Boca do Acre se aproxima das 7mil doses aplicadas contra a Covid-19

A vacinação contra a Covid-19, em Boca do Acre, entrou em ritmo acelerado no último mês. Em pouco mais de 30 dias, a Secretaria Municipal de Saúde já aplicou quase o dobro do imunizante, em comparação ao dia 14 de abril, quando o município havia aplicado pelo menos uma das doses em mais de 3 mil pessoas

Segundo a divulgação do boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Boca do Acre já aplicou 6.604 doses das vacinas recebidas pelo município, o que representa um avanço significativo, que demonstra a intensificação dos trabalhos no Programa Nacional de Imunização (PNI), que atualmente está vacinando o público alvo de pessoas que estão na faixa etária de 25 a 59 anos de idade, que apresentam comorbidades.

Com o último carregamento que chegou ao município, já são 15.740 doses recebidas por Boca do Acre. Dessas, como já foi afirmado anteriormente, 42% já foram dedicadas aos munícipes, contando com a aplicação de primeira e segunda dose.

Os dados de Boca do Acre poderão estar desatualizados, uma vez que a FVS-AM informou que o município, junto com outros, não enviaram informações nesta segunda-feira (17).

Boca do Acre continua na posição intermediária, quando comparamos a vacinação com os outros 61 municípios do Amazonas. A 27ª colocação é a mesma verificada há pouco mais de um mês.

Na calha do Purus, o município ocupa a segunda posição, atrás apenas de Lábrea, que por sua vez está entre os 15 municípios do Estado que mais aplicaram as doses das vacinas (12.805), mais do que o dobro de Boca do Acre.

Confira o ranking

  1. Manaus (566.795);
  2. Parintins (26.679);
  3. São Gabriel da Cachoeira (25.425);
  4. Tabatinga (22.553);
  5. Itacoatiara (22.284);
  6. Benjamin Constant (20.916);
  7. Maués (19.836);
  8. Iranduba (19.086);
  9. Manacapuru (16.018);
  10. São Paulo de Olivença (15.486);
  11. Tefé (14.239);
  12. Autazes (13.683);
  13. Lábrea (12.805);
  14. Barreirinha (12.730);
  15. Humaitá (12.724);
  16. Manicoré (12.576);
  17. Coari (11.409);
  18. Careiro (10.778);
  19. Borba (10.755);
  20. Careiro da Várzea (10.628);
  21. Santo Antônio do Içá (9.851);
  22. Presidente Figueiredo (8.419);
  23. Santa Isabel do Rio Negro (7.071);
  24. Nhamundá (6.882);
  25. Silves (6.688);
  26. Eirunepé (6.611);
  27. Boca do Acre (6.606);
  28. Atalaia do Norte (6.142);
  29. Rio Preto da Eva (5.689);
  30. Manaquiri (5.665);
  31. Urucará (5.583);
  32. Jutaí (5.502);
  33. Barcelos (4.941);
  34. Nova Olinda do Norte (4.690);
  35. Carauari (4.627);
  36. Tonantins (4.563);
  37. Boa Vista do Ramos (4.522);
  38. Apuí (4.064);
  39. Fonte Boa (4.036);
  40. Urucurituba (3.994);
  41. Tapauá (3.902);
  42. Amaturá (3.894);
  43. Alvarães (3.726);
  44. Pauini (3.681);
  45. Novo Aripuanã (3.511);
  46. Beruri (3.228);
  47. Novo Airão (3.203);
  48. Envira (3.124);
  49. Uarini (3.021);
  50. Canutama (2.937);
  51. Codajás (2.929);
  52. Guajará (2.778);
  53. Maraã (2.738);
  54. Ipixuna (2.601);
  55. Itamarati (2.520);
  56. Itapiranga (2.506);
  57. Anamã (2.346);
  58. São Sebastião do Uatumã (2.270);
  59. Anori (2.031);
  60. Caapiranga (1.684);
  61. Juruá (1.487);
  62. Japurá (1.414).