960x100 basa novo

Para 47% dos empresários do comércio, vendas do Dia das Crianças foram satisfatórias

Para 47% dos empresários do comércio, vendas do Dia das Crianças foram satisfatórias

Ao menos 47% dos empresários da capital acreana consideraram as vendas do Dia das Crianças como satisfatórias, mas, segundo 68%, as comercializações foram abaixo das firmadas em 2016. A pesquisa é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Acre (Fecomércio/AC), por meio do Instituto Fecomércio de Pesquisas do Acre (Ifepac) nos últimos dias 16 e 17.

De acordo com o estudo, outros 35% dos comerciantes foram unânimes em avaliar o “Dia das Crianças” como ruim. Sem expressar motivo relacionado, 19% não falaram ou omitiram essa informação.

Para os 47% que classificam como “bom”, 23% atribuíram o fato às “promoções” concedidas para a data; enquanto 7% creditaram à própria vontade de gastos por parte do consumidor e; 4%, aos serviços de “propagandas” patrocinados para indução do cliente ao consumo para a data.  Quanto aos 35% que alegaram resultado “ruim”, 28% fizeram referência à “falta de dinheiro”; 22%,, aos “níveis de endividamento da população” e; 14%, ao “desemprego na economia”. A pesquisa também destacou 1% que debitou o resultado abaixo do esperado aos “níveis de inflação”.

De acordo com 41% dos empresários do comércio de Rio Branco, o valor das compras era, em média, de R$ 50, em 2017. Outros 36% estimaram em R$ 100 - em 2016 o valor médio de R$ 100 foi estimado por 39% dos empresários – e apenas 7% informaram vendas em valores médios acima de R$ 300, o mesmo verificado no ano passado.

Além disso, pelo menos 51% estimaram quantidade média de até dois itens por venda para o Dia das Crianças de 2017. Outros 21% admitiram a média de até três itens por cliente. (Assessoria)

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo