Banco da Amazônia inaugura nova sede em Brasileia

O Município de Brasileia, localizado no Estado do Acre, ganhará nova sede do Banco da Amazônia. O novo endereço será na Avenida Manoel Marinho Montes, no bairro do Eldorado. Local esse, que será realizada a Cerimônia de inauguração no próximo dia 20 de março, ás 17 horas. O evento contará com a participação do superintendente do Acre, André Vargas, o gerente da agência, Zileno Martins e o Presidente do banco, Marivaldo Melo.

Com mais de 21 mil habitantes a cidade de Brasileia tem dentre suas oportunidades de negócios, a Cadeia Produtiva do Frango, Turismo, Piscicultura e Suinocultura, todos abrangendo o município como um todo. Para o Presidente do Banco da Amazônia, Marivaldo Melo, “a expectativa para 2017 é alcançar a meta dos investimentos para diferentes áreas produtivas. Tudo isso, com modernas instalações que prometem mais conforto e segurança para os usuários dos produtos e serviços da instituição financeira. Temos condições de fomentar o desenvolvimento do Acre em bases sustentáveis em parceria com o governo estadual e municipal. Mas precisamos fortalecer ainda mais as parcerias, não somente com o Governo, mas também com sindicatos, associações e demais setores produtivos para a melhoria da qualidade de vida da população.”

De acordo com o Gerente Geral da Agência de Brasileia, Zileno Martins, o atendimento ao cliente é o foco principal do Banco da Amazônia. “Na verdade, nós mudamos de endereço para atender melhor o cliente, pois temos uma localização acessível, estacionamento, além de ampliar a disponibilização de crédito”, explicou.

Basa conta com mais de R$ 7 Bi para fomentar economia

O Banco vai disponibilizar para este ano o valor de R$ 7,9 bilhões de recursos para toda a Região Amazônica em 2017. Desse total, R$ 4,6 bilhões são originários do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). As demais são do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA) e do Orçamento Geral da União (OGU). O restante, R$ 2,9 bilhões, pertence à carteira de crédito comercial da Instituição. Esse volume de recursos e suas prioridades econômicas estão elencados no Plano Global de Aplicação de Recursos Financeiros, disponível no site bancoamazonia.com.br [1].

De acordo com o superintendente André Vargas, os recursos que o Banco da Amazônia pretende aplicar no Acre em 2017 são oriundos do fomento e da carteira comercial e correspondem a R$ 368 milhões, sendo que R$ 322 milhões são do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). “O nosso compromisso é aplicar o FNO em 100% dos municípios do Estado, priorizando a mesorregião Vale Rio Acre e tipologia PNDR nas regiões de menor dinamismo”, comentou.