Andirá e Plácido ficam no empate na estreia do estadual

Plácido de Castro e Andirá ficaram no empate por 1 a 1, neste domingo (27), no estádio Florestão, em jogo que marcou a estreia das duas equipes no Campeonato Acreano/2019, mas antes da bola rolar houve um minuto de silêncio as vítimas do acidente de Brumadinho. Marcelo Brás abriu o placar para o Morcego aos 44 minutos, mas dois minutos depois, o zagueiro Leandro Neiva deixou tudo igual no placar.

O empate da estreia deixou o Tigre do Abunã dividindo a segunda posição do grupo “B”, mesma pontuação do Vasco da Gama. Já o Morcego é o terceiro colocado do grupo “A”. O clube soma um ponto ganho, dois a menos que o segundo colocado o Atlético Acreano.

Próximos jogos

Os dois times retornam a campo no próximo domingo (3), no estádio Florestão. O Andirá recebe o Náuas, às 15h30. Já o Plácido de Castro medirá forças contra o Atlético-AC, às 17h30.

marcelo bras

Jogo

O duelo começou com forte marcação dos dois lados. O Plácido de Castro era mais incisivo e a primeira oportunidade de gols saiu dos pés de Renan Plácido, escorando cruzamento e assustando o goleiro andiraense Marquinhos.

O Morcego respondeu somente aos 24, numa bola parada do meia Ley, mas a redondinha passou sobre o travessão do Tigre do Abunã.

O Plácido voltou a crescer no jogo e a pressionar o gol do Morcego. David arriscou de longe e assustou o goleiro andiraense, aos 35. Cinco minutos depois, o atacante Renan Plácido entrou pelo lado esquerdo e dividiu com o goleiro Marquinhos. Na sobrou de bola o atacante placidiano completou o lance para a defesa de Marquinhos.

O Morcego respondeu no último minuto do primeiro tempo. Marcelo Brás ganhou no jogo aéreo da defesa do Tigre e testou para rede após escanteio. A torcida do morcego ainda comemorava o gol, quando aos 47 minutos, o zagueiro Leandro aproveitou falta de atenção da defesa do Morcego e completou assistência para a rede.

foto003

2 º tempo sem gols

O empate não agradava aos dois treinadores e o jogo ficou mais aberto e com oportunidades de ambos os lados. O atacante Renan Plácido teve outra boa oportunidade de gol, mas chutou sobre a meta andiraense aos 16.

O Morcego então respondeu com o volante Alex. O andiraense arriscou o chute cruzado, mas a bola passou assustando o goleiro placidiano, aos 23 minutos.

Nos dez minutos finais, o Morcego mostrou melhor futebol e criou as melhores oportunidades de gols. Aos 39 minutos, o meia andiraense Ley apareceu por trás da defesa do Plácido de Castro e testou a bola para boa defesa do goleiro Bruno. No entanto, a grande oportunidade da vitória andiraense veio aos 48 minutos, quando o meia Testinha entrou livre na defesa do Tigre e chutou em cima do goleiro Bruno.