960x100 basa novo

Ação de Rocha impede que garimpeiros atuem no Acre

Ação de Rocha impede que garimpeiros atuem no Acre

Em uma ação firme junto ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), o deputado federal Major Rocha (PSDB) conseguiu brecar a tentativa de uma cooperativa de garimpeiros do Mato Grosso em registrar praticamente todo o Estado do Acre para ser explorada pelo grupo. A ação dos oportunistas levou a paralisação das atividades de extração de areia e argila para cerâmicas em Cruzeiro do Sul, elevando os preços para a população local.

Segundo informou o deputado Major Rocha, foram 12 pedidos de registro de lavra/mineração feitos pela Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Pontes e Lacerda: “Nós então buscamos o DNPM e fizemos cinco reuniões com a diretoria do órgão juntamente com os empresários de Cruzeiro do Sul para expor o caso e, na última terça-feira [3] foi publicado no Diário Oficial da União o indeferimento do pedido deles [Cooperativa]”.

Cerâmicas teriam de pagar royalties

Rocha destacou que se os pedidos da cooperativa fossem aceitos pelo DNPM, quem precisasse explorar o solo na forma de lavra, teria de pagar direitos de exploração para a Cooperativa, sem que esta tivesse de fazer qualquer investimento no Estado.

Mas o caso teve ainda outras facetas, pois a ação da cooperativa levou o Ministério Público Federal (MPF) a intervir nas minerações na região de Cruzeiro do Sul, atingindo as olarias e extração de areia no Juruá.

“Com isso, houve perda de empregos nestes setores devido a paralização e o consequente aumento dos preços do tijolo e da areia em Cruzeiro do Sul, pois somente duas empresas estavam com a documentação totalmente legalizada puderam continuar operando”.

DNPM virá a Cruzeiro do Sul para regularização

Ocorre que o escritório mais próximo do DNPM fica em Porto Velho, distante cerca de 1.150 quilômetros, dificultando as ações de registro das lavras para a extração de argila e areia, mas a intervenção do deputado viabilizou uma saída: “Nós conseguimos junto ao DNPM viabilizar a vinda de uma equipe a Cruzeiro do Sul para fazer estes trâmites de registros das empresas, permitindo resolver de vez a questão”.

Rocha hipotecou todo o apoio ao povo do Juruá e destacou estar atento as demandas e necessidades da região: “Não podemos admitir que aventureiros venham a se apossar do nosso território. Por isso, lutamos com todas as nossas forças para melhorar a vida da nossa população”.

O que é Lavra Mineral?

Art. 36 - Entende-se por lavra, o conjunto de operações coordenadas objetivando o aproveitamento industrial da jazida, desde a extração de substâncias minerais úteis que contiver, até o beneficiamento das mesmas. Código de Mineração - Capítulo III/DNPM. (Assessoria)

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo