Ícone do site Jornal Opinião

Aumento da passagem de ônibus é aprovado pelo Conselho Tarifário

Aumento da passagem de ônibus é aprovado pelo Conselho Tarifário

Aumento da passagem de ônibus é aprovado pelo Conselho Tarifário

O imbróglio formado em torno do aumento da passagem de ônibus na capital, Rio Branco, chegou ao fim, e apesar de todas as manifestações o preço foi fixado em R$ 3,50 para usuários comuns e R$ 1,00 para estudantes. A decisão foi anunciada na tarde de segunda-feira, 13, após votação dos membros do Conselho com um placar de 7 votos a favor e 2 contrários ao aumento. A reunião aconteceu na sede da RBTrans, na rodoviária da capital, região do Segundo Distrito.

Durante a votação surgiu ainda a proposta de isenção do Imposto Sobre Serviços (ISS) e Outorga concedidos pela prefeitura. Essa decisão vai ficar a cargo da Câmara de Vereadores de Rio Branco que decidirá sobre a proposta.

A proposta sobre a possibilidade de redução do imposto pela prefeitura fez com que a Associação dos Servidores Municipais de Rio Branco (Assemurb), a Federação do Comércio (Fecomércio) e a União das Associações de Moradores de Rio Branco (Umarb), que na última sexta-feira, 10, haviam se manifestado contra o aumento, decidissem pelo aumento da passagem de R$ 3,00 para R$ 3,50.

“A proposta de aumento foi elaborada com base nos cálculos já prevendo reajustes salariais que ocorrerão este ano, além da previsão de inflação. Foi levado em consideração ainda os aumentos no preço do óleo diesel ocorridos nos últimos meses”, justificou o presidente do Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo, Marcelo Mansour, que enfatizou ainda que desde 2014 a tarifa do transporte público não era reajustada, mesmo com o aumento dos salários de motoristas e demais funcionários.

De acordo com Gabriel Forneck, superintendente da RBTrans e presidente do Conselho Tarifário, o próximo passo é elaborar um relatório com o resultado da votação e encaminhar à Câmara Municipal de Rio Branco.

“Depois de muita conversar e de várias reuniões onde foi chegado a um acordo. Agora encaminharemos um relatório com o resultado da votação, bem como a proposta feita por parte da Fecomércio e Umarb, que será apreciado pela Câmara de Vereadores, esse relatório será encaminhado também para o prefeito Marcus Alexandre para que seja aprovada essa isenção e manter as tarifas a R$3,50 e R$1 para estudante”, comentou.

A expectativa é que a apreciação da proposta de isenção do ISS e Outorga por parte dos vereadores de Rio Branco aconteça até a próxima semana.

Protesto de entidades estudantis

A exemplo da ultima sexta-feira, 10, quando a reunião do Conselho Tarifário foi suspensa, representantes de entidades ligadas ao movimento estudantil realizaram um manifesto na sede da RBTrans, localizada na rodoviária de Rio Branco.

Representantes de entidades estudantis voltaram a protestar durante a reunião do Conselho Tarifário em Rio Branco, que inciou há pouco na sede do RBTrans, na rodoviária da capital, na Via Verde.

De posse de cartazes, integrantes da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e da União dos Jovens Socialistas (UJS), protestavam contra o aumento da passagem do transporte coletivo, principalmente contra a proposta de aumento da passagem para estudantes. Durante toda a reunião os manifestantes ficaram do lado de fora da sala onde estavam os membros do Conselho, e ao final da votação comemoraram a proposta de manutenção do preço da passagem para os estudantes em R$ 1,00.

“Agora é conversar com os vereadores para que a proposta seja aceita e o preço da passagem para os estudantes seja mantido em R$ 1,00”, afirmaram os representantes da classe estudantil.

Sair da versão mobile