960x100 basa novo

Incra entrega créditos do Fomento Mulher no Bujari

Incra entrega créditos do Fomento Mulher no Bujari

As agricultoras do assentamento Antônio de Holanda, localizado no município do Bujari (AC), começam a acessar o Crédito Fomento Mulher. Na localidade, das 106 famílias assentadas, 27 receberam na manhã desta terça-feira, 14, a liberação do crédito de R$ 3 mil para investir em implantação de projeto produtivo em seus lotes.

O anuncio da liberação do crédito aconteceu na sede da Associação dos Moradores do Projeto de Assentamento Antônio de Holanda e contou com presença do Superintendente Regional do Incra no Acre, Eduardo Ambros Ribeiro, representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural no Acre (Emater/AC), da Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), da prefeitura do município do Bujari e de lideranças comunitárias.

A assentada Antônia Maria da Silva Freitas Moraes, 34, anos, uma das beneficiadas com o crédito, disse que já sabe onde irá empregar os recursos disponibilizados pelo governo federal. “Vou investir na compra de gado de leite e melhorar minha renda familiar. Estou muito feliz e aproveito para agradecer ao Incra por essa iniciativa”, enfatizou a produtora.

Além do projeto para criar gado de leite, Antônia Moraes ainda mantém uma plantação de milho, a criação de animais de pequeno porte e o plantio de hortaliças.

De acordo com o superintendente do Incra no Acre, Eduardo Ambros Ribeiro, o crédito vai proporcionar o fortalecimento da produção das mulheres, além de melhorar a renda e segurança alimentar das famílias.

“Cada uma delas receberá R$ 3 mil reais de crédito para usar na implantação de projetos que garantirão uma alimentação saudável, mais qualidade de vida para sua família e geração de renda”, disse Ribeiro.

O superintendente explicou ainda que estes são os primeiros créditos do Fomento Mulher que a Superintendência está operacionalizado na nova metodologia via Sistema Nacional de Concessão de Crédito Instalação (SNCCI). Eduardo Ribeiro destacou também que o Incra no Acre está trabalhando para que mais mulheres de projetos de assentamento do Acre sejam beneficiadas.

“Estas são as primeiras mulheres beneficiadas com o crédito. Estamos trabalhando para que até o final do ano possamos beneficiar mais assentadas em todo o Estado”.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo