960x100 basa novo

Corretores de imóveis são homenageados na Assembleia Legislativa em solenidade

Corretores de imóveis são homenageados na Assembleia Legislativa em solenidade

A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) realizou nesta quinta-feira (3) uma sessão solene em alusão ao Dia do Corretor de Imóveis, que é comemorado no dia 27 de agosto. A solenidade foi proposta pelo primeiro-secretário do Poder Legislativo, deputado Manoel Moraes (PSB), através de requerimento aprovado em plenário.

O presidente da Aleac, deputado Ney Amorim (PT), deu início à solenidade ressaltando a importância da categoria para o Estado. “Essa é uma profissão honrosa para quem a exerce, isso porque o ofício do corretor de imóveis é o de realizar sonhos. No dia de hoje quero que todos sintam-se abraçados, vocês prestam um serviço importante e indispensável à sociedade, orientando sobre a compra e venda de imóveis, proporcionado sempre o bem-estar das pessoas”, destacou.

Em pronunciamento, Manoel Moraes disse que a homenagem é justa, levando em consideração o importante papel que os profissionais desempenham nos negócios imobiliários do Estado do Acre. Ele também lembrou a trajetória do irmão Francisco Moraes de Sales, o primeiro corretor legalizado do Estado e proprietário da primeira imobiliária, a Imobiliária Fortaleza.

“Estamos falando de uma profissão incrível, que faz mesmo a diferença. No que depender de nós, parlamentares, esta casa sempre estará aberta para atendê-los. Além de homenagear a categoria eu também não poderia deixar de falar do meu irmão Francisco Moraes. Ele nasceu numa colocação do seringal Catuaba, a 18 horas da cidade de Rio Branco. Foi catraieiro, padeiro, fez todos os serviços que alguém que quer subir na vida faz. Ele conseguiu crescer e envolver a família nos negócios, e hoje é um corretor de sucesso, um grande exemplo de ética e de moral”, ressaltou.

O presidente do Conselho Federal de Corretores de Imóveis, João Teodoro, destacou a importância da categoria para movimentar a economia brasileira, contribuindo com a realização do sonho da aquisição da casa própria. Disse ainda que atualmente o país possui 400 mil profissionais atuando na área.

“Agradeço a Deus por este momento e pela oportunidade de estarmos reunidos para comemorar a existência dessa profissão tão importante. São 55 anos de existência dessa categoria, que age não apenas promovendo a realização do maior sonho de todo brasileiro, que é adquirir a casa própria, como também aquecendo a economia, uma vez que movimentamos quase 20% da capitalização interna brasileira”, observou.

A vice-prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, parabenizou o presidente do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis, João Teodoro da Silva, pelo trabalho desenvolvido frente a instituição. Ela frisou que o mercado imobiliário de Rio Branco está em expansão e argumentou que um Conselho fortalecido garante aos associados a segurança necessária para atuarem.

“O mercado imobiliário de Rio Branco é um mercado em franco desenvolvimento. Parabenizo o senhor João Teodoro pelo trabalho sério e ético que desenvolve. O senhor tem uma vida dedicada a ajudar este país e goza do prestígio e respeito dos corretores de imóveis”, pontua.

O vereador de Porto Alegre (RS), Márcio Bins, que esteve presente na solenidade, agradeceu a homenagem proposta pela Aleac e disse que o mercado imobiliário precisa fortalecer os seus conselhos para a cada dia se tornar mais competitivo no mercado. Ele falou do momento em que passa o país, em relação a crise econômica.

“O mercado imobiliário está muito feliz com essa homenagem feito pela Aleac. Queremos nos somar aos corretores deste querido Acre. Para finalizar, quero dizer que a nossa profissão precisa muito de um Conselho forte. Tenho certeza que com o brilho no olho vamos vencer essa crise que assola o país”, disse ele.

Representando os deputados estaduais, o líder do governo na casa, deputado Daniel Zen (PT), destacou que a corretoria de imóveis é formada por profissionais compromissados com a função, e tudo que é conquistado é fruto de muito empenho. 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo