação da Lei de Acesso à Informação; existência de canal (presencial e eletrônico) para solicitações de informação pelos cidadãos; e recebimento das informações solicitadas. A EBT analisa 12 quesitos, divididos em regulamentação da LAI, com peso de 25%, e existência e atuação do Serviço de Informações ao Cidadão (SIC), que corresponde a 75% da nota. Todos os entes avaliados recebem uma avaliação de 0 a 10 pontos, o que permite a geração de rankings.

Rio Branco registrou uma leve variação negativa na Escala Brasil Transparente. Em relação ao levantamento passado, a capital do Acre apresentou recuo de 0,28 ponto, ganhando, na atual avaliação, nota 9,72 na EBT.

De seu lado, o Governo do Acre comemorou o crescimento registrado pela EBT, apesar de o Estado permanecer entre os piores em transparência. “Como todos os estados do país, o Acre foi avaliado e ficou entre os quatro estados que mais avançou na transparência na 3ª edição da EBT, com um crescimento de +5,97 em comparação a 2ª edição. Somente três unidades da federação avançaram mais que o Acre: Mato Grosso, Amazonas e Sergipe”, disse, em nota da agência oficial de comunicação, o governo acreano.

hjgfhjd

Advertisement
Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *