960x100 basa novo

Jairo Carvalho cobra investimentos em Segurança Pública em Rodrigues Alves

Jairo Carvalho cobra investimentos em Segurança Pública em Rodrigues Alves

Na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), nesta terça-feira (14), o deputado Jairo Carvalho (PSD) falou sobre Segurança Pública. Disse que em Rodrigues Alves a situação não é das melhores com o aumento dos casos de roubos e assaltos.

“Conversando com o nosso vereador Salatiel e ele me dizia que a Segurança Pública está um caos em Rodrigues Alves.

Há mais de três meses não tem uma viatura. O índice de roubos e assaltos tem aumentado porque não tem estrutura nenhuma”, denuncia o parlamentar.

Jairo Carvalho lamentou que os policiais não tenham nem mesmo o básico, que seria uma acomodação adequada. “O mais grave é que em Rodrigues Alves o quartel da PM está há mais de sete meses numa reforma que não termina. A PM estava na casa de um cidadão, pois o governo não pagou o aluguel e eles tiveram que sair de lá. Isso é uma vergonha! Como pode? O nosso Estado está um faroeste”, disse ele.

Como iniciativa prática para a resolução do problema, o deputado apresentou uma indicação solicitando mais investimentos na Segurança de Rodrigues Alves e Jordão, como a melhoria do quartel e o aumento do efetivo policial. “Eu faço essa indicação ao governo do Estado para que possa olhar com carinho para o interior. A insegurança chegou também ao nosso povo do interior, ao povo que tem menos acesso às nossas autoridades. Estou clamando como uma voz no arauto. Deixo aqui meu apelo.

Peço aos nossos deputados, vamos juntos cobrar do governo do Estado para que se tenha mais investimentos. Recebi uma ligação do Jordão: ‘deputado nos socorre, nos ajude no Jordão, porque a Segurança é zero’. O povo do Jordão está abandonado pelo poder público”, pontua Jairo Carvalho ao comentar a ligação do sindicalista João Cruz.

Em relação a esse episódio envolvendo o gestor do Deracre, Cristovam Pontes, Jairo Carvalho acentuou que é preciso ter a iniciativa e recuperar as rodovias estaduais que são atribuições da autarquia em vez de tentar responsabilizar os parlamentares pela situação em que se encontra o Deracre atualmente.

“Secretário vá trabalhar, vá trabalhar secretário! Vá fazer alguma coisa. O mato está fechando a estrada de Plácido de Castro. É só buraco para tudo que é canto. Faça alguma coisa secretário. Esse secretário é tão desinformado, nunca foi liberado um centavo das nossas emendas. Pelo menos nunca chegou nada ao meu gabinete. Não sei o que aconteceu com o seu projeto, deputado Nelson Sales. Não vamos deixar que engavetem esse projeto”, disse o parlamentar ao lembrar o projeto que torna as emendas parlamentares impositivas no Orçamento Estadual.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo