Chagas Romão busca junto ao Incra titulação do Projeto Tupá

O deputado Chagas Romão (PMDB) disse que tem iniciado uma luta junto ao Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para a titulação do Projeto de Assentamento Tupá, em Xapuri. Ele frisou que as conversas estão adiantadas no sentido de garantir esse direito constitucional, que é o direito à propriedade por meio do título definitivo.

“Aqui nós estamos tendo uma notícia boa para os posseiros do Tupá. Ontem o senhor Vicente Brito nos garantiu a titulação daquela região. Nós estamos trabalhando para emitirmos o título definitivo desses assentados”, ressalta.

O deputado peemedebista frisou, também, que se reunirá, acompanhado dos vereadores de Xapuri, com representantes do Ibama para tratar da possibilidade de revisão das multas aplicadas aos assentados do Projeto Tupá. Ele frisou que área ocupada era de uma antiga fazenda, nesse sentido não havia florestas primárias na região.

Acrescentou também que o desmate é feito apenas para a subsistência dos assentados.

“Quero parabenizar os vereadores de Xapuri, eles estão aqui por uma causa nobre. O Ibama foi lá e multou alguns assentados. O Projeto Tupá era uma fazenda e os posseiros não podem derrubar a capoeira da área. Nós vamos acompanhar os posseiros lá no Ibama. Eu já estive lá. Eu, o deputado Manoel Moraes e o deputado Antônio Pedro não temos medido esforços para amenizar a situação dos nossos produtores. Não podemos admitir que essas pessoas não possam ter seus roçados”, disse o parlamentar
Ao falar sobre Saúde, Chagas Romão aliou seu discurso ao pronunciamento da colega de partido, deputada Eliane Sinhasique. Ele frisou que recebeu denúncias de que está faltando medicamentos na unidade mista de saúde de Acrelândia. Romão pediu o apoio do líder do governo, deputado Daniel Zen (PT), para verificar o caso junto a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).