Acre não recebe os 10% a mais de vacinas contra a Covid-19 conforme acordo com Ministério da Saúde


Em entrevista na manhã de quarta-feira, 28, o governador Gladson Cameli (Progressistas) disse que não descarta a possibilidade de ir até ao Ministério da Saúde para solicitar que o acordo entre o órgão e o Governo do Acre seja cumprido. Em reunião com Gladson, o então ministro Eduardo Pazuello acenou positivamente para o envio de 10% a mais nos lotes de vacinas da Covid-19 enviados pelo governo federal ao Acre.

“Eu volto a insistir que o governo federal tem que repor as quantidades de doses em acordo formado lá atrás. São 10% a mais que temos direito e eu quero as nossas vacinas*, disse Cameli ao lembrar ainda que a mesma medida foi tomada com relação ao estado do Amazonas, no período crítico da segunda onda da pandemia.