Boca do Acre deu a maioria dos votos para Bolsonaro; diferença para Lula foi pequena

O candidato a reeleição à presidência da república, Jair Bolsonaro, viu o apoio de seus partidários, principalmente do setor agropecuário, ser consolidado em Boca do Acre. Bolsonaro perdeu no cenário nacional e vai para o segundo turno em segundo lugar, mas em Boca do Acre os bolsonaristas se mostraram maioria.

A vantagem para Lula, que venceu no cenário nacional com 48,4%, não foi lá essas coisas. Entre o eleitorado bocacrense, Bolsonaro teve 7.640 votos, contra 7.234 votos do ex-presidente Lula, o que deu uma diferença pequena de apenas 406 votos.

Dos candidatos à presidência da república que ainda tiveram votos em Boca do Acre, temos:
Simone Tebet: 418 votos
Ciro Gomes: 220 votos
Soraya Thronicke: 199 votos
Padre Kelmon: 9 votos
Felipe D’avila: 7 votos
Sofia Manzano: 5 votos
Constituinte Eymael: 1 votos
Léo Péricles: 1 votos