Brasil estreia nas Eliminatórias da Copa do Mundo em setembro, contra a Bolívia

A Conmebol divulgou nesta quarta-feira, durante reunião do Conselho da Conmebol, em Kigali, capital de Ruanda, a tabela das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, que terá Estados Unidos, México e Canadá como países-sede. Conforme o anunciado, a seleção brasileira irá estrear em setembro, contra a Bolívia, ainda sem data específica definida. No mesmo mês, também enfrentará o Peru.

O formato de disputa será o mesmo das edições anteriores, em pontos corridos, com embates de ida e volta entre as dez seleções. Como a Conmebol optou por não realizar um sorteio para definir os jogos, a ordem dos confrontos será igual à disposição das Eliminatórias para a Copa do Catar.

Com o início da corrida por uma vaga no Mundial apenas no segundo semestre, a CBF ganha tempo para fechar a contratação do técnico da seleção, atualmente comandada de forma interina por Ramon Menezes. Ednaldo Rodrigues, presidente da entidade, tem uma viagem marcada para a Europa em abril para tentar avançar nas negociações por um novo treinador.

Neste ano, além dos jogos de setembro, o Brasil também terá compromissos pelas Eliminatórias em outubro, contra Venezuela e Uruguai, e em novembro, contra Colômbia e Argentina. Em junho, terá uma Data Fifa para até dois amistosos. Haverá também uma novidade no calendário, que incluirá dois intervalos para a realização de partidas contra seleções europeias, em 2024. A previsão é de dois jogos em março e outros dois em junho.

Com a mudança da quantidade de participantes da Copa do Mundo para 48 seleções, as Eliminatórias da América do Sul darão seis vagas diretas para o Mundial. O sétimo colocado irá disputar a repescagem (Agência Estado)