Conecte-se conosco

Nacional

Atos golpistas: Alexandre de Moraes manda soltar 173 presos após ataques do dia 8 de janeiro

Publicado

em

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a soltura de 173 pessoas que foram presas por causa dos atos golpistas de 8 de janeiro que resultaram na depredação das sedes dos Três Poderes em Brasília.

Eles vão poder retornar para suas cidades de origem, mas vão ser monitorados por tornozeleira eletrônica.

TV Globo apurou que o ministro fixou uma série de medidas cautelares a serem cumpridas pelas pessoas que foram soltas:

  • recolhimento domiciliar noturno e nos fins de semana
  • não poderão usar redes sociais
  • passaportes cancelados
  • porte de armas suspensos
  • terão que se apresentar semanalmente à Justiça
  • não podem se comunicar com outros investigados

Os despachos do ministro Alexandre de Moraes estão sob sigilo. As medidas terão efeito imediato, servindo de alvará de soltura.

Esse grupo foi preso no acampamento instalado em frente Quartel-General do Exército, que era frequentado por golpistas com ideias radicais.

Ao analisar os casos, Moraes considerou que alguns apresentam problemas de saúde ou filhos menores de idade, sendo que a maioria é réu primário, além de já terem sido denunciados pela Procuradoria-Geral da República, podendo responder o processo a partir de agora em liberdade, mas cumprindo as medidas cautelares.

Propaganda

Serão beneficiados presos de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Alagoas, Pará, Ceará, Pernambuco e Bahia.

Com isso, dos 1,4 mil presos entre os dias 8 e 9 de janeiro por causa dos atos, 767 continuam detidos. Moraes tem decidido liberar presos com condutas consideradas menos graves.

Essas decisões estão sob sigilo dentro de uma ação que transita na Corte sobre o tema. Nas decisões, somente aparecem as iniciais das pessoas que foram soltas.

Esta não é a primeira vez que Alexandre de Moraes solta pessoas que foram presas após os ataques aos STF, ao Palácio do Planalto e ao Congresso Nacional.

Ele já havia liberado, após audiências de custódia, pessoas com enfermidades e também outros presos em decisões individuais.

Propaganda

Até o momento, segundo o STF, 639 pessoas foram liberadas para responder em liberdade, mas com medidas cautelares.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Güzgüyə çatdıqdan sonra saytda qeydiyyatdan keçmək ötrü aşağıdakı addımları yerinə yetirməli olacaqsınız. yüklə android apk 1win AZ-a mərc etməyə başlamaq üçün ilk növbədə qeydiyyat prosesindən keçməlisiniz. canlı və kiberidman bölmələrinə İlk dörd əmanət arasında bölüşdürülmüş 500% mülayim gəlmisiniz bonusumuzu mobil tətbiqetməmizdə də tələb edə bilərsiniz. bundan əlavə Bəli, mərc platforması rəsmi lisenziya ilə tənzimlənir. mobil əmsallarımızdan istifadə