960x100 basa novo

Eber Machado pede o fim do monopólio das empresas de ônibus em Rio Branco

Ele defende a livre concorrência e a criação do transporte alternativo na Capital Ele defende a livre concorrência e a criação do transporte alternativo na Capital

O 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Eber Machado (PSDC), disse que está elaborando um estudo de viabilização acerca da implementação do serviço de transporte alternativo em Rio Branco. Ele também defendeu o fim do monopólio das empresas de ônibus que prestam serviços na capital. Para o deputado, o monopólio não é salutar para a economia popular.

“A primeira coisa é acabar com esse monopólio na nossa capital. O prefeito não tem nada a temer com isso não. É obrigação dos parlamentares investigar mesmo. Ou acabamos com o monopólio ou as discussões não vão avançar. Estamos fazendo um estudo e daqui uns dez dias vamos apresentá-lo”, pontua.

Eber Machado salientou que os rio-branquenses pagam uma das passagens mais cara do país e pediu que a Prefeitura de Rio Branco encaminhe uma lei à Câmara Municipal, senão houver, tratando sobre a livre concorrência.

“Estamos pagando um valor que é muito superior ao que é praticado em capitais maiores que a nossa. Queria propor também ao prefeito Marcus Alexandre uma lei que trate da livre concorrência, caso não exista ainda. Que nós tenhamos transportes alternativos à nossa população, não somente ficar reféns das empresas de ônibus. Isso é de competência, sim, desta casa. Somos eleitos pelo Estado todo. Vans e micro-ônibus. Por que só pode ter ônibus? São discussões assim que nos farão avançar”, pontua.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo