Centrais sindicais realizam nesta 4ª feira a 13ª edição da Jornada Nacional de Debates

Na busca de combater a aprovação da PEC 287, ocorre na tarde desta quarta-feira (8), às 14h, no Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteac), localizado na Rua Marechal Deodoro, 747, Centro, a 13ª edição da Jornada Nacional de Debates. O evento, organizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômico (DIEESE), em parceria com as centrais sindicais. Tema principal do debate será a reforma da Previdência Social.

De acordo com a presidente da Central Única dos Trabalhadores do Acre (CUT-AC), professora Rosana Nascimento, a jornada já passou por outros estados e chega a capital Rio Branco com objetivo de não somente mobilizar, mas também, qualificar os dirigentes para o debate com a sociedade. A jornada inicia com a apresentação de vídeos de depoimentos dos presidentes das centrais sindicais, mostrando a posição contrária à PEC 287.

Ainda durante o evento, o Dieese fará o lançamento oficial em Rio Branco do aplicativo que calcula o tempo de aposentadoria do contribuinte do setor privado considerando as atuais regras da Previdência e de como seria se a reforma fosse aprovada da maneira que foi apresentada pela equipe econômica do governo. Disponível para sistema Android, a segunda etapa do desenvolvimento do aplicativo será o lançamento para sistema IOs.

Edmar Batistela, vice-presidente da CUT/AC e também presidente do Sindicato dos Bancários do Acre, falou que o objetivo será mobilizar os trabalhadores para frear a aprovação da proposta do Governo Federal. O dirigente disse ainda da necessidade de um diálogo com os deputados federais e senadores na base politica acreana para explicar as verdadeiras consequências da reforma da previdência para a classe trabalhadora.